sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Fazendo jus ao protagonismo de "A Lei do Amor", Reynaldo Gianecchini e Cláudia Abreu transmitem a linda sintonia de Pedro e Helô

A missão não era nada fácil: repetir a química arrebatadora vista entre Chay Suede e Isabelle Drummond na primeira fase de "A Lei do Amor". Entretanto, Reynaldo Gianecchini e Cláudia Abreu conseguiram atingir o objetivo com louvor e logo na primeira cena deles, na segunda fase da novela das nove, que está há pouco mais de um mês no ar. A essência do par foi mantida, assim como a sintonia observada no prólogo de cinco capítulos do folhetim, protagonizado pelos jovens atores citados.


Pedro e Helô têm uma história muito bem construída por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, que souberam conquistar o telespectador com uma primeira fase voltada praticamente para o nascimento desse amor. E o par representou um dos maiores clichês da teledramaturgia em seu início: a mocinha pobre e o mocinho rico que se apaixonam, mas acabam tendo a paixão destruída por uma armação dos vilões, representados pelo pai e pela madrasta do rapaz. Vinte anos se passaram, mas o sentimento continuou intenso, apesar da distância e do mal entendido (uma traição inexistente) provocado por Fausto (Tarcísio Meira) e Magnólia (Vera Holtz).

O receio do encanto do casal ter se quebrado com a mudança de fase era inevitável, afinal, Chay e Isabelle formaram um par encantador. Mas Gianecchini e Cláudia logo acabaram com esse medo assim que protagonizaram o reencontro dos protagonistas, justamente em uma praia que representava um dos locais mais marcantes dos personagens.
A troca de olhares, os sorrisos encabulados, a reaproximação tímida, enfim, tudo foi exposto com competência, provando que a química vista com os jovens atores havia sido mantida. E desde então a novela vem apresentando protagonistas que despertam torcida e honram o posto em que estão.

Não é simples o casal principal de um folhetim agradar. Pelo contrário, a chance de provocar rejeição é bem maior, ainda mais levando em consideração o fascínio que os vilões costumam despertar no público, muitas vezes ofuscando os 'bonzinhos'. E a falta de química também é um risco grande, principalmente quando se muda a fase da novela e junto com ela o elenco. Mas "A Lei do Amor" saiu ilesa nessa questão, graças ao bom desenvolvimento dos autores e ao entrosamento que Cláudia Abreu e Reynaldo Gianecchini tiveram desde o primeiro momento juntos. Tanto que as cenas dos protagonistas são justamente as mais românticas e delicadas do folhetim, expondo o forte sentimento que os une desde a adolescência.

Pedro e Helô são o melhor casal da novela, o que já é um feito e tanto do enredo. E a vilania de Tião (impecável José Mayer) é um potente combustível para os encontros às escondidas do par, sendo necessário ainda citar a mimada Letícia (Isabella Santoni), que não aceita a relação da mãe com o amor da sua vida. A menina ---- que é filha do mocinho, representando outro clichê clássico do gênero ---- é o ponto fraco de Helô, pois representa o seu mais doloroso segredo do passado e para culminar tem um forte vínculo com o marido maquiavélico da mocinha, que a manipula constantemente. Ou seja, o par central é ameaçado pela herdeira deles e pelo grande vilão da história. São situações que enriquecem o conflito amoroso, pois refletem dramas familiares difíceis de serem solucionados.

Todas as sequências românticas do casal são repletas de sensibilidade, valorizando a química dos atores. É preciso citar a mais recente, exibida nesta semana, quando Pedro e Helô transaram na estufa, onde o rapaz cultiva suas plantas. Uma bela cena que acabou representando uma 'despedida', pois Pedro terminou com a esposa de Tião justamente por não concordar com a condição de amante, após muitas tentativas de fazê-la terminar com o marido. O término foi muito bem representado pelos intérpretes, culminando ainda na descoberta do mocinho, que, algumas horas depois, juntou as peças enquanto velejava, constatando que Letícia é a sua filha. Uma boa virada na novela, que segue bastante atrativa, apesar da audiência baixa até então.

Após uma primeira fase quase toda voltada para o romance do casal principal, cuja química entre Isabelle Drummond e Chay Suede foi encantadora, "A Lei do Amor" apresenta uma segunda que mescla política, suspense, drama e comédia. Entretanto, apesar das alterações na narrativa, a trama segue com um convidativo casal protagonista, agora interpretado por Reynaldo Gianecchini e Cláudia Abreu. Dois excelentes atores que conseguiram manter a sintonia dos colegas mais jovens e ainda representam um necessário amadurecimento dos personagens, construídos de forma eficaz pelos autores. Pedro e Helô são mocinhos ativos, nada politicamente corretos, e carismáticos, tendo toda a força necessária para o protagonismo do enredo.

52 comentários:

Sabrina disse...

Concordo. Um casal lindo. Mas acho que as cenas são curtas demais.

Anônimo disse...

Adorei o texto!!!!

Daiane S disse...

Eles estão bem, mas não vejo nem química e nem sal nesse casal.

Ricardo disse...

Eles estão ótimos. Só achei errado as cenas curtas e focadas apenas em conversas. Mas os atores seguraram a difícil missão muito bem e atuam de maneira fantástica. Fora que são espertos e não se deixam enganar pelos vilões. Parabéns ao Giane e a Cacau!!!

Ricardo disse...

Queria deixar registrado a minha discordância com o grupo de discussão que disse que os mocinhos não tem atitude: Em outras novelas, eles iriam ser enganados pelos vilões (ela pelo Tião e ele pela Magnólia) até agora.
Esse grupo fez uma análise equivocada. Eles são ótimos e seus interpretes mereciam estar entre os atores destacados.

Lina disse...

Que texto maravilhoso, expressa o que todo telespectador sente ao assistir às cenas da dupla.

Lina disse...

Que texto maravilhoso, expressa o que todo telespectador sente ao assistir às cenas da dupla.

Olímpia Menezes disse...

O casal é ótimo e endosso o texto, mas a novela peca pelas cenas curtas demais e achei desnecessário colocar num sábado a revelação de que Leticia é filha do Pedro.

Claudio Aparecido Reis Reis disse...

Única vez que vou discordar de você, querido.
Casal sem química alguma.
E que novela INASSISTIVEL.
Horrenda.

✿ chica disse...

Ainda acho que está faltando um "sal" neles...Pode que a coisa mude!,rs...


Vim deixar um abraço, desejando tuuuuuuuuuudo de bom e inté janeiro! chica

porlapazyporlavida lc disse...

Estão bem demais na novela. Estou amando a segunda fase e o casal protagonista. S2

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? A lei do Amor é uma das piores novelas das nove (das oito também) produzidas pela TV Globo. Claudia Abreu sempre ótima, mas só ela não salva a novela. Abs, Fabio www.tvfabio.zip.net

Bia Hain disse...

Olá, Sérgio, como vai? Eu considero a Cláudia Abreu uma das grandes atrizes de nosso tempo desde o épico Barriga de aluguel, fantástico! E não muda, né? Abraços!

Cláudia disse...

Ótimo texto, concordo. O casal é bonito e tem muita química. Acho a novela muito boa, acima da média. É uma novela inteligente, com bom ritmo e boa trama. Pena que a audiência esteja meio baixa, mas já sabemos que audiência nunca foi sinônimo de qualidade, né? Espero que os autores não mudem a estória, só para agradar o público chatinho que gosta de reclamar. A novela é boa e espero que continue assim.

Anônimo disse...

O casal é bom, mas falta algo. Tanto Cláudia quanto Giannechini estão ótimos, porém sinto que falta algo que mexa com a trama que eles estão.
O público e nem eu se convence de que Helô fique naquele casamento com Tião somente por conta da filha, até porque Leticia é uma chata de pedra.
Outra coisa é que desde o começo da segunda fase, Pedro e Helo se encontram mas aparecem apenas conversando. Sem contar é claro que ela não se decide se continua ou não com o casamento e hoje em dia o público não está nem um pouco interessado em enrolaçoes.
Pedro é um mocinho ótimos, assim como Helo, mas suas cenas conversando são mais longos do que agindo.
Não falta ação aos mocinhos e sim na trama, que está no ar a mais de um mês e não andou pra lugar nenhum.

Anônimo disse...

Gianecchini e Claudia tem muita química, mesmo a novela não sendo assim tão extraordinária ela tem bons protagonistas que fazem a gente torcer, o grupo de discussão errou quando disse que eles não tinham ação, eu não vejo nada disso, mas em compensação acertaram na chatice da praga da Letícia, conseguiu superar até a chatice de algumas mocinhas insossas de algumas das ultimas novelas. PS: a atriz está bem e correta, o problema mesmo é a personagem.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Também gosto dos atores e dos personagens, mas nessa novela existe mais ódio do que amor.

Sérgio Santos disse...

Tb acho curtas, Sabrina. Não só deles, da novela toda.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Discordo, mas respeito sua opinião, Daiane.

Sérgio Santos disse...

Concordo, Ricardo.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Lina!

Sérgio Santos disse...

Endosso o que disse, Olimpia. Deixar essa revelação pra um sábado foi um erro e as cenas são curtas msm.

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Claudio. Concordar sempre nem dá. abçs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Chica. Bjs, bom descanso e até a volta.

Sérgio Santos disse...

Idem, porlapazyporlavida lc !

Sérgio Santos disse...

Discordo, Fabio. Acho a novela ótima.

Sérgio Santos disse...

Ela não envelhece, Bia. Impressionante. E um poço de talento. bjs

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Cláudia. E concordo com todo o seu comentário.

Sérgio Santos disse...

Anonimo, eu discordo que até agora a trama não andou. Andou muito. Já aconteceu uma sucessão de acontecimentos e até msm a revelação da paternidade da Letícia já ocorreu. Tá mt ágil. E acho o casal ótimo. No caso da Helô, nem é só por causa da filha e sim pq Tião já mostrou ser capaz de tudo.

Sérgio Santos disse...

A Letícia foi feita pra ser insuportável mesmo, anonimo. Tanto que ela é um dos focos de conflito. Se fosse legal e simpática não haveria isso e com certeza ficaria mais apagada na trama. A Isabella está ótima, mas mts confundem atriz e personagem.

Sérgio Santos disse...

Tem mt ódio msm, Elvira. Mas eu gosto pq movimenta a trama. bjs

Adriana Helena disse...

Sérgio, boa tarde querido!!
Ah, eu estou adorando o casal Pedro e Helô, eles são fofos demais!!
Inclusive, quando começa a tocar a música tema deles, a canção The Rip Tide, em que mostra o ator velejando em seu barco e demais cenas com a Cláudia Abreu, fico quase sem fôlego: QUE MÚSICA LIIIINDA!!
Preciso urgente fazer um player novo só de canções que tocam o coração..rsrs

Amigo, adorei seu artigo!
Obrigada pelo carinho sempre!!
Boa semana! :)))

Ramon Siqueira disse...

Eles formam um lindo casal, o melhor da novela. Honram o protagonismo!
PS: Sergio, veja meu comentário no post da Mariana Ximenes, por favor!

Lulu on the sky disse...

Não acompanho essa novela.
big beijos

Matheus Nogueira disse...

Sérgio,vc não assistiu o 1ºcapítulo de´´Carinha de Anjo´´,mas vou dar uma de vc e fazer uma análise:
A novela começou sob a música´´Se Essa Rua Fosse Minha´´,os cenários ficaram muito bons,trama bem dirigida,números musicais também ficaram ótimos.
Na parte de atuações,Karin Hills(Irmã Fabiana)foi ótima no clipe´´Nosso Lindo Balão Azul´´,o elenco adulto,com Priscila Sol(Tia Perucas),Eliane Guttman(Madre Superiora),e a perversa Nicole de Dani Gondim foram bem.uma observação a se fazer é de Carlo Porto com o personagem Gustavo.ele exagerava,às vezes,nas expressões faciais.
A estrela mexicana Lucero também esteve bem a frente de sua personagem,Tereza.sua´´morte´´na novela foi mostrada de forma poética,sem deixar de ser didática.
no elenco infantil,Jean Paulo e Maísa,na minha opinião,ficaram devendo,atuaram um pouco abaixo do q podem render na novela,principalmente ele,q não encontrou o ponto certo do personagem Zeca.você como um ótimo crítico e noveleiro,Sérgio,sabe q julgar atuações do elenco infantil,é bem complicado,cara.as atrizes Sienna Belle e Renata Randel já convencem como Frida e Bárbara,as vilãzinhas q infernizam dulce Maria.
Já a Lorena QUeiroz,é uma carinha de Anjo msm,Sérgio.a menina deu show ao convencer q uma menina de 5 anos,q foi abandonada pelo pai volta a vê-lo após 2 anos,e ainda por cima sente um frio na´´rabiga´´ao ver seu pai.dadas as devidas proporções,Lorena convenceu como Dulce.abraços,cara

Iara M disse...

O casal é bom. Mas me envolvi mais por causa dos atores do que pelas cenas. Tá curto e corrido demais. Os autores e direção, principalmente, parecem desesperados para entregar uma novela dinâmica, ágil. Estão entregando uma novela corrida, o público não se envolve. O elenco inchado é outro defeito.
E a Santoni como Letícia. Os fãs defendem que é para ela ser chata e mimada mesmo, mas o modo como a atriz tem interpretado piora. A Santoni tem um rosto expressivo, sabe chorar, mas quando abre a boca, aff. O texto da novela, que já é meio forçado, sai com pouca ou nenhuma naturalidade da boca da atriz. Ela está dura. Isso que torna Leticia insuportável.

Juan disse...

Oi Sergio, tudo bom ? Se a Zuza ficou na casa de Fausto e Mag e não dava tanta atenção para o filho e priorizava o Pedro, não faz sentido ela achar a Mag uma santa e boa pessoa, só pq ela bancou a faculdade de Medicina do filho dela. Ficou meio sem sentido isso, não concorda ? Abraços

Juan 2 disse...

Oi Sergio, tudo bom ? Se a Zuza ficou na casa de Fausto e Mag e não dava tanta atenção para o filho e priorizava o Pedro porque a Mag queria mata-lo, não faz sentido ela achar a Mag uma santa e boa pessoa, só pq ela bancou a faculdade de Medicina do filho dela. Ficou meio sem sentido isso, não concorda ? Abraços

Amanda Barreto disse...

Tô adorando essa novela! Desde Sete Vidas não me interessava por novela nenhuma e essa me pegou, primeiro pelo elenco e depois pela história em si.
Não vejo grande problema nas cenas curtas, mas vejo pela Globo.com, ebtão talvez seja por isso.
Gosto muito dos protagonistas e Gianne e Cacau estão arrasando, embora eu goste mais do casal Tiago e Isabela.
Simplesmente detesto a Isabela e nem tenho paciência pra assistir suas cenas. A personagem é a nova Camila (rs), mas - ao meu ver - com o agravante de ser feita por uma atriz forçada, caricata e com problemas de dicção. Isabela tem muito o que aprender na profissão.
No mais, a novela é ágil e bem contada, não entendo o porquê dos problemas de audiência e espero que isso não faça os autores meterem os pés pelas mãos, já que eles vem fazendo um ótimo trabalho.
Bjo

Amanda Barreto disse...

Correção: Simplesmente detesto a Letícia!!!!

Lucas Silva disse...

Olá Sérgio primeira vez aqu no seu blog,
Gostei muito do texto, concordo com você,
A lei do amor e uma boa novela
Mas tem seus defeitos como o excesso de personagens. Aliás gostaria que você fizesse um texto sobre o elenco jovem da novela que muita gente crítica

Sérgio Santos disse...

Eu tb adoro, Adriana. E tinha certeza que vc ia curtir a música. É linda mesmo. Vai pra sua playlist que eu sei. rs bjão

Sérgio Santos disse...

Verei sim, Ramon!

Sérgio Santos disse...

Ok, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Eu não vi na hora, Matheus. Mas gravei os 3 primeiros e vi depois. Até postei uma crítica como vc bem leu e comentou.

Sérgio Santos disse...

Iara, concordo plenamente quanto as cenas picotadas e curtas demais. É verdade. Tão pecando mt nisso. Discordo quanto a Isabella. A Letícia é um perfil insuportável, então a atriz faz o que pedem. Acho ela ótima no papel. Lembro que Carla Marins, Gabriela Duarte e a própria Carol Dieckmann tiveram suas atuações criticas pelas insuportáveis Joyce, Maria Eduarda e Camila, por ex. Só depois da metade de novela que comçeram a ser elogiadas. Não duvido que ocorra o msm agora. E eu sempre achei todas mt bem nos papéis. Bjs

Sérgio Santos disse...

Concordo plenamente, Juan! abçsss

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo comentário, Amanda. Saudades de Sete Vidas! bjão!!!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Lucas. Pois então venha mais vezes aqui. Será sempre mt bem vindo!!!!! E vou ver se escrevo. Abração!

Auxiliadora Silva disse...

Concordo com tudo que escreveu sobre a química desse casal maravilhoso. Enfim... Amei seu blog.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Auxiliadora. Venha sempre aqui. Será bem vinda. bjssss