quinta-feira, 10 de novembro de 2016

"Rock Story" tem estreia movimentada e com elementos promissores

"Uma história de amor movida a música e uma história de música movida a amor". Esse slogan anunciado nas chamas iniciais resume o enredo de "Rock Story", nova novela das sete, que estreou nesta quarta (09/11) ---- em virtude do término atípico da produção anterior ----, substituindo "Haja Coração". A trama marca a estreia de Maria Helena Nascimento como autora solo, após vários trabalhos como colaboradora. O desafio maior será manter a média alta da obra de Daniel Ortiz, que por sua vez manteve os ótimos índices de "Totalmente Demais". E o primeiro capítulo conseguiu mostrar tudo o que está por vir, priorizando os conflitos que envolvem o núcleo central, não poupando acontecimentos.


Dirigida por Dennis Carvalho e Maria de Médicis, a novela tem a música como pano de fundo e o imenso sucesso de "Cheias de Charme" (reprisada atualmente no "Vale a Pena Ver de Novo") é um bom indicativo para a atual produção. Claro que repetir o fenômeno é quase impossível, mas há bons elementos para atrair o público. Afinal, não é nem um pouco anormal observar a rivalidade entre dois cantores famosos, disputando espaço entre os fãs lançando hits que estouram no mercado musical. E o folhetim retrata justamente isso, expondo ainda todos os meandros que costumam ficar nos bastidores. O intuito não é ser um retrato da realidade, mas as situações são de fácil comparação com alguns casos da vida real, embora a ficção seja bem mais exagerada, obviamente.

A estreia foi promissora. A autora não poupou conflitos e nem apresentou os personagens, como se costuma fazer no início de qualquer história. A sensação de correria se fez presente por alguns momentos, mas, ainda assim, o capítulo (que chegou a parecer o 25 e não o 1) prendeu atenção e nem deu para piscar em virtude das constantes reviravoltas que ocorreram logo no começo.
Teve separação, aproximação de pai e filho, rivalidade de músicos sendo exposta, fuga da mocinha, vilão se mostrando e beijo dos mocinhos. Ou seja, situações que poderiam demorar semanas em outra novela. E o fato de ter o meio musical como pano de fundo para todos os dramas é o maior diferencial da nova produção.

O início do enredo foi voltado para o calvário de Gui Santiago (Vladimir Brichta), que protagonizou uma sucessão de frustrações. O roqueiro se deparou com o maior rival --- Léo Régis (Rafael Vitti) --- cantando "Sonha Comigo", música de sua autoria, e deixou o ódio tomar conta de si, indo até o palco do inimigo e enfiando um soco na cara do maior ídolo adolescente do momento. A situação provocou o término do seu relacionamento com Diana (Alinne Moraes), que cansou da inconsequência do marido, saindo de casa levando a filha do casal. Para piorar o mau dia, o protagonista ainda recebeu uma ligação do juizado de menores avisando que seu filho havia sido preso por causa de um furto. E o problema maior é a nula ligação entre eles, pois Gui apenas pagava pensão para a mãe do garoto e nunca viu o herdeiro. O filho acabou indo morar com o pai, pois a mãe sumiu do mapa.

Em paralelo com os dramas vividos pelo mocinho, o público acompanhou a encrenca que Júlia (Nathalia Dill) se meteu. A mocinha foi presa em flagrante transportando drogas, mas tudo foi fruto da armação do seu namorado, o traficante Alex (Caio Paduan), que se aproveitou da viagem da garota para colocar as substâncias ilícitas. Ela acaba fugindo da polícia, se aproveitando de uma batida de carro, e constata que o rapaz realmente a enganou o tempo todo. O bandido ainda a ameaça, deixando claro que se denunciá-lo a irmã dela morre --- gêmea idêntica. A menina pinta e corta o cabelo para facilitar a sua fuga e acaba se encontrando com Gui, pedindo desesperadamente para ele ajudá-la. O roqueiro aceita o pedido de socorro e os dois acabam em um restaurante, fugindo dos capangas de Alex. A situação rende o primeiro beijo do casal, encerrando o capítulo.

Foi um bom começo. A autora não economizou enredo, deixando claro que tem outras cartas na manga para continuar prendendo a atenção do telespectador. Afinal, tudo o que aconteceu poderia preencher facilmente uma semana de folhetim. Vladimir Brichta voltou às novelas em grande estilo, pouco mais de um mês depois de sua ótima participação em "Justiça". O ator estava afastado dos folhetins há 11 anos (o último foi "Belíssima) e ganhou um típico anti-herói, cuja principal característica é a inconsequência. O perfil é muito rico e a relação do roqueiro com o filho Zac promete engrandecer a trama. Nicolas Prattes começou muito bem e os embates do garoto rebelde com o pai mais rebelde ainda prometem. Nathalia Dill se destacou na pele da destemida Júlia e a quarta mocinha de sua carreira tem tudo para ser interpretada com competência. A atriz ainda terá a possibilidade de brilhar quando surgir a gêmea malvada (um clássico folhetinesco). Outro nome que merece menção é a sempre brilhante Alinne Moraes, que ganhou a dúbia Diana e já mostrou domínio no papel, não lembrando em nada a íntegra Lívia, de "Além do Tempo". Sua presença engrandece qualquer elenco. E Rafael Vitti promete se destacar com o deslumbrado e egocêntrico Léo Régis.

Ana Beatriz Nogueira na pele da controladora Néia, mãe do ídolo teen, é mais uma atriz que abrilhanta o time, que ainda conta com Paulo Betti, Herson Capri, Suzy Rêgo, Marina Moschen, João Vicente de Castro, Alexandra Richter, Júlia Rabello, Cristina Mullins, entre outros. A direção de Dennis Carvalho e Maria de Médicis também se mostrou acertada, assim como a música de abertura: "Dê um Rolê" (clássico dos "Novos Baianos"), cantada por Pitty. E as vinhetas de intervalo serem embaladas com "We Will Rock You" (Queen) é um presente para os ouvidos. Ótimo ver um gênero musical tão subjugado no mercado musical atual tendo voz novamente, ainda que seja em um universo ficcional. O encerramento dos capítulos é mais um ponto acertado: a imagem congela em uma capa dos antigos discos de vinil. Tudo a ver com o universo da trama.

"Rock Story" apresentou uma estreia bem movimentada e reuniu elementos promissores para conquistar o telespectador. Maria Helena Nascimento começou a sua primeira novela com o pé direito e resta torcer para que a qualidade e o ritmo vistos no primeiro capítulo se mantenham ao longo dos próximos seis meses. O desafio será longo.

38 comentários:

Sol disse...

Não dava nada por essa novela, mas não é que é gostosinha?

Anônimo disse...

Gostei muito também. Mas tá na hora da Nathalia Dill descansar a imagem...

Andressa Mattos M. disse...

Alinne Moraes vai roubar a cena como sempre e ela com Vladimir tem muita química. A novela parece boa.

Lisandra disse...

Achei muito sombria pra faixa e mt masculinizada. Acho que vai derrubar a audiência.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Bom dia, Sérgio. A trama de Rock Story poderia servir para Malhação.

Vanessa Volpato disse...

Adorei, leve e divertida e o primeiro capítulo foi movimentado assim como Haja Coração. Só a abertura que podia ser melhor, vai ser um tormento aguentar seis meses.

Anônimo disse...

Tb curti a estreia, mas cheira fracasso.

Anônimo disse...

A novela é ótima e deve continuar assim até o final (eu espero). Tenho receio porém, dessa direção de Dennis Carvalho.
Alguns pontos devem ser observados:

1° Esse filtro escuro não tem absolutamente nada a ver com o Horário. Lá vem o Dennis com essa palhaçada.

2° Trilha Sonora bem apagada pra uma novela musical. Só tem música velha e chata e boas músicas são um grande chamariz pra audiência, vide I Love Paraisópolis.

3° O humor não é o centro da novela, mas ele é necessário. E pela sinopse é o que menos vai ter nessa trama.

4° Boa parte do elenco é muito jovem e desconhecida, portanto, pode não agradar o público.

No entanto, com exceção de Rafael Vitti, todos foram bem e destacando é claro Vladmir Britcha.

Giovany Gdss disse...

Antes das chamadas eu não esperava nada, quando começaram as chamadas eu fiquei surpreso; já no primeiro capítulo LEVEI UM TOMBO!! Que primeiro capítulo bom senhor. Apesar de muita gente não ter gostado eu achei a abertura muito boa, e o congelamento dela é sensacional. O elenco que apareceu no primeiro capítulo foi ótimo, e a grande surpresa pra mim foi o Nicolas Prattes que teve um ótimo desempenho, mesmo eu achando ele um ator ruim; o resto foi como eu esperava, muito bom também. Muita gente tá criticando o Rafael Vitti, eu adorei ele, e isso só mostra que as pessoas não sabem diferenciar personagem de ator. A história começa a se formar, e, de acordo com a sequência de novela boa seguida de novela ruim e vice-versa, essa será uma novela boa, e eu espero que isso aconteça! Abraços

Marcia Pimentel disse...

Parece ser uma novela bem legal. Com um elenco muito bom.
Abraços.

✿Blog: Autora Marcia Pimentel✿ ✿Instagram✿ ✿Twitter✿

Lulu on the sky disse...

Vou ver hoje, ontem estava em um evento de blogueiras.
big beijos
Lulu on the Sky
YT - Meu Canal

porlapazyporlavida lc disse...

Zamenzito, amei o primeiro capítulo. Foi ótimo. Destaco o Vladimir, a Alinne e o Nicolas Prattes. Amei os três personagens. Promete!

Ramon Siqueira disse...

Eu oficializei minhas expectativas das chamadas e adorei o primeiro e o segundo capítulo. Se tudo caminhar assim até o fim, será um dos maiores destaques da emissora em 2016/17. Tudo bem construído e destaco a dupla Gui/Zac, será um ponto alto da trama, assim como o drama da Júlia que já quero uma vingança linda dela.
Vladimir Brichta está fodástico, voltou as novelas em grande estilo e o Gui já to amando muito, inconsequência tem seus pontos positivos;
Nathália Dill mal deixou a Branca virar osso e volta linda como as gêmeas, vai brilhar muito e mais uma vez mostra porque é uma das melhores atrizes da geração;
Alinne Moraes parece que vai ficando mais jovem a cada trabalho, belíssima e brilhante como a Diana depois da marcante Lívia de Além do Tempo;
Rafael Vitti mostra o porquê tem um futuro promissor na carreira, Léo Régis já mostrou que vai ser o cantor imbecil e ele vai se destacar muito;
Nicolas Prattes me surpreendeu, segurou muito bem o Zac e promete muito, já estou amando a dupla dele com o Vladimir, terão cenas muito boas;
Torço pelo sucesso da novela e espero que a qualidade esteja presente do início ao fim. Estreia foi excelente.
Vai ser difícil superar o top 15 que "Vida de Empreguete" esteve no Hot 100 Brasil (13° lugar). Mas quem sabe "Sonha Comigo" conquista as rádios.

Anônimo disse...

Estou achando a novela legalzinha com destaque para Vladmir Brichta, Alinne Moraes, Nathalia Dill, Nicolas Prates e Rafael Viti e Ana Beatriz Nogueira. Zamenza o que vc esta achando do Rafael Vitti? Estou achando ele bem, ele está cumprindo o que o papel dele esta pedindo, não sei por que esse mimimi de algumas pessoas pra cima dele dizendo que esta repetindo o papel, em Velho Chico ele não lembrava em nada o personagem de Malhaçao. O papel exige que o Leo seja esse tipo chato e arrogante, parece que nunca ouviram falar de Justin Bieber. Esse pessoal do twitter tem uma abstinência de critica, eles sempre tem essa necessidade de criticar algo, ficam falando da Santoni e agora do Vitti, vai entender.

Sérgio Santos disse...

Tá bem gostosa msm, Sol.

Sérgio Santos disse...

Ela emendou mtas novelas msm, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Parece sim, Andressa. Tava sumida.

Sérgio Santos disse...

Vamos ver, Lisandra.

Sérgio Santos disse...

Talvez, Elvira.

Sérgio Santos disse...

Discordo, Vanessa. A música é maravilhosa e Pitty ótima. Achava mt pior aquela música enjoativa da Ivete em Haja Coração.

Sérgio Santos disse...

Aguardemos, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Anonimo, discordo veementemente sobre a trilha. Até agora as músicas são excelentes. Antigas, sim, mas mt melhores que várias péssimas atuais. O elenco concordo que não é grandioso, mas há bons nomes. A falta de humor pode ser um desafio mesmo, aguardemos.

Sérgio Santos disse...

Concordo com o seu comentário, Giovany.Foi uma estreia promissora e eu tb não dava nada pela novela. abçs

Sérgio Santos disse...

Parece sim, Marcia.

Sérgio Santos disse...

Veja e depois me conte, Lulu.

Sérgio Santos disse...

Tb gostei mt, porlapazyporlavida lc ! E desses personagens tb! bjsss

Sérgio Santos disse...

Ramon, seu comentário está excelente. Concordo bastante.

Sérgio Santos disse...

To achando ele bem também, anonimo. Mas o personagem é babaca.

Francie Nyzi disse...

Zamenza sobre essa novela acho q vamos ter uma grande reviravolta e vai acontecer algo com a Julia.
Vc reparou q no vídeo oficial sobre a apresentação da novela os 4 mais importantes aparecem no final na seguinte ordem: João Vicente (vilão), Natalia Dill (logo após o Vilão), ai vem a Alinne de Moraes e por fim o Vladimir (salientando q Alinne e Vladimir aparecem com uma grande luz branca no fundo). Seria a Alinne o verdadeiro par do Vladimir e q a Alinne vai sofrer uma grande transformação durante a novela se tornando uma pessoa melhor? Vc não acha estranho a Julia aparecer desde o primeiro dia e já criar uma historia e uma forte ligação com o Vladimir muito rápido e se tornar como se fosse um anjo na vida dele o ajudando a sair desse momento ruim da vida dele e ainda fazendo dele uma homem melhor sinalizando q ela terá curta duração na historia e depois acontecer algo com ela até uma possível morte ou coisa parecida, por exemplo, pra Lorena tomar o lugar dela. Pq to achando muito rápido essa entrada da Julia na vida do Vladimir e toda essa transformação q ela traz na vida do Vladimir, pois isso vai acontecer em menos de dois meses de novela. Acho q vem uma surpresa ai?

Sérgio Santos disse...

Francie, que a Lorena é uma vilã é fato. Mas isso da Júlia eu já acho imaginação demais sua... rs Mas tá mt cedo ainda. Só que a Júlia realmente foi incriminada injustamente e sua saga é provar a inocência e se vingar do Alex. Enfim... vamos ver. bjssss

Anônimo disse...

Tá mt boa a novela, só o elenco é que é bem fraco com exceção da Alinne e do Britchta.

Camille Oliveira disse...

Hahaha eu tb, despretensiosa e bo

Lara disse...

Legalzinha a Rock Story, quem tá gongando a trilha sonora só pode ser fã de sertanejo e funk, que não passa de subcultura. Para a nossa sorte, essa novela tem muito rock 'n' roll na trilha, já estava na hora do rock voltar à moda, dá até uma saudadezinha dos anos 80, que tinham músicas de rock na abertura das novelas e hoje temos que aturar os Biéis da vida. Por isso torço muito pelo sucesso de Rock Story. Acho que o triângulo da vez será "Quem vai ficar com Gui?", porque tanto Diana quanto Júlia parecem gostar muito dele, preparem-se pras tretas nas redes sociais. E o Rafael Vitti, ainda não tenho opinião formada. Pra mim lembra muito o Pedro da Malhação, só que mais babaca, não consigo gostar do personagem, assim como não gosto de ídolos teens queridinhos de adolescentes purgantes, como Luan Santana, Justin Bieber e Biel.

Sérgio Santos disse...

O elenco não é uma oitava maravilha mesmo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Camille.

Sérgio Santos disse...

Lara, é pra se comemorar msm a volta do rock nessa novela. Estava mais do que na hora. bjs

Clara disse...

Eu adoro Rock Story, mas esse triangulo com o Gui tá me deixando muito curiosa, eu não dou sorte com isso. Me dê sua opinião por favor com quem você quer que o Gui fique no final, conforme o que foi mostrado até aqui.

Sérgio Santos disse...

Eu acho os dois casais ótimos, Clara, mas ele fica com a Júlia msm! Pelo que vem sendo mostrado.