quinta-feira, 30 de junho de 2016

Tatá Werneck e Grace Gianoukas formam uma dupla perfeita em "Haja Coração"

"Haja Coração" tem se mostrado bastante agradável e Daniel Ortiz, até então, tem conduzido sua história de forma atrativa. E um dos acertos de seu novo folhetim das sete, dirigido por Fred Mayrink, foi a junção de duas grandes comediantes: Tatá Werneck e Grace Gianoukas. A dupla Fedora e Teodora está se destacando merecidamente e não tinha mesmo como dar errado colocar atrizes que têm o dom de fazer rir como mãe e filha na ficção.


Fedora e Teodora fazem parte do melhor núcleo da trama, o da família Abdala, que está ligado praticamente a todos os demais personagens da história, direta ou indiretamente. E as duas são excelentes personagens, proporcionando sempre bons momentos para as atrizes, que juntas são imbatíveis. A poderosa milionária mima a sua filha de inúmeras maneiras, fazendo todas as suas vontades. E claro que essa atitude acaba transformando a filha em uma miniatura de perua, sendo praticamente uma cópia da mãe.

Para culminar, as duas ainda têm semelhanças em relação aos 'amores'. Aparício (Alexandre Borges) se casou com Teodora por interesse e ela sabe disso, motivando as constantes humilhações diárias que faz o marido passar. Já Fedora acabou seguindo o caminho da mãe sem saber. Afinal, o 171 Leozinho (Gabriel Godoy ótimo) só se casou com a patricinha para dar o golpe do baú, obedecendo ordens de Gigi (Marcelo Médici), justamente o tio da menina.
Os dois perfis femininos têm a comicidade como foco principal e ambos conseguem honrar a função de divertir, inclusive quando quando estão separados, o que nem sempre ocorre quando há uma dupla harmoniosa.

A arrogante Teodora sempre se sobressai quando surge em cena, muito em virtude da forte presença de Grace, que impõe um tom propositalmente teatral para a personagem. Ela, inclusive, profere de forma irresistível o bordão "Cala boca, Varela", divertindo durante todas as vezes que a perua faz questão de menosprezar o marido diante dos demais. Ela ainda protagoniza bons momentos com Cláudia Jimenez, intérprete de Lucrécia, a irmã da empresária. Já a mimada Fedora funciona sozinha graças aos improvisos de Tatá e forma um ótimo casal com o trambiqueiro Leozinho, além de ter uma promissora rivalidade com a desmemoriada Camila (Agatha Moreira).

Mas as duas juntas se complementam. Aquela mãe parece viver exclusivamente para a filha e a patricinha só conta com a sua progenitora para desabafar e realizar suas vontades, pois não tem amigas ou um maior vínculo com o resto da família. E as atrizes têm uma química invejável. Elas realmente parecem mãe e filha. Tatá já está virando uma 'veterana' em novelas, pois estreou na Globo com a inesquecível Valdirene, em "Amor à Vida" (2013), e já está em sua terceira trama tendo três anos de emissora. Já Grace é uma estreante. Isso porque é a sua primeira personagem fixa em um folhetim, após algumas pequenas participações ao longo dos anos --- sua carreira sempre foi mais voltada para o teatro.

A parceria das atrizes tem sido um dos pontos altos de "Haja Coração" e vale destacar o trabalho de composição de ambas. Tatá Werneck soube aproveitar a oportunidade de viver um tipo diferente das duas últimas periguetes que interpretou e conseguiu imprimir um diferencial para sua patricinha fútil, melhorando, inclusive, a sua dicção. Ela está falando mais pausadamente e ainda inseriu um sotaque paulistano um pouco exagerado, totalmente cabível para o papel. Também acertou ao não copiar em nada a ótima Cristina Pereira, responsável pelo papel em "Sassaricando". E Grace Gianoukas soube usar sua experiência no teatro a favor da prepotente milionária, fazendo da perua quase uma personagem de si mesma. Afinal, há um tom acima em todas as sequências, além do festival de caras e bocas que a atriz faz de forma genial.

A atual novela das sete está apresentando um começo bastante convidativo e a dupla formada por Tatá Werneck e Grace Gianoukas tem sido um dos trunfos de "Haja Coração". É uma pena que Teodora vá sumir da história por um tempo, voltando apenas por volta do capítulo 100 ---- ela, inclusive, inicialmente iria morrer, mas em virtude da forte aceitação e dos apelos do público, o autor desistiu de matar um dos melhores perfis do enredo. Será uma pena acompanhar Fedora sem Teodora ao lado e por isso mesmo vale a pena aproveitar esse período em que as duas estão juntas na trama, proporcionando ótimas cenas e evidenciando a parceria bem-sucedida das atrizes.

28 comentários:

William O. disse...

Elas estão hilárias, mas acho que Grace aparece menos que merece, ainda mais levando em consideração essa morte nada a ver.

Rita Sperchi disse...

Boa noite Serginho querido
Olha não gosto muito dessa novela
essas duas são ótimas morro de rir com
elas, mas a história parece que não agrada..
Tancinha Apolo de novo parece que não combina esses
depois.....Ah sei la não é do meu agrado a novela não
E outra coisa....tem umas coisas ai que não concordo como
o casamento horrível, sem consultar quem é o noivo....bom
deixa pra la .....vamos ver como fica nè
Bjusss
Rita

Bruna disse...

Adoro as duas e é o melhor núcleo até pq é o da Camila.O pior é justamente o da Tancinha com Apolo.Achei essa morte da Teodora ridícula.Tudo bem que ela voltará, mas só no final.Dá quase na mesma.

Anônimo disse...

Não sabia que a Teodora ia sair da trama.Fiquei triste agora.

Zilani Célia disse...

OI SÉRGIO!
EMBORA NÃO SEJA DE MINHA PREFERÊNCIA, LEVO EM CONSIDERAÇÃO O TALENTO DAS ATRIZES TATÁ E GRACE E NOS POUCOS CAPÍTULOS QUE VI, AS DUAS ESTÃO MUITO BEM MESMO.
QUANTO AO QUE DIZES SOBRE A SAÍDA DA GRACE DA TRAMA, COMO TU, ACHO QUE SERÁ UM TIRO NO PÉ.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Realmente as duas são ótimas, Tatá Werneck após a ótima Valdirene de Amor à Vida e a sem sal da Danda de I Love Paraisópolis, voltou com tudo como Fedora e se renovou.
Grace Gianoukas me surpreendeu em sua rápida aparição em Cúmplices de um Resgate e jurava que nunca mais a veria. Foi uma Alegria ve-la na TV novamente e em um papel tão legal como esse em Haja Coração.

Anônimo disse...

Ótimas atrizes,em papéis sensacionais. Uma pena Grace Gianoukas sair tão precocemente da trama,pois ela é o ponto forte do núcleo. (Adoro quando ela fala: "Varela,você é um banana."

Anônimo disse...

Olá.
Gostaria de saber o que acha das atuações de Sabrina Petraglia (Shirley) e Ellen Roche (Leonora)

Odeio Apolo e torço pra que a Tancinha fique com o Beto.Acho que todos querem ela com o Beto.

Pâmela disse...

Duas ótimas atrizes. Adorei o texto Sérgio, espero que a Teodora não morra e que a globo, depois do fim dessa novela aproveite a Grace assim como fez com a Tatá. Em tempo, a Teodora poderia trancar o Aparício no porão e esquecer ele lá pra sempre. Gosto do Alexandre, adorei o Jacques Leclair por exemplo mas peguei implicância com o Aparício.

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Sérgio...confesso que gostava muito da Tatá, principalmente quando ela ainda estava na MTV, mas,- mesmo que tenha melhorado, conforme tu relatou no texto- a sua péssima dicção foi minando meu encanto. Nem a acompanho mais!
Por outro lado, Grace Gianoukas, para mim, é uma grata surpresa e está merecendo todos os seus elogios.
Belos dias,abraços!

Bell disse...

Pelo pouco que vi são bem engraçadas.

bjokas =)

Anônimo disse...

Ela não pode morrer. QUE ABSURDO!

Juliana disse...

Uma dupla ótima, mas to achando essa novela mt chata. Já nem me prendo mais a assistir. E vai matar a Teodora ainda por cima...Sei não.

Joana Limaverde disse...

O autor ia tirá-la de vez da trama e a sorte é que o clamor do público o fez traze-la de volta depois e vivinha. Mas essa saída é péssima para a história que já não está se mostrando lá essas coisas. Tenho me cansado de bastante tramas e tô achando boba demais. Espero que melhore até porque essa dupla não existirá mais...

Sérgio Santos disse...

Concordo, William!

Sérgio Santos disse...

Tb não gosto de Tancinha e Apolo, Rita. E as duas são ótimas msm. Tb entendo vc não gostar me da trama. bjs

Sérgio Santos disse...

Isso é, Bruna....

Sérgio Santos disse...

Uma lástima msm, anonimo.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Zilani. bjão

Sérgio Santos disse...

Excelente comentário, anonimo. Concordo plenamente. abçs

Sérgio Santos disse...

Ela é justamente o ponto forte do núcleo mesmo, anonimo. Por isso a sua saída é tão equivocada.

Sérgio Santos disse...

Olá, anonimo. Estou achando a Sabrina maravilhosa e a Ellen hilária. Eu odeio Tancinha com Apolo e ela com o Beto rende mais, embora tb não morra de amores pelo par. abçsss

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Pâmela. Eu que gosto de te ver sempre aqui. E eu tb morro de preguiça do Aparício. Espero mesmo que a Globo fique de olho na Grace. bjsss

Sérgio Santos disse...

Respeito plenamente sua opinião sobre a Tatá, Felis. E a Grace é maravilhosa. abçs

Sérgio Santos disse...

Bjs, Bell!

Sérgio Santos disse...

Não deveria msm, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Entendo, Juliana...

Sérgio Santos disse...

Tomara, Joana. Caso contrário... bjs