sexta-feira, 10 de junho de 2016

Na pele da destemida Maria, Bianca Bin rouba a cena em "Êta Mundo Bom!"

O sucesso de "Êta Mundo Bom!" é incontestável e a novela apenas comprovou mais uma vez que Walcyr Carrasco é o mestre do horário das seis. Há vários motivos para o êxito da trama e o elenco da produção conta com vários ótimos nomes, como Sérgio Guizé, Eliane Giardini, Marco Nanini, Flávia Alessandra, Elizabeth Savalla, Ary Fontoura, Flávio Migliaccio, Rosane Gofman, Suely Franco, Ana Lucia Torre, Camila Queiroz, Rosi Campos, entre tantos outros. Mas, em meio ao time de peso, tem uma atriz que foi ganhando cada vez mais destaque no folhetim: a Bianca Bin.


A história de Maria sempre foi uma das mais interessantes da novela e envolveu o público assim que começou a ser contada. A personagem era muito ligada ao noivo e a felicidade aumentou quando a mesma contou ao rapaz que esperava um filho dele. Sem pestanejar, o íntegro homem planejou se casar. Tudo parecia perfeito. Entretanto, a alegria do casal durou pouco, pois um grave acidente de carro vitimou a futuro marido da sonhadora menina. A partir de então sua vida virou um verdadeiro inferno.

Os ricos pais da vítima não acreditaram que ele era o pai do bebê que ela esperava e, quando resolveram crer na palavra da garota, propuseram que Maria entregasse a criança para cuidarem. Para culminar, Severo (Tarcísio Filho) expulsou a filha de casa assim que soube que seria mãe solteira e a menina acabou virando empregada na mansão de Anastácia (Eliane Giardini), após morar alguns dias de favor na pensão de Camélia (Ana Lucia Torre).
A ricaça se identificou com o drama da jovem viúva e passou a cuidar dela. Mas, a saga de sofrimento da personagem não passou, uma vez que virou alvo das humilhações de Celso (Rainer Cadete) e Sandra (Flávia Alessandra).

Só que por ironia do destino um de seus algozes acabou se apaixonando por ela. Celso foi gostando cada vez mais de Maria, sendo correspondido. Parecia que a vida daquela mulher estava melhorando. Entretanto, meses depois, a personagem precisou enfrentar um parto complicado, ficando entre a vida e a morte. Após a superação de mais esse problema, ainda precisou lidar com o afastamento de sua filha (em virtude das complicações, o bebê ficou na encubadora por um bom tempo) e a morte da mãe (Ana - Débora Olivieri), que faleceu após mais uma forte briga com Severo, que vivia humilhando a esposa. Além do recém-nascido, Maria lutou para ter outra responsabilidade: cuidar da irmã, Alice (Nathalia Costa), pois não admitiu que a menina ficasse sob os cuidados do péssimo pai.

Ou seja, o papel é a personificação de uma heroína e foi muito bem escrito e desenvolvido por Walcyr Carrasco, que foi dando cada vez mais cenas para Bianca Bin. Não demorou muito para a atriz roubar a cena. Ela acabou virando a verdadeira mocinha do folhetim ---- uma vez que Filó (Débora Nascimento) é um perfil bastante cansativo ----, ainda que o enredo tenha apenas o caipira Candinho como protagonista (o título da novela até seria esse) ---- pois não é uma obra que conte com um casal romântico como foco principal. A saga de Maria é muito atrativa e ainda vale mencionar a sua fundamental participação no desmascaramento de Ernesto (Eriberto Leão), que chegou a fingir ser Candinho. Graças a ela e a Pancrácio (Marco Nanini) que Anastácia conseguiu achar seu verdadeiro filho, resultando na cena mais linda da novela.

Outra questão importante é a desconfiança de Maria em relação ao caráter de Sandra. Ela é a única personagem da história que não se deixa manipular pela vilã e a enfrenta sempre que pode. Sua missão atualmente, inclusive, é desmascará-la para Anastácia, assim como fez com Ernesto anteriormente. Foi a irmã de Alice, aliás, a responsável pelo cancelamento do casamento de Sandra e Candinho. Tudo porque descobriu que Filó está grávida do caipira e fez questão de contar ao rapaz, que desistiu do casório. Ela funciona como um elemento 'movimentador' do enredo, pois está sempre provocando viradas no núcleo central.

A atriz está muito bem e se destaca sempre que aparece. Pode-se constatar que está em seu melhor momento na carreira, interpretando a mais densa personagem da história. Apesar de transbordar honestidade e ser sofrida, não é um perfil pedante ou politicamente correto. Sabe usar as armas do inimigo e não abaixa a cabeça para nada. Sabe enfrentar de igual para igual. Dá vontade de torcer por ela. A química que Bianca tem com Rainer Cadete é outro ponto que merece menção até porque Maria e Celso formam um dos melhores casais da novela. A trama clássica do vilão que começa a mudar em virtude do amor que sente pela mocinha costuma funcionar e desta vez não foi diferente. Os dois têm sintonia em cena e a figura daquela empregada íntegra expõe o lado humano do ex-almofadinha interesseiro.

Bianca Bin merece os elogios que vem recebendo pelo seu desempenho em "Êta Mundo Bom!" e sua personagem é um dos muitos acertos do atual sucesso de Walcyr Carrasco. A intérprete ganhou uma grande personagem e o autor viu o talento da atriz, aumentando merecidamente seu destaque na história. Maria vem protagonizando ótimos momentos e a atriz tem roubado a cena na novela das seis.

34 comentários:

Sol disse...

Ela está maravilhosa e é a verdadeira mocinha da novela. Muito melhor que Filó e Tancinha juntas.

Leandro disse...

Bianca estava merecendo um papel desse. É a primeira personagem que ela faz que não é irritante. Basta lembrar a mocinha insuportável de Cordel Encantado, aquela Vitória em Boogie Lixoogie e os perfis em Passione e Guerra dos Sexos.

Anônimo disse...

ESTAVA ESPERANDO ESSE TEXTO ANSIOSAMENTE!!!!!!!!!! RSRSRSRSRS

Liliane disse...

Concordo com o texto e com o comentário do Leandro pq é mesmo a primeira personagem dela que não é irritante. Walcyr fez milagre.

Fabiana disse...

A novela agora é a melhor da Globo com o fim de Totalmente Demais e a de melhor ibope também. A Bianca está ótima de Maria e eu torço pela personagem.Adorei a crítica.

Daniela disse...

Estou adorando a novela e amo a Maria. Também amo o casal com o Celso!

Isabela Maria Sophia disse...

Sérgio, você traduziu EXATAMENTE o que eu sempre pensei: A Maria é o eixo de força de Eta Mundo Bom: nos principais fatos, armações, desfechos... "Ela funciona como um elemento 'movimentador' do enredo, pois está sempre provocando viradas no núcleo central" EXATAMENTE!!!!!!!!!

Eta Mundo Bom é uma das melhores novelas que já assisti na vida, e ter a Bin, minha atriz favorita, interpretando a Maria é uma honra televisiva!
Eta Mundo Bom, pra mim, é um grande presente, a melhor hora do dia!

Andressa Mattos M. disse...

Ela está a cada dia melhor e é seu melhor trabalho mesmo, após uma leva de altos e baixos.Gosto da Maria e da sua relação com Anastácia.

Anônimo disse...

A novela é a melhor atualmente e não conhecia essa atriz.Concordo com a postagem!

porlapazyporlavida lc disse...

Zamenzito, concordo com tudo que você escreveu. A Bianca está ótima mesmo no papel de Maria e é ótimo ver uma personagem como a dela receber o merecido destaque. Além de ter uma boa história, o casal formado com Rainer Cadete é o melhor da novela e é impossível não torcer pelos dois. Espero que tenhamos mais Maria, Maricel, Maristacia (hahahaha) pela frente. Ah preciso fazer um comentário, se o Celso não existesse, torceria para Maria ficar com Candinho. Eles formariam um belo par S2. Beijos, até a próxima!

Fabiana disse...

Bianca foi amadurecendo ao longo da carreira e virou uma ótima atriz. Concordo com a sua bem embasada crítica e a Maria é uma das melhores personagens da novela.

Jessica Giambarba disse...

Adoro Êta Mundo Bom e acho a Bianca ótima na novela! Mas acho que sua melhor personagem foi a Vitória de Boogie Oogie. Eu achava que ela não tinha cacife pra interpretar uma vilã(principalmente depois do fiasco que foi a Carolina do remake de Guerra dos Sexos) e ali ela me surpreendeu, apesar de aquela novela não ter sido lá grande coisa.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Tudo bem?
Dei uma lida em suas postagens anteriores, atualizando-me quanto a algumas abordagens que me escaparam neste período do meu afastamento de interação regular com os amigos. Todas, assim como a atual, estão com considerações e análises muito bem colocadas; aliás, conforme é de praxe.
Concordo, sim, que Bianca Bin está brilhando na trama e que a história de Maria, por ela interpretada, é uma das mais interessantes da novela, merecendo, pois, o destaque que vem recebendo por parte do Autor do folhetim.
"Êta Mundo Bom!" é uma novela muito aprazível de se ver.
Ainda não engrenei no seguimento de "Haja Coração", mas tenho gostado do que tenho tido oportunidade de assistir. Desliguei-me um pouco dos programas da TV, dedicando-me mais a ver filmes (por ora).

Foi um prazer vê-lo por lá. Você é um amigo blogueiro muito querido e admirado por seu ótimo trabalho com o blog.

Desejo-lhe uma feliz semana!

Grande abraço.

Lulu on the sky disse...

Isso só mostra a versatilidade da Bianca Bin que é boa tanto como mocinha, como a vilã Carolina no remake de Guerra dos Sexos.
big beijos
Lulu
ww.luluonthesky.com

Anônimo disse...

Maria é o perfil perfeito de mocinha,é honesta e inteligente ao mesmo tempo,diferente de Filó.
E Bianca Bin está ótima no papel, sabendo abraçar essa ótima oportunidade em sua carreira.
E diferente do que muitos acham,Débora Nascimento não atua mal,apenas pegou um papel extremamente ingrato pois Filó é o tipo de personagem mais odiável que existe,a de mocinha burra.

Sérgio Santos disse...

Está maravilhosa mesmo, Sol!

Sérgio Santos disse...

Pior que é verdade, Leandro...

Sérgio Santos disse...

Tomara que tenha valido a espera, anonimo... rs

Sérgio Santos disse...

É verdade, Liliane. rsrs

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Fabiana!

Sérgio Santos disse...

Eu tb, Daniela!

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, Isabela! =) bjsss

Sérgio Santos disse...

A relação da Maria com a Anastácia é mt bacana e bem construída mesmo, Andressa. Tava sumida. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Bom te ver de volta, porlapazyporlavida lc! É verdade, a trama da Maria é ótima e a Bianca está aproveitando a oportunidade. Se não existisse o Celso talvez eu torcesse tb para ficar com Candinho, mas como existe, nunca cogitei a possibilidade. rs bjão!

Sérgio Santos disse...

Fico feliz, Fabiana.

Sérgio Santos disse...

A Vitória não foi uma vilã, Jessica, foi uma inicial vilã, mas que era apenas uma menina mimada. Era um dos poucos acertos daquela novela ruim, mas ainda assim ficou insuportável com aquela repetição de achar o segredo da Carlota. E sua trama era rasa, vivia apenas em função de correr atrás do mocinho e depois ficou nisso de segredo. Por isso considero a Maria a melhor de longe, mas respeito sua opinião. bjs

Sérgio Santos disse...

Eu que fico feliz em vê-la aqui novamente, Vera. E espero que esteja curtindo o descanso. Obrigado mais uma vez pelo carinho. bjs

Sérgio Santos disse...

Ela é boa sim, Lulu. Mas não gostei mt da vilã de Guerra dos Sexos. bjs

Sérgio Santos disse...

É verdade, anonimo, a Filó é insuportável pq ela é burra e politicamente correta ao extremo, o que cansa. Não dá pra aguentar. Maria, sim, é um perfil digno de torcida e empatia.

Bárbara Nassar disse...

Ela está ótima no appel, estou adorando. A Filó realmente está chato o personagem dela.

Beijos, Love is Colorful

Sérgio Santos disse...

Pois é, Bárbara! bjsss

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Bianca Bin é maravilhosa. Começou em malhação (ID), atuou em outros papéis, ganhou sua primeira protagonista em Cordel Encantado e ao contrário do que muitos dizem, ela foi muito bem no papel, tanto que as autoras (Thelma Guedes e Duca Rachid) repetiram a parceria com a Bianca, dando a ela mais uma protagonista (Amélia, em jóia rara) e ela também brilhou. Vale ressaltar que Jóia Rara ganhou o Emmy Internacional. A Victória de Boogie Ogie foi muito bem interpretada, tanto é que quem assistia a novela sentia repulsa à personagem, prova de que estava sendo bem interpretada. A Maria de Êta Mundo Bom é o ponto máximo da carreira da atriz, marcando seu firmamento na teledramaturgia, assim como foi com Grazi Massafera em Verdades Secretas. A prova do talento da Bianca Bin é que ela ja foi reservada para a segunda novela das seis pós Êta Mundo Bom.