sexta-feira, 13 de novembro de 2015

"Romance Policial - Espinosa": o maior acerto do GNT em 2015

Uma quarta temporada de "Sessão de Terapia" faz muita falta na grade do GNT. A série era o produto de maior qualidade do canal e é uma pena que não tenha continuado. Entretanto, depois de um ano fraco de seriados no canal a cabo ---- com exceção da ótima "Vizinhos" ----, pode-se afirmar que "Romance Policial - Espinosa" chegou para ocupar o espaço deixado pela ótima trama protagonizada pelo psicólogo Theo (Zécarlos Machado). A nova série ---- coproduzida pela Zola ---- estreou em uma quinta-feira, dia 15 de outubro, às 22h30, e logo mostrou potencial.


Adaptação do livro "Uma janela em Copacabana", do escritor Luiz Alfredo Garcia-Roza, a produção é protagonizada por Domingos Montagner, que interpreta Espinosa, o delegado responsável pela 12ª DP, que passa a investigar assassinatos de policiais de Copacabana. Íntegro e honesto, o personagem principal é introspectivo, divorciado, e vive há 12 anos sozinho em seu apartamento antigo, no famoso bairro do Rio de Janeiro, onde é ambientada toda a história. Ele tem uma grande equipe, mas conta com o principal auxílio da policial Andressa (Chandelly Braz), uma espécie de braço direito.

Uma onda de assassinatos em situações idênticas ---- com um tiro na nuca, à queima-roupa, e sem testemunhas ---- desperta a desconfiança do incorruptível delegado, que passa a investigar os crimes, tendo como suspeitos alguns integrantes da sua própria delegacia. Além de Andressa, ele também pode contar com Welber (Luciano Quirino) e Otávio (Paulo Verlings), dois policiais de sua confiança.
Espinosa ainda recebe a ajuda da namorada Luana (Bianca Comparato), herdeira de um restaurante-bar, frequentado por vários colegas de trabalho do protagonista, incluindo o próprio. Ela é completamente apaixonada por ele e lê todos os livros que o namorado indica (sempre romances policiais).

Dirigida por José Henrique Fonseca e Vicente Amorim, a série tem uma qualidade visível, tanto na fotografia mais acinzentada (combinando com o clima da produção), quanto na escalação do elenco e na construção dos personagens; além, claro, do instigante roteiro. A temporada tem oito episódios, com uma hora de duração cada ---- tempo muito bem preenchido por cenas repletas de mistérios e enigmas que vão sendo desvendados em doses homeopáticas. O delegado, aliás, é um personagem muito famoso de Luiz Alfredo Garcia-Roza (está presente em dez livros do escritor) e a escolha de Domingos Montagner para o papel foi mais do que acertada.

O ator está mais uma vez brilhando em cena e é impressionante como ele conseguiu se livrar completamente do complexo Miguel, personagem principal da primorosa "Sete Vidas", que contou com o seu talento do primeiro ao último capítulo. Agora, Domingos vive um policial sério e dedicado, que honra a profissão que exerce. O perfil, embora diferente, tem algumas similaridades com o papel da novela de Lícia Manzo ---- como a introspecção e a certa solidão que o cerca ----; entretanto, Espinosa vem sendo defendido com competência e o intérprete merece elogios pela capacidade de diferenciá-lo por completo.

Chandelly Braz e Bianca Comparato são outras atrizes que têm se destacado e as duas estão muito bem na série. Chandelly, aliás, interpreta uma personagem que não existe na obra original e foi criada especialmente para o seriado com o intuito de inserir uma figura feminina em um meio tão masculinizado. A policial Andressa é durona, mas não tem nada de caricatural nela, muito pelo contrário. Já Bianca saiu de um belo trabalho em "Sete Vidas"  ---- vivendo Diana, garota que deu sua filha para outra pessoa criar, se arrependendo depois ---- e novamente brilha, agora na pele de uma sensual mulher, namorada do protagonista.

Além dos nomes já mencionados, o elenco ainda conta com Nanda Costa (Camila, uma dançarina de boate), Otto Jr. (detetive Ramiro), Luca de Castro (perito Freire), Roberto Bataglin (Vicente, policial de caráter duvidoso), Henrique Neves (Julião, parceiro de Vicente) e Maria Manoella (Serena, mulher sexy que testemunha uma vítima ser morta pelo misterioso assassino) ---- vale lembrar que a talentosa Maria, assim como Domingos e Bianca, também veio de "Sete Vidas", onde viveu a arrogante Branca.

"Romance Policial - Espinosa" é um produto de extrema qualidade e uma grata surpresa na grade do GNT este ano. A série prende o telespectador através de um roteiro desenvolvido com boas doses de mistério, atrativos personagens e elenco bem selecionado. É uma típica trama envolvendo predador e presa, repleta dos tradicionalismos do gênero. Um entretenimento de alto nível e que já pode ser considerado o maior acerto de 2015 do canal a cabo.

34 comentários:

Joana Limaverde disse...

Essa série é muito boa. Eu tenho visto e o Domingos está bem demais.Acho a história bem instigante e seu texto está bem escrito.

Tainá disse...

Estou amando a série.E quando vejo o Domingos sinto muita falta de Sete Vidas, que acho melhor que Além do Tempo.

William O. disse...

Concordo que uma quarta temporada de Sessão de Terapia faz falta. E pra variar a culpa é do Selton Mello que alegou outros compromissos, se negando a dirigir mais uma. E pensar que por culpa dele também não teve a segunda temporada de A Cura. E Espinosa é um ótimo produto mesmo, tenho acompanhado.

Patrícia Campos disse...

O GNT é o canal que melhor produz séries nacionais depois da HBO.Concordo com a crítica e o elenco está ótimo, especialmente o Domingos e a Chandelly.Pena que são só 8 episódios.

Elisa disse...

O Montagner tá maravilhoso e adorei que Maria Manoella e Bianca Comparatto também saíram de Sete Vidas pra essa série.

Anônimo disse...

Boa postagem e tava querendo que você escrevesse sobre essa série de qualidade. Concordo com tudo.

Sol disse...

Tá muito boa essa série e eu também sinto falta de Sessão de Terapia. Vizinhos foi boa também.

Anônimo disse...

Realmente é muito boa a série a sintonia do elenco nota 10 é ótima um elenco de estrelas que brilham pelo seu talento não porque estão todos os dias em sites de celebridades e quando acaba a gente fica querendo que chegue logo a outra quinta pra assistirmos o próximo episodio e Chandelly Braz que sou fã dela como sempre não decepciona só tô esperando o dia da consagração dela como ótima atriz que ela é. ela merece mais e muito mais se fosse na globo não teria esse elenco pois 80% do elenco global é feito de celebridades um canal a cabo da globo consegui fazer série melhor que a própria por fim parabéns a todos ao José Henrique pela brilhante ideia e a sua direção com Vicente Amorim uma pana mesmo já chegamos na metade dos episodios gostei dessa critica.

Rafaella disse...

Tô amando a série e espero que não tenham matado a personagem da Chandelly.

Cézar disse...

Essa série é bem feita e já havia lido o livro.Espero que na série seja diferente o desfecho pra não ser óbvio pra quem leu.E seu texto ressalta todas as qualidades da série. Concordo com ele!

Lulu on the sky disse...

Oi Sérgio
Não acompanho a série, mas tem um bom elenco.
Big Beijos
Lulu
http://www.luluonthesky.com

Pedro disse...

O Domingo está impecável e boa a sua observação sobre uma certa semelhança entre o Espinosa e o Miguel. Ainda assim o ator conseguiu diferenciá-los. A trama é bem amarrada e provoca interesse em continuar assistindo.

Jânio disse...

A série é muito boa ainda mais se comparada a produções fracas como essa Homens são de Marte que é muito boboca. Não entendi até hoje a razão de não ter tido continuação de Sessão de Terapia. Que série maravilhosa era aquela!

Rafaella disse...

A qualidade dessa série é inquestionável, Sérgio. Também tenho companhado e gostado. Ah, amei o novo fundo do blog!! <3

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

Não cheguei a assistir nada da série. Talvez pelo hábito de não assistir séries pela TV. Gosto da atuação de Domingos Montagner, que é bem charmoso.
Suas excelentes considerações aguçam a curiosidade e interesse do leitor.

Como sempre, brilhante em suas análises.

Abraço.

MARILENE disse...

Um grande elenco, Sergio. Não tenho paciência para acompanhar séries, mas foi muito estimulante sua postagem. Como lhe disse, há algum tempo, espero que saiam em DVD e vejo tudo de uma vez (rss). Bjs.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Joana!

Sérgio Santos disse...

Tb sinto muita falta, Tainá! Muita.

Sérgio Santos disse...

Faz falta, né, William? Ainda torço para ter ano que vem. E A Cuta já perdi as esperanças... Espinosa é mt boa.

Sérgio Santos disse...

Pena mesmo, Patrícia.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Elisa.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Vizinhos tb foi, Sol.

Sérgio Santos disse...

A Chandelly estava maravilhosa mesmo, anonimo. Pena que a personagem foi morta.

Sérgio Santos disse...

Mataram, Rafaella. :(

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Cézar.

Sérgio Santos disse...

Tem sim, Lulu. bjs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Pedro, ainda assim ele conseguiu diferenciá-los.

Sérgio Santos disse...

Sessão de Terapia era maravilhosa mesmo, Jânio. E essa tb é.

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou do novo fundo, Rafaella. =)

Sérgio Santos disse...

Vera, vc sempre carinhosa. =) bjão

Sérgio Santos disse...

Entendo, Marilene. =) bjs

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elisabete Adami Pereira dos Santos disse...

você sabe quando começa a próxima temporada? Há alguma previsão? Obrigada