quarta-feira, 21 de março de 2012

Enquanto Fantástico dá uma aula de jornalismo, Domingo Espetacular faz o oposto

No último domingo (18/03/2012), vimos dois programas jornalísticos concorrentes apresentarem reportagens que continham denúncias gravíssimas. Enquanto que o "Fantástico" denunciava um esquema de fraudes nas licitações, através do pagamento de propina para um hospital carioca; o "Domingo Espetacular" mostrava o esquema de enriquecimento ilícito do pastor Valdemiro Santiago, presidente da Igreja Mundial do Poder de Deus.


A Globo deu uma aula de jornalismo investigativo (e obviamente que não foi a primeira vez). O repórter Eduardo Faustini ocupou o lugar do gestor de compras do Hospital de Pediatria da UFRJ por dois meses e,  com ajuda de câmeras escondidas, filmou tudo o que acontecia em 'sua sala'. Durante esse tempo, "negociou" várias licitações para a compra de serviços, onde os representantes de diversas empresas faziam suas propostas e revelavam o esquema de corrupção e desvio de dinheiro público. O escândalo estourou imediatamente, gerando uma imensa repercussão. No dia seguinte, todos os jornais e sites estamparam a matéria em suas páginas principais. O governo precisou agir rápído para prestar esclarecimentos sobre como iria agir para repreender esse tipo de esquema.

Já a Record denunciou
Valdemiro Santiago e sua fortuna. Com uma reportagem de 26 minutos, o repórter Marcelo Rezende mostrava as fazendas adquiridas pelo pastor no Mato Grosso (com os recursos da igreja) e ironizava ao falar como o dinheiro dos fiéis ia parar no bolso do 'milionário'. Segundo a matéria, o investimento de Valdemiro chegava aos 50 milhões de reais. O repórter disse ainda que Valdemiro tinha aviões, carros de luxo e helicópteros. Uma denúncia gravíssima e que precisa ser investigada pelos órgãos competentes, obviamente. Porém, coincidentemente, esse mesmo pastor já foi integrante da Igreja Universal e hoje é 'rival' de Edir Macedo, dono da Record e fundador da igreja. A reportagem falou sobre isso no final da matéria, muito rapidamente, e enfatizando que 'Valdemiro ataca com violência a igreja a qual pertenceu'. O grande problema é que fica claro para o telespectador que essa reportagem é fruto de uma guerra religiosa. A Igreja Universal vem perdido muitos fiéis ao longo dos anos e não se conforma com isso. No ano passado, em novembro, a emissora também fez uma 'denúncia' a respeito de práticas neopentecostais, que, em tom de deboche, foi classificado como 'cai-cai'. Não irei entrar nesse tema, mas a reportagem parecia um ataque gratuito e cercada de interesses.

Ao longo desses anos, já ficou claro que o "Domingo Espetacular" é um produto ('inspirado' --- para dizer o mínimo --- no "Fantástico") que a Record utiliza para atacar quem lhe incomoda. Quem não se lembra quando o programa apresentava diversas matérias com ataques diretos à Globo? E isso num aparente ato de vingança,  uma vez que sempre ocorriam após a principal emissora do país apresentadar reportagens sobre as investigações que o Ministério Público estava fazendo sobre a origem do dinheiro de Edir Macedo.

Voltando ao assunto do post, embora ambas tivessem o mesmo grau de importância, a diferença entre as reportagens das concorrentes foi gritante. Enquanto a Globo mostrava um jornalismo investigativo de imensa qualidade, a Record deixava o telespectador constrangido. Não por acaso, a reação indignada de vários internautas era demonstrada pelas mensagens no Twitter. Ao que tudo indica Edir Macedo não vai parar e ainda teremos muitas guerras pela frente. Resta saber quem terá estômago para assistir.

14 comentários:

Cicero Edinaldo disse...

olá! adoro o Fantástico e a vezes assisto o domingo espetacular. Os dois programas tem objetivos distintos. As pessoas podem até dizer que são parecidos, mas não concordo. Prefiro o Fantástico.
---
abraços. te espero no blogestarcomvoce.blogspot.com

Thallys Bruno disse...

Gostei da análise, Sérgio. A matéria do Fantástico foi exemplar e, pelos anúncios de investigação das fraudes noticiados pelo JN, deu pra ter uma ideia da repercussão.

Vendo a matéria da Record, tive a impressão de "o sujo falando do mal-lavado" (todo mundo falou isso nas redes sociais, especialmente no twitter). Obviamente Valdemiro é um pilantra, haja visto a cara de pau com que ele achaca (sim, achacar) os seguidores da Igreja Mundial para construir o impressionante patrimônio milionário. Mas não se deve esquecer que Valdomiro é cria de Edir Macedo, cujas falcatruas já são para lá de conhecidas. Ele, RR Soares, Edir Macedo, Silas Malafaia, entre outros, são todos "farinha do mesmo saco". Foi constrangedor ver um jornalista gabaritado como Marcelo Rezende ser usado a serviço de uma guerra religiosa ridícula.

A Record tem teto de vidro e usa seus jornais como produto para atacar inimigos conhecidos. É só dizer que teve queda de audiência, ou mostrar denúncias contra Edir Macedo/IURD, que a emissora sai atacando, seja nas matérias de TV ou no portal R7 (cópia da G1), dizendo que aquilo tudo é mentira.

A reportagem do "cair no espírito" foi um dos momentos mais vergonhosos do jornalismo brasileiro, baseada em um ataque do bispo Macedo à Ana Paula Valadão (líder espiritual e cantora do Ministério Diante do Trono, artista da Som Livre, ligada à Globo). Lembro bem do JN em Agosto de 2009, quando William e Fátima anunciaram a denúncia do Ministério Público. A reação da Record foi a mais patética possível, apelando para um batido discurso de "desespero da concorrência". Não dá pra levar a sério uma emissora que age assim.

Bem, é isso. Desculpe o texto longo. Abraço!

Thallys Bruno disse...

OPS: quis dizer "entre outros que usam o nome de Deus apenas para lucrar", afinal existem denominações evangélicas sérias de verdade, que ficam com a imagem manchada por causa desses falsos profetas.

Massoterapeuta no rio de janeiro disse...

É verdade amigo .
Eu vi um trecho da reportagem e ficou claro que embora revelasse com clareza a face do Waldomiro , também ficou claro seus objetivos mesquinhos de atacar o concorrente .

A melhor definição disso tudo foi do Pastor Malafaia " O sujo falando do mal lavado " !

abs
Francisco

jotapeh9907 disse...

Boa tarde Sergio!
Não vejo nenhum mérito da TV Globo em divulgar o esquema de corrupção implantado dentro dos hospitais públicos. O mérito cabe ao diretor do hospital que a convidou a fazer isto. Ele poderia ter escolhido qualquer outra empresa de comunicação, inclusive a Rede Record para fazê-lo que teria a mesma repercussão. Que existe uma biga entre as duas igrejas de Edir Macedo e de Valdemiro isto ninguém mas a reportagem do Domingo Espetacular foi muito importantetambém, afinal desmascarou um hipócrita que usa a fé das pesoas humildes para se enriquecer. Não sei o porquê das emissoras de televisão não darem o destaque mereceido ao caso do envolvimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira com o Senador Demostenes Torres.
Abraços!

Sérgio Santos disse...

Cicero, mt obrigado pelo comentário. O objetivo da Record foi tentar copiar o Fantástico, mas não conseguiu. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Olá, Thallys! Concordo com você. Ótimo comentário. Fui assistir a essa matéria graças aos comentários indignados no Twitter. Fiquei constrangido. Mas confeswso que não me surpreendi. abração! :)

Sérgio Santos disse...

Francisco, muito obrigado. Realmente essa foi a impressão que a matéria deixou. Edir Macedo não está em condições de incentivar uma reportagem daquelas. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Jotapeh, obrigado pelo comentário. No meu texto escrevi que a matéria da Record também foi muito importante, embora tenha ficado explícito as segundas e terceiras intenções presentes. Abraço!

Medinho disse...

Pasmem, gostei das duas matérias, inéditas e reveladoras. Acho que a briga das emissoras é válida e só tende a melhorar cada vez mais.

na vida sempre brigamos para defender nossos interesses, assim é na tv, na religião etc

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo elogio, Medinho. Abração!

Jebeando disse...

Isso quando o Zeca Camargos não fica falando sozinho durante os créditos haha

Sérgio Santos disse...

Pois é, Jebeando. rs Abraço!

Claudio Elias Do Nascimento disse...

VOCE QUIZ DIZER A UNÇÃO CAI CAI
COM ANESTESICO INALATORIO
PORQUE EM ATOS NA BIBLIA O
ESPIRITO SANTO NÃO DERRUBOU NINGUEM
DOS 120