quinta-feira, 17 de março de 2016

Fenômeno das sete, "Totalmente Demais" merece todo o sucesso que faz

Na última terça (15/03), "Totalmente Demais" marcou 33 pontos de média, o maior recorde da trama. Esse índice não era alcançado desde o último capítulo de "Cheias de Charme", em 2012. A novela das inesquecíveis 'empreguetes', escrita por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, foi um fenômeno e o último grande sucesso da faixa das sete. Quatro anos depois e dois grandes fracassos no meio ("Além do Horizonte" e "Geração Brasil"), o horário volta a marcar índices expressivos e o atual folhetim merece todo o reconhecimento que vem recebendo do público.


Após as bem-sucedidas "Malhação Intensa" (escrita juntamente com Glória Barreto) e "Malhação Sonhos", Rosane Svartman e Paulo Halm emplacam o terceiro sucesso seguido com a atual produção das sete, a primeira novela da dupla, dirigida por Luiz Henrique Rios. Nem sempre audiência reflete qualidade, porém, os números expressivos que a trama das sete vem alcançando refletem a boa história, os bem construídos personagens, os atrativos casais e o conjunto harmonioso do folhetim. É um enredo despretensioso que consegue mesclar conto de fadas, humor, dramalhão clássico e temas importantes.

Os autores sabem como contar a história deles de uma forma convidativa e o ritmo nunca se perde. A novela tem uma boa quantidade de acontecimentos por semana e há sempre uma movimentação no enredo. Aliás, eles conseguiram explorar o concurso da Garota Totalmente Demais de maneira inteligente.
O pano de fundo do enredo era justamente essa disputa entre meninas, afinal, a saga da mocinha Eliza (Marina Ruy Barbosa) era totalmente voltada para isso ---- ganhar a competição e ajudar financeiramente sua família. Ainda havia a aposta entre Arthur (Fábio Assunção) e Carolina (Juliana Paes) em relação ao desafio de transformar uma menina de rua em modelo.

Só que a trama se esgotaria com rapidez caso ficasse mergulhada quase que exclusivamente no concurso. Mas, não cansou porque houve a preocupação de provocar pausas na disputa, durante as etapas, focando nos dramas de cada personagem durante esse intervalo. Portanto, ficou evidente que a novela não precisava da competição para prender a atenção do público. Todos os conflitos amorosos, disputa de interesses e momentos cômicos funcionaram a pleno vapor, enquanto o 'torneio' em busca do posto de Garota Totalmente Demais era deixado um pouco de lado.

E, após cinco meses de espera e várias etapas exibidas, foi justamente a final do concurso que proporcionou o recorde de audiência da novela, mesmo com a previsível vitória de Eliza. O triunfo da mocinha, inclusive, representa todo um processo de mudança que ela vem sofrendo desde que se separou de Jonatas (Felipe Simas) e se aproximou de Arthur. Todo o processo vem sendo desenvolvido de forma crível e a situação é uma clara referência ao conhecido rei "Pigmalião", história mitológica onde o criador se encanta pela sua criatura. Aliás, outro acerto da novela é a referência a vários clássicos conhecidos. Além do citado, são mencionadas produções como "Bonequinha de Luxo", "E o vento levou", "Luzes da Cidade" e, mais recentemente, houve até uma cena homenageando "Cantando na Chuva".

Rosane e Paulo ainda acertam na formação dos casais, comprovando que sabem mesmo criar pares românticos. Jonatas e Eliza representam o amor puro e cúmplice, enquanto Arthur e Carolina expõem o sentimento que surge através da provocação e do desejo. O romance conflituoso de Germano (Humberto Martins) e Lili (Vivianne Pasmanter) desperta atenção pela complexidade daquela relação, que ainda sobrevive mesmo após tanta mágoa e sofrimento. O casal divertido composto por Jamaica (Gabriel Reif) e Lu (Juliane Trevisol) é outro êxito do enredo, assim como a paixão inicialmente platônica de Débora (Olívia Torres) por Fabinho (Daniel Blanco).

E, como a novela tem uma constante movimentação, todos esses pares estão separados no momento, fazendo com que as torcidas fiquem ainda mais ferrenhas. Até porque os outros casais formados se mostram importantes para o desenvolvimento do enredo, proporcionando também boas cenas. Tanto que os momentos de Arthur e Eliza estão muito bonitos, assim como os de Jonatas com Leila (Carla Salle). A aproximação de Cassandra (Juliana Paiva) e Fabinho têm implicado em cenas impagáveis, ao mesmo tempo que o romance de Rafael (Daniel Rocha) e Lili mostra uma mulher tentando seguir a vida após tantas feridas abertas.

Além de paixões, concurso, amadurecimento e humor, a novela ainda tem espaço para a abordagem competente de temas sérios. Recentemente, houve uma ótima exploração da homofobia através do personagem Max (Pablo Sanábio), que foi espancado por preconceituosos no meio da rua só porque estava com outro rapaz. A tentativa de marginalização de jovens também é exposta com a trama do Cascudo (Felipe Silcler), que é constantemente intimidado pelo tio violento e criminoso. Já o assédio é exposto desde o primeiro capítulo com o drama de Eliza, que fugiu de casa justamente por não ter aguentado mais os abusos do padrasto Dino (Paulo Rocha). Ou seja, tem de tudo na trama: divertimento, romance, dramas e até responsabilidade social.

"Totalmente Demais" ---- que na quinta-feira (17/03) marcou 30,4 pontos, ultrapassando "Velho Chico" em décimos (30,1) ---- é um incontestável fenômeno de audiência e os índices alcançados condizem com o que é apresentado para o público. Há um produto de qualidade sendo exibido no horário das sete. Rosane Svartman, Paulo Halm e equipe estão inspirados, o elenco segue em plena sintonia, e a novela merece todo o sucesso que faz.

50 comentários:

Melina disse...

Sérgio, querido, merece mesmo. Eu estou amando essa novelinha. Que gostosa!E eu vi no Twitter que vc fará um texto de comparação entre Amora e Carolina. Estou aqui esperando até agora, viu. rsrs Não gosto de Arthur com Eliza, nem de Jonatas com Leila e muito menos de Rafael com Lili, mas sei que é importante pro desenvolvimento. E os temas sério são muito bem abordados realmente.Poderiam esticar a novela em um mês como vc costuma dizer no Twitter.Um beijo.

Rafaella disse...

Novela boa, despretensiosa e fenômeno de audiência. Ela e Eta Mundo Bom! tão surpreendendo até a Globo, tenho certeza. Adorei a crítica e endosso.

Anônimo disse...

SUCESSO MERECIDO! SOU JOLIZA, CARTHUR E GERLILI!

Luciano disse...

"Totalmente Demais" faz um merecido sucesso e a novela que a antecedeu nunca marcou 30 pontos e nem merecia marcar.

Pâmela disse...

Crítica excelente, parabéns! Rosanne e Paulo merecem todos os elogios e aplausos. Conseguiram com uma história simples conquistar os telespectadores.
Vi nos comentários que você faria uma crítica comparando Amora e Carolina e também estou no aguardo.

Gabriella disse...

E como merece! Tô amando a novela e os capítulos são sensacionais.Muito bom seu texto.

Felisberto N. Junior disse...

Olá, Sérgio...parabéns pela sua análise, novamente...não acompanho a novela, mas assisti, sim, a cena crível da homofobia, e as diversas referências aos vários clássicos conhecidos.E vejo também, aqui em casa, a "torcida" pelos vários casais formados e quando da final do concurso Garota Totalmente Demais...trama simples e um pouquinho da mistura conto de fadaXrealidade,serão sempre bons ingredientes para prender o telespectador... Obrigado, abraços!

Olímpia Menezes disse...

Uma novela leve, gostosa e que tem personagens densos. Foi uma grata surpresa pra mim.Esses autores tem que voltar logo depois do fim da novela.

Fernanda Mendes disse...

a novela acaba e eu vou correndo pro site pra ver se já o teaser! E ainda vai ter uma outra grande virada, pois Sofia filha da Lili está viva, e vai voltar junto com o Jacaré, vão ser os frandes vilões da trama.

Valéria disse...

Olá Sérgio!

Sdd de vir aqui e fazer comentários. A última novela que vi foi "além do Horizonte". De lá pra cá não acompanhei nenhuma, até que surgiu "Totalmente Demais" e chamou minha atenção. Concordo em tudo com você, a novela é muito boa e os temas foram muito bem escolhidos e trabalhados.Os ingredientes perfeitos para o sucesso que está sendo mostrado! Mas como toda boa novela, também tem seus baixos momentos; gostaria de tecer alguns que vi e não curti muito. Eu achava a trama de Jonatas e Eliza perfeita, pra mim era uma história que não cabia terceiros; porém empurraram Arthur. Até aí tudo bem, porque sei que separar o casal em um dado momento é necessário. No entanto, não vi essa separação tão justa no que tange ao Jonatas, houve um desmerecimento claro dado ao personagem em alguns momentos nesses últimos tempos, quase que desaparecendo da trama. Não achei legal, porque a ideia que ficou, como li outro dia no twitter, é que diminuíram ele pra elevar o Arthur, ou arliza como os fãs gostam de falar.
Não que eu esteja puxando o saco de Felipe Simas, de quem não sou fã, mas admiro como ator e também pessoa, só que achei isso uma sacanagem. Outra coisa estranha, é que todo mundo nessa novela se dá mal: Carol, Jonatas, Germano, Lili, a própria Eliza; no entanto Arthur é o único que apronta e continua se dando bem na trama. Já cheguei a pensar que fosse machismo da autora,rs. Pegando o Jonatas novamente de exemplo, ele foi sacaneado por todos: Estelinha, Jojo, Arthur e até Florisval, e desses todos de quem sinto mais nojo é da Jojo, com aquela história de desmerecer o rapaz, chamando de carrapato a todo instante, acompanhada do pai, que ainda acrescenta diminuindo o cara de pobre e vagabundo, repetidas vezes no texto; pqp, me desculpa, mas até então acho que pra ficar certo, tinha que ter um mesmo peso pra todos. A Jojo é claramente uma adolescente mimada, tinha que receber um castigo por ser prepotente e esnobe, e não querer ser melhor que outros, me agradaria ver essa menina recebendo uma lição de vida. Quanto a Eliza, tenho achado ela meio mal-agradecida, estúpida e inconsequente. Ela reconheceu tudo que o lindo Arthur fez por ela, no entanto, com o Jonatas ela só deu patadas. Não que amor seja obrigação por gratidão, mas ali tá claramente tudo desvirado. Não vejo como correto um desfecho arliza por essas e outras n questões que não colocarei aqui pra não te encher mais a paciência, kk. Mas acho que tava na hora dos autores fazerem justiça ao Jonatas e deixar de elevar tanto Arthur (não sei se pra agradar torcida ou pq tava nos planos mesmo). Jonatas merecia no mínimo que Eliza se humilhasse pra ficar com ele novamente. A garota precisava usar sandálias de humildade. Quanto a Leila, Carla é linda, mas acho a personagem desnecessária na história. É isso!De resto, podiam vilanizar menos Carol. Arthur é mais Arthur com ela, e não quando paga de playboy regenerado pra Eliza, kk!


Bjos, sdd e obrigada pelo espaço! Vc é sempre ótimo!

Camila Pindie disse...

A proposta da leveza de "conto de fadas moderno" é ótima. A novela tem pontos positivos em relação a comédia e conta com boas atuações. Viviane Pasmanter e Humberto Martins foi um grande acerto, assim como o núcleo de Curicica e a família de Cassandra. Levantar temas como homofobia (Max) e superação (Wesley) é sempre bom. O ponto negativo foi a falta de carisma da mocinha Eliza. A personagem começou grossa e foi se tornando ingrata e sonsa. Isso pra mim fez a trama perder o encanto inicial. Ponto pra Carolina, que é uma personagem humana, com falhas e acertos. Arthur foi levado nas costas pelo Fábio Assunção, pois se não fosse interpretado por um ator de belos pares de olhos azuis não teria tanto destaque. Arthur é arrogante e mimado, mas para o público brasileiro ter beleza já basta para apagar todos os defeitos. Jonatas inicialmente roubou a cena, principalmente pelo enorme carisma de Felipe Simas. Porém, os autores quiseram "sumir" com o personagem para exaltar seu contraponto, Arthur. Uma pena, pois tanto Jonatas quanto seu intérprete poderiam render mais, se não fosse o pouco caso dos autores com ele, visto que o personagem possui muitos admiradores. Em TD, quase todos passaram por dificuldades pra conseguir algo, a exceção de Arthur, que sempre teve tudo de mão beijada. Pra mim, um dos pontos negativos, foi a dose de machismo em focar que uma menina possa "regenerar" um playboy de meia idade. Como se fosse dever da mulher mudar um homem. E o pior é ver um romance desse sendo galgado em cima de armações e injustiças. Se a proposta era tornar Arthur um homem melhor, por que o mesmo continua com sua arrogância? Por que o mesmo insiste em se referir a seu "rival" como "pobre", "carrapato", "indigente"? O estranho é os autores reforçarem esses adjetivos a todo instante. É como se ser honesto e correto não compensasse. Mostrar o playboy arrogante como superior ao garoto esforçado e honesto é um exemplo muito feio que a novela passa. Pra mim, a novela deixou de ser mágica faz tempo. Uma pena, visto que a proposta inicial me prendeu, hoje, não mais.

Unknown disse...

Sou fã da novela Totalmente Demais, acompanho a obra desde o início, nunca perdi um capítulo. Sou admirador da novela, não de atores. Quero dizer que o casal Joliza encantou e conquistou no começo da trama, e como fã da mesma, torço para um final justo e coerente. O final tem que ser Joliza, porque senão será um desfecho sem moral, sem valores, sem princípios, sem ensinamentos, um exemplo de ingratidão a não ser seguido. Arliza não tem química, eles são péssimos em cena. As fãs do Assunção são histéricas e vêem coisa onde não tem, além de não respeitarem o casal do início. Totalmente Demais tem inúmeros pontos positivos, mas alguns pontos negativos incomodam e incomodam muito. O maior deles é Arthur sempre pagar de herói. O playboy mimado e cafageste é sempre visto como príncipe e benfeitor. Ele usou Eliza para fortalecer um fetiche com Carolina. Humilhou a ex-florista por diversas vezes, fez Carolina sofrer muito quando a mesma queria ter um filho, separou Eliza de seu grande amor por puro capricho, humilhou, pisou na ruivinha quando impôs a condição de que ela teria que se afastar do Jonatas para continuar sendo treinada por ele. Com tudo isso, Arthur ainda é visto como salvador da pátria, como herói. Agora eu pergunto aos autores: tudo de ruim que ele fez vai ficar impune? Separar um casal que se ama é um crime! Até quando Assunção será privilegiado no roteiro? Poxa, o Jonatas que ama tanto a ruivinha dele foi apagado da novela e nem vai participar desse momento da Eliza na cadeia. Onde está a coerência nisso? Até parece que ele ia ficar de fora. Carolina é uma excelente personagem, um ser humano completo, intenso, emotivo. Definitivamente não é uma vilã. Por que perdeu a aposta? Pra levantar ainda mais o ego do Assunção na novela? Essa aposta tinha que ser dela. Carol já comeu o pão que o diabo amassou no passado, agora seria a vez éo Arthur. Eliza como filha do dono, não poderia ter ganhado o concurso. Ela tinha que voltar a vender flor na rua e ir atrás do Jonatas implorando perdão quando soubesse que Arthur a usou. Arthur teria que experimentar a pobreza para crescer e amadurecer. Quanto a um suposto desfecho arliza: é justo arthur ficar com ela? Ele é apaixonado pela criação dele, ele ama a eliza que criou, não a eliza verdadeira. É tudo fachada. Ele e Carolina se merecem. É uma injustiça enorme ela perder a aposta. Carol precisa dar a volta por cima e pisar em Arthur para que ele se redima. Eliza precisa voltar pra sarjeta, descobrir que foi apostada e acabar tudo com Arthur. Assim, a ex-florista correria para os braços de Jonatas que de início a rejeitaria, apenas pra dar uma lição. No final jonatas perdoa Eliza, Carol aceita Arthur e tudo termina justo e coerente. É assim que eu vejo um final digno de totalmente demais.

João Victor Ramos Estadulho

Fernanda A. disse...

Detestei a mudança de casais da novela, principalmente da forma tosca como foi feita. Não quis acreditar que os autores chegassem a tanto com Arthur e Eliza,a ponto dela ir pra cama com ele, mas me enganei. E o que me enoja é a forma como a historinha dos dois foi construída, com Arthur mentindo, chantageando e sabotando o namoro dela e Jonatas. É sério, acho incrível quando vejo na rede pessoas dizendo que a relação dos dois é linda. Me pergunto se vêem a mesma novela que eu. Outra coisa que ja encheu o saco é essa Jojo gritando arliza pra lá e pra cá diversas vezes, é meio suspeito. A julgar pelo que li que vem na frente, vai ser muito difícil reverter isso a favor de Jonatas. Como a colega disse acima, a novela não tem mais o brio de antes, infelizmente. E pelo andar da carruagem, muita coisa errada, não vai ser deixada às claras.
Ao menos a mim, nesse ponto a novela decepcionou feio.

Anônimo disse...

Tudo que eu queria comentar sobre Totalmente Demais já foi dito acima. Adorava a novela no começo mas ela perdeu a doçura. Um erro foi a longa duração do Concurso. Pra uma menina jeca ganhar quase todas as etapas, acabou meio forçado. Os núcleo de comédia são muito bons. Lu e Jamaica são um casal criado que deu certo. Já Lili e Rafael não dá pra simpatizar. Jonatas e Leila tb não rola. E Arthur e Eliza chega a ser nojento, a relação deles foi formada através de humilhações, ARMAÇÕES e ingratidão para com o Jonatas. Jonatas sofreu mais que todos nessa novela, foi passado pra trás e injustiçado várias vezes. E pelo visto vai ficar tudo por isso mesmo. Já que pra os autores só existe o Arthur. Forçam o personagem a todo momento como o herói sem defeitos ZZzzzz Não me agrada o conceito de justiça desses autores. Não quero faltar com o respeito nem julgar competência, até pq os autores provaram através de numeros o ibope. Mas confesso que essa foi a primeira e última novela deles que assisti. Nunca mais, não gostei do estilo dos dois. É aquele ditado: os incomodados que se mudem. E é o que eu estou fazendo. Parei de assisti, pois o rumo da novela não tá mais me agradando. A inocência do começo já não existe mais.

Vera Lúcia disse...



Olá Sérgio,

Você fez uma análise completa e perfeita. Nem deixou espaço para acréscimos por minha parte, pois focou tudo que eu teria a dizer. Estou gostando muito da novela. Até o Fábio Assunção e a Juliana Paes, que não me agradaram no início, acabaram encontrando o equilíbrio em suas respectivas representações. Quanto aos casais, se pudesse, faria algumas alterações, mas considerando que a novela ainda não terminou, mudanças podem acontecer. Aguardemos...

Abraço.

Anônimo disse...

Totalmente demais é a melhor novela em anos,isso é fato,e merece todo sucesso que esta tendo.É impressionante a sintonia dos personagens,os autores fazem qualquer tipo de casal,qualquer troca que eles colocam no ar,da resultado positivo,mérito nao so deles,como tambem dos excelentes atores que estão em cena,é muito talento junto,é uma novela gostosa de se acompanhar,e tem casais de todos os gostos,para todo o tipo de publico torcer e se apaixonar.Jonatas e Eliza são o casal principal,mais é compreensivo que shippem ela com Arthur,pois Marina Ruy Barbosa e Fabio Assunçao tem uma grande quimica,assim como Fabio e Juliana,com o casal "aposta" Carol a Arthur kkkk.Muitos tambem gostam de Germano e Lili,tambem né,com a vasta carreira e parceria de ambos atores.Vivviane Pasmanter ganhou um papel a altura de seu talento,ela estava merecendo isso a muito tempo,Lili é maravilhosa,a personagem que mais sofre nessa novela,e após sofrer muito num luto,e depois de um casamento cheio de mentiras,onde foi traida de todas as formas pelo machista Germano,agora ela tenta seguir a vida(como você disse) encontrando um novo amor com Rafael.Daniel Rocha e Vivi Pasmanter tem uma baita quimica,e o envolvimento deles ainda retrata temas importantes como o preconceito,é um lindo casal,um lindo amor que esta sendo mostrado,deu certo,tanto que a propria atriz deu entrevista e deu a entender que torce pelo amor deles,depois de tanto sofrimento da personagem num casamento de mentiras.No humor temos a hilaria Cassandra (Juliana Paiva otima),e o nucleo Florisval e Rosângela que arracam gargalhadas do publico.A novela em si é um verdadeiro presente pra nós,a tempos que o horario das sete nao fazia tanto sucesso,a audiencia nas alturas,é merecida,e agora com a volta da Sofia,e com Eliza alavancando a sua carreira de modelo,deve subir ainda mais,resta assistir esse novelaço.

Saulo Henrique disse...

Melhor comentário 👏🏻

Liveware Lu disse...

Olá Zamenza, estou impressionada com o sucesso de Totalmente Demais, e não é para menos, a novela é perfeita, tanto nas escalações de elenco quanto nas histórias. Há tempos não víamos um sucesso dessa magnitude, acho que a última vez que vi isso foi em Cheias de Charme. Mas não podemos desmerecer as novelas Sangue Bom e Alto Astral que também foram legais e tiveram bons momentos mas também não foram, digamos, ´´fenômenos´´. Todos os atores de Totalmente Demais estão bem sintonizados, até mesmo os jovens pouco experientes, claro que sempre tem algumas exceções, Paulo Rocha e Adriana Birolli estão péssimos a meu ver, mas ainda bem que seus personagens não tem tanto destaque assim para serem notados e não prejudicam em nada essa grande obra. Os núcleos principais estão ótimos, assim como os protagonistas. Mas é preciso elogiar também os núcleos paralelos, me chamou a atenção o fato de ter nenhum núcleo paralelo chato, todas as histórias são muito bem escritas.
Já podemos considerar Totalmente Demais como a primeira melhor produção de 2016, claro que haverão outras novela que se juntarão a ela no decorrer do ano, mas acho que já podemos incluir Totalmente Demais na lista, né?
A novela ainda tem muito tempo pela frente, já fico imaginando como será a novela com a volta da personagem Sofia, vai bombar ainda mais com certeza. Estarei ansiosa pelos próximos meses de novela.

Anônimo disse...

Já falaram tudo que eu gostaria de falar aqui, abandonei a novela por uns tempos, eu penso que novelas são como lições de vida, tem que ter ensinamento, e o que eu vi constantemente foi os autores favorecerem Arthur, que trapaceou e enganou todos, inclusive a estúpida da Eliza, afora as repetidas humilhações a Jonatas. Aí pra completar ainda, colocam Arthur de herói, mais parecendo um jogo de apelo pra ela (Eliza) dormir com ele; casal perfeitamente representado por torcida de duas gurias, uma delas altamente estúpida e mal educada. Ficou claro o favoritismo, mas o que não passa na garganta são as armações, mentiras e apesar de tudo, jogarem a mina pra transar com o cara; é nojento demais. O que vemos são valores invertidos, e no fim das contas, a prepotência, o luxo e a beleza de fato sendo exaltados como o que vale a pena. O amor puro e desinteressado não contou muito. Pode fazer o sucesso que fizer, só que minha audiência não ganha mais. Virou uma novela passível de se esquecer!

Anita disse...

Eu gostaria de elogiar o talento de Giovanna Rispoli, que mesmo interpretando personagens com características semelhantes (Shirley, Cláudia e Jojô), consegue diferenciá-las e dar um tom à cada uma, o que é um desafio até para um ator veterano.

Lika Kalls2 disse...

Olha vou dar a minha percepção nessa história .Assistindo a novela desde o começo até agora, ainda sinto coisas que poderiam dar certo .

1- Não sei porque mais ainda boto fé em LU e RAFAEL no final .Por mais que ela e jamaica sejam bonitinhos juntos ,ainda sinto que se Rafael desse bola pra ela ,ela ainda ficaria balançada por ele e assim poderiam enfim se tornar um casal . Mais até lá ,ele obviamente ficaria sem a LILI,porque quem realmente ela ama apesar das inúmeras decepções é o GERMANO !! E sei lá,ele enfim abriria os seus olhos para Lu e lutaria por ela junto com o Jamaica .Claro dessa vez ela não seria tão fácil assim,seria a vez dele de correr atrás e lutar pelo amor dela .E Com a perda da disputa ,surpreendentemente Jamaica e Leila se aproximariam pois estariam no mesmo barco,já que ela tb seria ´´dispensada ´´de certa forma por Jonatas.

2- Florisval vai acabar com Rosãngela ,ele enfim perceberá que está a perdendo de verdade .Porque até então ela não tinha nada sério com ninguém .E AI QUE A FICHA CAI ,e ele tb lutara pelo amor dela junto com Montanha . Mais querendo ou não Rosângela ainda sente algo forte por ele e juntando a família que eles já tem,só aumenta as circunstâncias para que as coisas deem certo entre eles.

3_ O FOCO PRINCIPAL DA NOVELA ,O QUADRUPLO AMOROSO :Vamos lá , Eliza entre tantas indecisões e incertezas entre Arthur e Jonatas . Vai acabar escolhendo seu vagabundo ,e sinto que ela vai se tocar disso de uma forma não muito boa . Creio que vai ser uma situação extrema ,no qual ela perceberá que de fato ela não o verá de novo . E assim Graças a escolha dela ,Arthur vai estar quebrado emocionalmente e de algum modo Carol e ele vai acabar se entendendo .Porque por mais que ela tenha mil defeitos ,ela ainda o ama e conhece tudo dele .

4- Posso estar errada ou louca .mais Hugo é bem capaz de ficar com Gilda

5-Cassandra e Fabinho , e Débora e Charles ,por mais que as coisas estão encaminhando um casal para o outro . Acredito que essas relações ainda não estão definidas e pode haver trocas entre eles.

6- Cascudo acaba com Jenifer e Wesley com Janaína

7- COISAS BIZARRAS QUE PODERIAM ACONTECER : Bola ficar com a jojô ,Maristela ficar com Montanha ou Policial Wilson.Max ficar com o Pietro ,Sófia enfim morrer de verdade ,E DINO E JACARÉ FICAREM PRESOS DE NOVO !!

Anônimo disse...

Acho que o legal da novela é essa troca de casais. Pra mim não ficou forçado nem nada. Acho que dá mais uma movimentada. Gosto dos casais do começo da novela e torço pra ficarem juntos mas também acho que os casais novos são legais, ciúmes que a Leila sente é super natural, a timidez da Débora, Fabinho que é mimado, tudo é bem real. Realmente para o Arthur é tudo muito fácil mas como a novela sempre tem uma reviravolta vamos aguardar.

Raquel disse...

Oi Sérgio!

Andei meio sumida do blog, mas resolvi comentar esse post pq Totalmente Demais é a única novela que eu realmente acompanho no momento. E adorei as suas opiniões sobre ela.

Gostaria de dizer também que senti um alívio enorme lendo os comentários desse post. Já estava achando que era louca, no meio desse momente de Arliza histérica vibrando a cada “quase” do casal. A impressão que dá é que o casal é o melhor que já apareceu na história da TV brasileira e eu aqui na minha achando tudo exageraaaaadooooo. Não consigo engolir a forma como Jonatas e Eliza foram separados, como Arthur agiu e age com Carolina e como até agora o playboy que tanto aprontou tá posando de “príncipe arrependido”. Mas lendo os comentários parece que não desce só em mim...

Confesso que já esperava esse relacionamento Arliza, já que a novela foi inspirada em My Fair Lady. Mas não imaginava que ia ganhar as proporções que ganhou, muito menos ir tão longe quanto foi. E na minha opinião, o concurso ficou longo demais, provocando um enrolação sem fim pra esse relacionamento se concretizar. E espero realmente que seja temporário como vc acredita. Enfim, a novela é boa, mas tá longe de ser perfeita.

Espero sinceramente que a Rosane passe por aqui e veja esse monte de gente estarrecida com esse “casal”. O grito das adolescentes às vezes é tão forte no twitter que às vezes eu tenho medo de elas convencerem que são a única opinião que conta do final.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Na minha opinião, Totalmente Demais é a melhor novela no ar, atualmente. Diverte, prende a atuação, faz a gente torcer pelos personagens. A propósito, sou Joliza, porque Jonatas e Eliza tiveram um passado pobre, duro, ambos venceram na vida e têm mais a ver do que Eliza com o sedutor Arthur.

Fernanda A. disse...

Perfeito seu comentário.

Sérgio Santos disse...

Pode esperar, Melina! bj

Sérgio Santos disse...

Valeu, Rafaella.

Sérgio Santos disse...

Eu tb, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Não merecia mesmo, Luciano. Ô novela ruim!

Sérgio Santos disse...

Então aguarde, Pâmela! =)

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Gabriella.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Felis!

Sérgio Santos disse...

Concordo, Olímpia. Por mim eles já voltariam ano que vem.

Sérgio Santos disse...

Fernanda, essa nova virada deixou a novela ainda melhor.

Sérgio Santos disse...

Valéra, primeiro: vc não me enche nunca. Segundo, vc sumiu por muito tempo e é bom vê-la de volta. Mas já sumiu de novo... rs

E entendo perfeitamente seus argumentos. Realmente, o Jonatas perdeu espaço para focar em Arliza, mas fica claro no roteiro que ele a ama e ela a ele. Só que concordo que diminuíram demais o mocinho. Só que é pra gerar expectativa mesmo. E eu acho a dubiedade da Carol maravilhosa e mt igual a nossa maravilhosa Amora Campana, que tb não gostávamos quando a vilanizavam demais. Só que faz parte e engrandece mais o perfil, que tem um claro lado humano.

Tá bem claro no roteiro o desfecho dos casais, tanto que todos os citados por vc até agora tão mal e por uma razão óbvia: pra não ficar no marasmo com todos felizes. Mas entendi tudo o que v falou e a Jojô me irrita mt também. rsrs Adorei o comentário e volte mais vezes!

Sérgio Santos disse...

Camila, eu vejo que ele continua assim pq vai voltar pra Carol que foi sempre seu grande amor e ele não se deu conta. Mas entendo sua decepção e o Jonatas foi diminuído mesmo. Mas em breve terá a ruína emocional de Arthur. Vamos ver. bj

Sérgio Santos disse...

João Victor, seu comentário é excelente e estou de pleno acordo. Porém, fica claro no encaminhamento da história que Joliza ficará junto. Eles se amam e o olhar entrega. E eu acho que Arthur e Carol ficarão impunes pq não são criminosos, são arrogantes e sarcásticos. Por isso se identificam tanto. Eles não vão conseguir ficar sem apostar e fazer os jogos deles. Sentem prazer nisso. E Eliza tinha que ganhar o concurso pq era o objetivo da mocinha desde o início e após tantas etapas não valeria de nada ela perder, depois de tanto esforço. É o conto de fadas. Mas entendo todos seus argumentos e concordo, inclusive. abçs

Sérgio Santos disse...

Eu não acho a relação nada linda, Fernanda. Mas entendo a condução dos autores pq é necessário a trama ter conflitos e andar. Caso contrário não haveria grandes possibilidades de viradas. E Eliza e Jonatas se amam, fica claro.Tanto que ela não terminou com ele por falta de amor, foi pq foi pressionada por Arthur e Stelinha. Ela ajudou a deixar Arthur mais romântico e isso será benéfico para Carolina no futuro. Bjs

Sérgio Santos disse...

Entendo, anonimo, mas continuo achando a novela uma delícia, apesar de não gostar de todos os casais citados por vc. Porém, a junção dos mesmos faz parte para o andamento da novela.

Sérgio Santos disse...

Aguardemos, Vera. rs bjão e obrigado!

Sérgio Santos disse...

A novela é um verdadeiro presente pra nõs mesmo, Anonimo. E é a melhor do horário das sete em anos mesmo.

Sérgio Santos disse...

Saulo, obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Livewere Lu, que saudades! E onde eu assino? Concordo com todo o seu comentário. Nem tem graça eu acrescentar nada. É um fenômeno mesmo e o maior desde Cheias de Charme. Mas Sangue Bom foi primorosa e Alto Astral foi mt gostosinha. Agora, a trama tem tudo o que a gente quer ver em um folhetim e estou adorando tudo. bjão!

Sérgio Santos disse...

Mas a novela ainda não acabou, anonimo.

Sérgio Santos disse...

A Giovanna Rispoli está maravilhosa mesmo, Anita!

Sérgio Santos disse...

Lika, amei suas teorias e concordo com quase todas elas. Até porque observo exatamente as mesmas coisas. Só acho que Florisval fica com Maristela mesmo e Jojô sem ninguém.

Sérgio Santos disse...

A troca faz parte mesmo, anonimo, e movimenta.

Sérgio Santos disse...

Vc sumiu mesmo, Raquel! E entendo todo o seu comentário. E sempre torci e torço por Joliza e há uma torcida imensa por eles. Agora tá tendo um pouco de Arliza pq o casal está em voga, normal. Mas sempre foram minoria. Só que ainda que fosse maioria, não é isso que interfere no andamento do enredo, que está mt bem encaminhado. Dá pra ver claramente o desfecho dos pares. É melhor mão sofrer e aproveitar a novela pq depois que acaba, já era. bjs

Sérgio Santos disse...

Tb sou Joliza, Elvira. E é a melhor novela no ar msmo. bjs

Sérgio Santos disse...

Obrigado a todos pelos comentários e desculpem a demora em responder. Só agora tive tempo!