terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Patrícia Pillar, Selton Mello, Alice Wegmann e Marjorie Estiano se destacam em "Ligações Perigosas"

O capricho da produção de "Ligações Perigosas" pôde ser visto logo no primeiro capítulo e a adaptação da instigante história do escritor francês Chordelos de Laclos, do século XVIII, foi um grande acerto. A autora Manuela Dias tem conduzido muito bem a minissérie, brilhantemente dirigida por Vinícius Coimbra e Denise Saraceni. Mas, além de todos os pontos positivos mencionados, é preciso citar a acertada escalação do elenco. E, de todos os ótimos nomes no time, quatro vêm se destacando desde a estreia: Patrícia Pillar, Selton Mello, Alice Wegmann e Marjorie Estiano.


O trio central não poderia ter intérpretes melhores, uma vez que Augusto, Isabel e Mariana couberam perfeitamente para Selton, Patrícia e Marjorie. Na adaptação mais famosa do roteiro, no cinema, os perfis foram destinados a John Malkovich, Glenn Close e Michelle Pfeifer. Ou seja, a responsabilidade na escalação para a minissérie era grande. Mas a equipe acertou em cheio. O mesmo vale para a escolha de Alice para viver a inicialmente pura Cecília. São personagens riquíssimos e os quatro vêm protagonizando grandes cenas, sendo muito exigidos desde o primeiro capítulo.

A sedução e o poder de manipulação de Isabel e Augusto expõem o quanto são calculistas, assim como a pureza e a doçura de Mariana e Cecília evidenciam a inocência das duas. São dois predadores que vão para cima das duas vulneráveis presas, sem qualquer compaixão. Todos os desdobramentos são perturbadores e repletos de tensão psicológica, que sempre norteiam os momentos dos personagens.
As vítimas não percebem que estão sendo usadas, ao mesmo tempo que os sedutores usam uma espécie de disfarce perfeito, fazendo jus ao famoso termo "Lobo em pele de cordeiro". E os atores conseguem vivenciar as situações com extrema competência.

Patrícia Pillar é uma das melhores atrizes do país e tem um domínio cênico invejável. Isabel é a sua quarta vilã seguida e, por mais incrível que possa parecer, ela conseguiu diferenciá-la das três anteriores que viveu. Isso levando em consideração seu grandioso desempenho em "A Favorita" (quando viveu a demoníaca Flora, sua personagem mais marcante), "Lado a Lado" (na pele da arrogante e preconceituosa Constância) e "O Rebu" (interpretando a elegante e fria Angela Mahler). A sedutora e cruel mulher de "Ligações Perigosas" tem prazer em enganar e manipular as pessoas, fazendo questão de enfatizar que não age desta forma por necessidade e, sim, por satisfação.

A vilã usa os outros como marionetes e forma uma dupla diabólica com Augusto. Patrícia tem uma ótima sintonia com Selton Mello e as cenas deles juntos são sempre impecáveis. Aliás, ver Selton trabalhando como ator na televisão, após cinco anos afastado ---- seu último trabalho foi a série "A Mulher Invisível" (2011) ----, é um prazer. O enigmático homem faz questão de seduzir qualquer mulher, priorizando sempre as 'mais difíceis'. E a relação dele com Isabel é voltada para a disputa de poder, onde um sempre procura mostrar para o outro que tem mais domínio de suas emoções. O ator está perfeito no papel, comprovando o quão faz falta na teledramaturgia.

Selton, por sinal, protagonizou uma das cenas mais fortes da trama ao lado de Alice Wegmann, justamente quando Augusto molesta e depois estupra Cecília, que fica sem saber como agir. A sequência foi perturbadora e os dois deram um show. Alice é uma das gratas revelações de "Malhação", mas, ao contrário do que grande parte do público acha, vale lembrar que foi revelada na temporada de 2010, quando interpretou Andréa, um papel bem pequeno. Depois, em 2011, a atriz brilhou em "A Vida da Gente", quando viveu a tenista Sofia, e foi só em 2012 que protagonizou "Malhação Intensa", interpretando a guitarrista Lia ---- ela ainda se destacou na segunda fase de "Em Família" e esteve em "Boogie Oogie". Agora, pode-se constatar que Cecília é um divisor de águas na sua carreira.

Alice conseguiu transmitir com competência a completa inocência da personagem, que inicialmente foi seduzida pela amiga Sofia (Hanna Romanazzi) e depois se apaixonou por Felipe (Jesuíta Barbosa), seu professor de música. A atriz também soube mostrar a mudança de Cecília, após as constantes manipulações de Isabel e assédio de Augusto. A menina inocente acabou virando uma ninfeta sonsa e provocativa. Todas as nuances são bem expostas pela intérprete, que tem feito ótimas cenas com Selton Mello, Patrícia Pillar, Jesuíta Barbosa e Lavínia Pannunzio (que interpreta a mãe Iolanda).

E, completando o talentoso quarteto, tem uma entregue Marjorie Estiano na pele da pudica Mariana. A doce personagem se vê completamente desnorteada quando constata que está apaixonada por Augusto e acaba se torturando fisicamente, com o intuito de se punir diante de Cristo. O papel é complicado e nas mãos de uma atriz inexperiente poderia ficar irritante em virtude do excesso de moralismo. Mas não é o caso. A nem tão ingênua mulher ---- uma vez que mandou a empregada investigar Augusto ---- é muito bem interpretada pela Marjorie, que é, sem dúvida, a maior revelação destes 20 anos de "Malhação". É sempre prazeroso vê-la atuando e a sua dedicação impressiona. Ela atua com o corpo todo e é possível observar várias vezes os sinais de puro desespero de Mariana somente pelos movimentos corporais (o momento que a personagem tentou se matar foi perturbador). Aliás, sua química com Selton Mello é visível ---- as cenas de amor do casal são lindas ---- e vale mencionar também as suas ótimas cenas com Aracy Balabanian e Yanna Lavigne.

O elenco de "Ligações Perigosas" se mostra um dos muitos acertos da produção e o destaque que Patrícia Pillar, Selton Mello, Alice Wegmann e Marjorie Estiano têm na minissérie é mais do que justo. Isabel, Augusto, Cecília e Mariana ganharam grandes intérpretes e os atores protagonizam muitas sequências primorosas. Nada mais gratificante para o público do que assistir ótimas interpretações. E os quatro esbanjam talento.

30 comentários:

Gabriella disse...

MARAVILHOSOS!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Estou extasiada com o capítulo de hoje. Que interpretações primorosas!

Thamires disse...

Impressionante mesmo ver o talento desses quatro e como o destaques deles é merecido. Eu assino embaixo dessa crítica e aplaudo todos eles de pé!

Paula disse...

Parabéns pelo texto, Sérgio. Quatro atores talentosos e de gerações diferentes dando um show numa minissérie caprichadíssima. Confesso que achei o início meio chato, mas depois ficou boa. Destaco a Patrícia e a Marjorie que são sublimes.

Yasmin disse...

É um show de talentos esses quatro. Estou adorando vê-los.

Décio Lucas Pereira Rodrigues disse...

Grandes atores! Estão arrasando na minissérie!

Olímpia Menezes disse...

Assino embaixo e esses atores já merecem troféus como atores de série e minissérie. Fabulosos. Eu estou impressionada depois do capítulo de hoje com a atuação da Marjorie Estiano. Que moça talentosa. E semana passada fiquei chocada com Selton e Alice na cena do abuso. Já a Patrícia é um estouro. Nunca a vi mal em cena. Realmente vc fez boas comparações. Ela conseguiu diferenciar essa vilã das outras três anteriores que ela fez. Incrível! Pena que já tá acabando!

Denner disse...

Grandes atuações e grande minissérie. E olha que nem tava animado...

Melina disse...

Sérgio, querido, essa minissérie está primorosa e eu estou amando tudo. Que capricho. Mas vc tem total razão, a escolha do elenco foi um dos principais acertos. Esses quatro estão brilhantes e a Marjorie ontem me deixou acabada. Chorei mesmo. Que entrega! Alice, Selton e Patrícia também não estão por menos. Amando. Um beijo.

Anônimo disse...

Sérgio, a Marjorie compartilhou seu post no Facebook sobre a brilhante atuação dela na minissérie. Que prestígio! Parabéns!

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, estou totalmente de acordo com seu comentário. Que quarteto maravilhoso! Gostaria de salientar também o alto nível do texto, com declarações do tipo: "O amor é terrível, nada tem de sublime. O amor é incompatível com tudo", proferidas no capítulo de ontem pelo Augusto. E o que foram as cenas da tentativa de suicídio da Mariana, do arrependimento do Augusto, da zombaria da Isabel, da declaração de guerra dela para o rapaz? É um trabalho que entrará como dos melhores na carreira de cada um dos atores citados por você.

MARILENE disse...

Um primoroso trabalho, Sergio. Você fez uma abordagem completa, com a qual concordo, plenamente. Bjs.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Mão estou acompanhando, mas tive oportunidade de ver várias cenas e constatar que é mesmo uma bela produção. Patrícia Pillar é uma atriz fantástica e adoro vê-la em cena. Os atores são ótimos e também gostei de ver o retorno do brilhante Selton Mello.

Como sempre, suas considerações são impecáveis.

Abraço.

Vera Lúcia disse...


Ops! Leia-se 'Não" em lugar de 'Mão"-rsrs. Preciso urgente de um oftalmologista-rs.

Abraço.

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Olá querido amigo, primeiro parabéns pelo excelente trabalho que vc tem feito nas redes sociais, acompanho e aplaudo! Esta mini serie está demais, como os personagens são densos, estou adorando e de fato a Isabel é uma articuladora de bonecos, incrível como ela manipula todo mundo! Enfim, estou visitando vários blogs hoje e atualizando minha lista de blogs preferidos, vendo quem ainda está blogando e quem já saiu do barco kkkk, agora é renovar minha assiduidade nos blogs pois no ano que passou não tive tempo! Vamos ver se consigo! Abraçosss

Sérgio Santos disse...

Tb acho, Gabriella.

Sérgio Santos disse...

Primorosas msm.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Thamires. Eu tb aplaudo.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Paula.

Sérgio Santos disse...

Foi mt bom, Yasmin.

Sérgio Santos disse...

Deram show msm, Decio.

Sérgio Santos disse...

Pena que acabou, Olimpia. E a atuação da Marjorie no capítulo do quase suicídio de Mariana foi espetacular. O elenco todo, né. bjs

Sérgio Santos disse...

Grandes msm, Denner.

Sérgio Santos disse...

Eu tb adorei tudo, Melina. =) bjs

Sérgio Santos disse...

Eu vi, anonimo. E fiquei mt feliz e honrado.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Elvira. E é verdade, o texto foi sublime. Grandes interpretações e diálogos primorosos.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Marilene.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Vera. Vc deveria ter visto. bjs

Sérgio Santos disse...

Que nada, Vera. hahahahaha

Sérgio Santos disse...

Vc tb me acompanha nas outras, Kellen? Que honra. Obrigado pelo carinho. Bjão!!!!!