segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

O que a televisão reserva para o telespectador em 2016?

O ano será complicado para as emissoras em 2016. Além do período de recessão do país, forçando uma redução de custos, haverá ainda um sério problema com as grades, principalmente da Globo. Afinal, é ano de eleições (prefeito e vereador) e Olimpíadas. Ou seja, constantes interrupções da programação serão rotineiras. Entretanto, apesar de tudo isso, muitas produções parecem bastante promissoras. Já outras nem tanto. Vamos a elas:





"Ligações Perigosas".
Tem tudo para ser a produção mais caprichada de 2016. As atrativas chamadas mostraram que uma grandiosa minissérie estaria a caminho e o primeiro capítulo ---- que estreou nesta segunda (04/01) ---- confirmou a expectativa. A trama é baseada no clássico da literatura francesa, de Choderlos de Laclos, de 1782, que já foi adaptado 11 vezes para o cinema, incluindo o filme de sucesso protagonizado por Glenn Close, Michelle Pfeiffer e John Malkovich. A minissérie de Manuela Dias, dirigida por Denise Saraceni e Vinícius Coimbra, estreou com uma fotografia primorosa, um figurino de encher os olhos e um elenco de primeira. As cenas da estreia chamaram a atenção.




"The Voice Kids".
Após quatro temporadas bem-sucedidas do "The Voice Brasil" (sendo que a terceira e a quarta apresentaram uma clara queda de nível, incluindo o desgaste por causa da permanência dos mesmos jurados), o reality musical estreou a sua versão 'júnior' neste domingo (03/01), às 14h. A temporada infantil conta com Ivete Sangalo, Vitor e Léo, e mantém o Carlinhos Brown no time de jurados, assim como Tiago Leifert na apresentação. O programa teve um bom início ---- repleto e crianças carismáticas e talentosas, além de ótimas escolhas de repertório ---- e, pelo que foi visto, tem tudo para superar a versão adulta.




"Êta Mundo Bom!".
O autor que mais produz na Globo mal saiu do imenso sucesso de "Verdades Secretas" e já emendou com a nova novela das seis, substituta de "Além do Tempo". Walcyr Carrasco voltará ao horário que o consagrou ("O Cravo e a Rosa", "Chocolate com Pimenta" e Alma Gêmea" foram três fenômenos de audiência), contando ainda com a direção de Jorge Fernando, diretor que já trabalhou com ele em três folhetins bem-sucedidos. O enredo será baseado no filme "Candinho", de Mazzaropi", por sua vez inspirado em Cândido, de Voltaire. Protagonizada por Sérgio Guizé e tendo Flávia Alessandra como grande vilã, a novela tem apresentado ótimas chamadas em forma de rádio-novela e o autor tem tudo para emplacar outro sucesso em sua carreira. Estreia em 18 de janeiro.



"Velho Chico".
Após 13 anos afastado da faixa nobre, depois do imenso fracasso e da problemática "Esperança" (2002), Benedito Ruy Barbosa está de volta ao principal horário de novelas da Globo. A trama do autor estava prevista inicialmente para substituir "Êta Mundo Bom!" na faixa das seis, mas a emissora mudou de ideia depois que "A Regra do Jogo" não conseguiu reerguer os índices de "Babilônia" da forma como a empresa planejava. A cúpula observou (um pouco tarde) que o público está cansado de novelas com a mesma temática de favelas e afins. E o sucesso da reprise de "O Rei do Gado", o maior êxito de Benedito, também influenciou na decisão. Assim sendo, a trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari ("Sagrada Família") acabou adiada para outubro. O enredo da nova novela das nove (que estreia em fins de março) terá tudo o que o autor sempre apresentou em suas obras: protagonistas de famílias rivais que se apaixonam, fazendas e muita moda de viola. Tem boas chances de agradar o telespectador saudosista e elevar a audiência.



"Haja Coração".
A segunda novela do Daniel Ortiz (que estreou muito bem com a agradável "Alto Astral") será uma espécie de mescla de novelas. Terá a Tancinha ---- uma das personagens mais marcantes de Cláudia Raia em "Sassaricando" ---- como protagonista e desta vez a carismática figura será vivida por Mariana Ximenes. Ainda terá personagens de outras novelas, como a Shirley, personagem manca interpretada por Karina Barum em "Torre de Babel", só que agora vivida por Sabrina Petraglia. Cláudia Jimenez, Agatha Moreira, Alexandre Borges e Tatá Werneck já estão confirmados no elenco. Ainda há poucas informações sobre o enredo, mas o escritor já deixou claro que não será remake. Substituirá "Totalmente Demais", se nada mudar, em maio.



"Big Brother Brasil 16".
A décima sexta edição do reality mais popular do país continuará sob o comando de Pedro Bial e, segundo consta, foram selecionados participantes entre 18 e quase 70 anos. Não haverá nenhum ex-BBB integrando o time e a novidade da nova temporada será a liderança em dupla. Serão dois líderes, mas não se sabe ao certo se toda semana ou só de vez em quando. Resta aguardar.



"Os Dez Mandamentos - parte 2".
Com o intuito de aproveitar a elevada audiência da primeira novela bíblica da emissora, a Record resolveu inventar uma 'parte 2' com cerca de 80 capítulos. Porém, a equipe vem enfrentando dificuldades, uma vez que houve uma demissão em massa depois que a folhetim acabou. Até mesmo o Recnov ('inspirado' no Projac, da Globo) foi vendido para a produtora Casablanca, que o usará como bem entender. Ainda sem previsão de estreia, a 'continuação' da trama pode conseguir recuperar a audiência que se perdeu muito com a entrada das re-reprises de "Rei Davi" e "José do Egito".



"Liberdade Liberdade".
A novela das 23h da Globo será de época e inédita. Após o imenso sucesso de "Verdades Secretas", a emissora optou por acabar, ao menos temporariamente, com os remakes na faixa. A trama de Márcia Prattes, que estreia como autora solo, falará sobre a filha de Tiradentes, que será interpretada por Andreia Horta. Mateus Solano será o grande vilão e a história marcará seu retorno aos folhetins, após o fenômeno Félix, em "Amor à Vida". Nathalia Dill foi escolhida para ser a vilã, personagem que inicialmente seria de Mariana Ximenes, deslocada para "Haja Coração". Ainda não há detalhes sobre a produção, mas parece bem promissora.




"Carinha de Anjo".
O SBT definiu o remake de outra produção infantil mexicana para substituir "Cúmplices de um Resgate". Ainda não foi escolhida a protagonista e nem o elenco selecionado; porém, já há um movimento de preparação. Só que a data de estreia ficará indefinida por um bom tempo, uma vez que a atual trama infantil, protagonizada por Larissa Manoela, vem obtendo um ótimo retorno da audiência e já foi esticada algumas vezes. Não será surpresa se tiver quase a mesma duração das longas "Carrossel" e "Chiquititas".



"A Terra Prometida".
A trama bíblica substituirá a segunda parte de "Os Dez Mandamentos" e tem a estreia prevista para o primeiro semestre de 2016. Escrita por Renato Modesto, a história será protagonizada pelo fraco Sidney Sampaio, que fez parte do elenco de "Os Dez Mandamentos", inclusive, interpretando Josué, que acompanhou Moisés (Guilherme Winter) quando o mesmo recebeu a tábua com os mandamentos no último capítulo --- que não teve desfecho, diga-se. O novo folhetim tem tudo para obter um bom retorno da audiência, embora seja um enredo mais pesado e não tenha o chamariz das pragas do Egito.



"Supermax".
A série será uma grande ousadia da Globo em 2016. Escrita e dirigida por José Alvarenga Jr. ---- que conta ainda com os coautores Marçal Aquino e Fernando Bonassim, além dos roteiristas Carolina Kotsho e Dennison Ramalho ----, a trama é repleta de cenas macabras e tem muito suspense. O Brasil não tem o costume de apostar em história desse tipo e será uma boa inovação na área. O enredo é sobre um reality que se passa em uma prisão de segurança máxima na Amazônia. Doze participantes concorrem ao prêmio e precisam lidar com seus próprios medos. Mariana Ximenes, Cléo Pires e Pedro Bial estão no elenco. Promete.



Novela de Walther Negrão.
Ainda sem título definido, a trama das seis que substituirá "Êta Mundo Bom!" tem estreia prevista para setembro e será ambientada em um local litorâneo. Ou seja, o autor irá repetir uma fórmula que já usou várias vezes, vide "Tropicaliente", "Como uma Onda" e a sua última novela, "Flor do Caribe". A história terá um núcleo de imigrantes japoneses e Daniele Suzuki já foi escalada para integrar o time. Porém, pouca coisa se sabe ainda do enredo, dos personagens e dos outros atores escalados.




"Escrava Mãe".
A novela estava prevista (e já anunciada) como substituta de "Os Dez Mandamentos". Mas, em um gesto de puro amadorismo, a Record cancelou a exibição e anunciou a reprise de "Rei Davi". A emissora transferiu a trama para 2016 e irá exibi-la em uma nova faixa de novelas: às 19h30. O canal usará a história sobre a mãe da famosa Escrava Isaura para 'inaugurar' o novo horário e a produção já foi toda gravada. O adiamento da mesma, aliás, aborreceu alguns atores, em virtude do receio de não conseguirem trabalho na concorrência enquanto a novela estiver no ar. Thaís Fersoza, Jussara Freire, Zezé Motta, Paulo Nigro, Roberta Gualda, Jayme Periard, Bete Coelho, Gabriela Moreyra e Henrique Pagnoncelli foram alguns dos escalados. Parece uma produção bem caprichada.



"Dois Irmãos".
A série começou a ser gravada em fins de 2014 e estava prevista para 2015. Porém, a Globo a adiou para 2016 e pode ser adiada novamente. Não há nada confirmado. A produção é dirigida por Luiz Fernando Carvalho e protagonizada por Cauã Reymond, que interpreta dois irmãos gêmeos. Na primeira fase, aliás, o personagem principal será vivido pelo estreante Matheus Abreu. A trama, que terá oito episódios, é uma adaptação do romance homônimo de Milton Hatoum. A história é em torno de uma família de imigrantes libaneses, ambientada na Amazônia, no início do século XX. O conflito central é a difícil relação dos gêmeos e a mãe dos rapazes acaba tendo que escolher um deles para ir morar no Líbano, longe da família. Juliana Paes, Antônio Fagundes e Eliane Giadini também estão no elenco.



"MasterChef".
A terceira temporada do melhor reality nacional tem tudo para ser tão boa quanto as duas anteriores e terá uma duração ainda mais longa, o que implicará em um número maior de participantes. Ana Paula Padrão segue na apresentação, assim como Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella seguem no juri. Aliás, é o único programa atrativo que a Band tem a oferecer em 2016, após a extinção do desgastado "CQC" e os problemas de acomodação que enfrentam os integrantes do "Pânico na Band".



"Justiça".
Será uma espécie de mininovela que irá ao ar às 23h. Ou seja, pode ser que a partir de 2016 a Globo opte pela exibição de duas novelas das onze, ao invés de uma só, como tem ocorrido até então. O folhetim será escrito por Manuela Dias (autora de "Ligações Perigosas") e dirigido por José Luiz Villamarin. A trama girará em torno de quatro personagens, mas ainda há poucas informações.




"O País do Futuro".
A série da Globo se passará nos anos 50 e contará a história da televisão no Brasil. Murilo Benício e Débora Falabella irão contracenar novamente e interpretarão um casal que se conhecerá nos bastidores da TV ---- ficção que imitará a vida deles, diga-se. Ele viverá o dono de uma cadeia de emissoras e ela uma atriz de rádio-novelas. Daniel de Oliveira ainda protagonizará um triângulo amoroso com Bruna Marquezine (que substituiu Sophie Charlotte, após a mesma engravidar) e Letícia Colin. A produção é de Guel Arraes e do cineasta Jorge Furtado, dirigida por José Luiz Villamarin. Parece muito interessante.



"Sagrada Família".
A primeira novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari no horário nobre da Globo (após o êxito da ótima "Sangue Bom", exibida às 19h) seria a substituta de "A Regra do Jogo", mas a emissora preferiu adiá-la em virtude das concepções já mencionadas na parte de "Velho Chico". Além disso, a trama dos autores terá um tema político forte e o mesmo teria que ser suprimido na época das eleições. Então, acabou sendo uma boa ideia esse adiamento, segundo palavras da própria autora. O elenco contará com Vera Holtz, Cláudia Abreu, Isabella Santoni (que viverá uma menina recém-recuperada de um câncer), Reynaldo Gianecchini, Grazi Massafera (interpretando a amante de um político poderoso), Cláudia Raia, entre outros. Domingos Montagner seria o grande vilão, mas ele acabou deslocado para a história de Benedito Ruy Barbosa. Então, José Mayer passou a ser cogitado para o posto. A novela parece bastante promissora e estreia em outubro.





Impossível fazer qualquer tipo de previsão sobre o que está por vir na televisão. Entretanto, algumas produções parecem bem promissoras e é normal criar expectativa. Já outras não parecem muito animadoras, mas podem surpreender. Resta torcer apenas para que o nível da programação seja bastante elevado, pois o público sempre merece o que há de melhor. Aguardemos.

70 comentários:

Fernanda disse...

Acho que ao contrário do bom ano teledramatúrgico que tivemos em 2015, não vejo com muto ânimo esse novo ano. Ligações Perigosas, Liberdade Liberdade e Eta Mundo Bom! parecem muito promissoras, mas o resto não me atrai em nada. Pelo contrário, me desanima... Vamos aguardar, não é?

William O. disse...

Gostei de me inteirar, Sérgio. Não sabia de muita coisa. Mas concordo com a Fernanda. Não me parece um bom ano. Tirando a Ligações Perigosas que teve uma estreia maravilhosa e Eta Mundo Bom que tem apresentado boas chamadas, nada mais me anima. Espero me surpreender...

Anônimo disse...

Tirando a próxima das seis, essa minissérie que estreou e a novela das nove da Maria Adelaide só vem porcaria por aí. DEUS ME LIVRE!

Joana Limaverde disse...

Não sabia de nada, com exceção claro do The Voice Kids e da Ligações Perigosas que estrearam ontem e hoje. Mas do que li aqui, a próxima das seis parece bem boa, a próxima das nove parece um tédio, a próxima das sete parece brega, e as séries não me parecem muito atrativas. A novela das onze será de época, é? Não sei se combina. E a trama da Sagrada Família parece boa, mas vai demorar muito ainda... Sei lá... Só esperando mesmo, Sérgio.

F Silva disse...

Algo a comentar...

Vamos lá

Minisséries Globais - A Globo tem caprichado nas minisséries. Foi assim em 2015 e as perceptivas para o ano corrente são realmente boas.

Ligações perigosas - Ótimo enredo e altíssima qualidade.

Êta mundo bom! - O Walcir está no horário certo. A novela tem um bom argumento. Podemos esperar ótimas cenas. Só espero que não tenha muita torta na cara e nem metade do elenco sendo jogado no chiqueiro. Já deu né?

Velho Chico - Uma correção Sérgio: Esse novela é um projeto antigo do Benedito, criada originalmente para o horário nobre. Esse projeto foi criado bem antes do remake de "Meu pedacinho de Chão". A direção da Globo optou por adaptá-la ao horário das seis. Mais recentemente, pelas razões apresentadas no post, Silvio de Abreu, optou pelo projeto original do Benedito. Acho que pode dá certo, lembrando que esse autor não tem o ritmo de seriado, muito característico das tramas modernas. Eu particularmente acho o Benedito, juntamente com Lícia Manzo e Manoel Carlos, um excelente dialogista.

Haja Coração - Uma incógnita. Isso porque a julgar pelo remake de "Guerra dos Sexos" que fracassou, apesar de ter sido uma boa novela. Sassaricando é uma novela no final dos anos 80, com personagens eternizados pelos seus interpretes originais como a Tancinha da Cláudia Raia, ou a Fedora da Cristina Pereira, por exemplo. É uma trama ainda recente de uma grande parte do público noveleiro. Bom, acho que Daniel Ortiz deveria criar uma trama original, mas... vai que cola...

Novelas bíblicas... pula essas... ignoro...

Liberdade Liberdade - uma incógnita. Não conheço o estilo de Márcia Prates. Agora, Sérgio, vamos esquecer aquela criatura bizarra e caricata que foi o Félix criada pelo Carrasco. Vamos virar essa página. Mateus Solano merece tá.

Carinha de Anjo - Olha, o público infantil tem sempre prestigiado essas produções que são a cara do SBT.

Walther Negrão - Esse autor só escreveu três grandes sucessos em sua carreira. São elas: "Direito de Amar"(1987) e "Fera Radical"(1988) e "Top Model"(1989), essa última em parceria com o desaparecido Antônio Calmon. As restantes foram medianas, não fizeram feio e sempre cumprem com o papel de entreter. Acho difícil vir por aí um grande sucesso, deverá ser mais uma trama mediana no Negrão.

Escrava Mãe - como dizes, parece ser uma produção caprichada. Estou curiosa.

Sagrada Família - Pelo que pesquisei a novela terá uma trama pesada, e com temas recorrentes, ou seja, polêmicas, personagens vivendo dramas pesados, além da conjuntura política, razões tais, que fizeram o Fórum de teledramaturgia adiar a produção da trama. Também acho que a trama é promissora, pois não acredito que Maria Adelaide Amaral e Vicente Villari, vão querer repetir o erro do Senhor Gilberto Braga. Será?

Enfim, nós que amamos a teledramaturgia temos que torcer para que todas elas tenham qualidade para o nosso entretenimento, quem não gostar, desligue a tv e vá namorar, ouvir música, ler um bom livro ou assistir a bons filmes.

Sérgio, um forte abraço e até a próxima...




F Silva disse...

Algo a complementar...

Achei necessário salientar aqui minha crítica pessoal ao Félix, personagem do Mateus Solano em "Amor à Vida". Esse ator, já é um dos melhores desse pais. Apenas acho que o Carrasco desconfigurou a personagem, que parecia que ia se tornar num dos melhores vilões da história da teledramaturgia. Félix, foi um grande sucesso, por causa do monstruoso talento e carisma do Solano, mérito Dele, apenas dele. Mas já passou, vamos virar essa página.

Andressa Mattos M. disse...

Sérgio, tava esperando essa sua lista do que esperar que também já virou uma tradição do blog que nem as retrospectivas. Eu amei a estreia do The Voice Kids e de Ligações Perigosas. Vou continuar acompanhando. Já o que está por vir eu destaco Eta Mundo Bom, Sagrada Família, Supermax e Liberdade Liberdade. Dois Irmãos parece boa mas nem vou citar porque desconfio que vão adiar de novo. E será muito bom ver a Andreia Horta finalmente vivendo uma protagonista. O Walcyr emplaca sucessos em todos os horários, então só espero o melhor. O resto... sei não.

F Silva, vou discordar de você. O Mateus tem mt a agradecer ao Walcyr pelo Félix pq ele nunca mais conseguirá algo assim na carreira. O mesmo vale pra Adriana Esteves com a Carminha. Isso só acontece uma vez na vida. E ele teve uma interpretação magistral mesmo, mas ele deve muito ao personagem e as cenas que o autor escrevia pra ele.O Félix sempre foi um vilão movido pela inveja e ciúme que tinha da irmã. A sua regeneração foi crível e ainda proporcionou um romance gay lindo.

Mai Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mai Medeiros disse...

Oi Sérgio, quanto tempo não comento aqui, mas não quer dizer que não leio, tô sempre ligada nos teus posts. Acho que nem preciso dizer que minhas maiores expectativas são por Supermax e Haja Coração. Apesar de querer muito a Mariana novamente como vilã, será ótimo vê-la num papel cômico, tô confiante por essa escolha. Além dessas duas produções já me empolguei bastante com The Voice Kids e Ligações Perigosas, já Eta Mundo Bom tenho minhas dúvidas por conta do casal protagonista que não me agrada. Acho que Flávia Alessandra e o par de Camila Queiroz e Klebber Toledo roubarão a cena. Tô super curiosa pra assistir Velho Chico, Liberdade, Liberdade e Sagrada Família também, e torcendo por um grande papel para o Giane. Sinto que será um bom ano pra Globo, as outras emissoras confesso que não me interessam.

alguém disse...

Ligações Perigosas: adorei o primeiro capitulo, pena que foi muito curto. A sensualidade de Isabel, ao mesmo tempo que é aterrorizante, é engraçada. Coitado do velho! (ou não...). E ela é o "demônio" em pessoa né? A história mal começou e eu já tô com pena da moça que ela quer prejudicar!

The Voice Kids: Nunca fui muito fã do The voice adulto, mas me apaixonei por aquelas crianças. Uma mais carismática que a outra. Morri de rir com o "eu ouvo" xD. Deu pena daquela menina que foi desclassificada primeiro. Certamente ela tinha talento, mas estava muito nervosa, então a voz dela não saiu direito, tadinha. Já a menina do berrante, ela tinha a voz bonita até, mas ficou meio bizarro usar o berrante ali, enfim...rsrs

Eta Mundo Bom: Tem tudo pra ser um novo sucesso do Walcyr. Me apaixonei pela musiquinha do rádio, super combinou com a proposta e o clima da novela. Os protagonistas parecem ser muito carismáticos. E vermos o Marco Nanini retornando numa novela depois de tantos anos é outro ponto positivo. Primeiro a diva Marieta, agora ele.

Velho Chico: Realmente, é preciso dar um tempo nesses enredos ambientados nas favelas. Uma história mais "interiorana" será um frescor para o horário nobre.

Big Brother Brasil: Acho muito improvável que o programa retorne a seus tempos de glória, Sergio. O que é uma pena. Já acompanhei muitos BBBs. Mas as edições que mais ficaram na minha memória foram a 4 (Solange diva, rsrs) e 5 (Jean e Grazi eternos <3). Mas depois da edição do Alemão, meu interesse foi diminuindo ao longo dos anos, e as duas ultimas eu nem assisti. Enfim, minhas expectativas não estão muito altas.

Abraços

Matheus Nogueira disse...

Sérgio,algumas dessas estreias acho interessantes,como´´Ligações Perigosas´´,Êta Mundo Bom´´,´´Velho Chico´´,´´Carinha de Anjo´´(sabe-se lá quando vai estrear)e ´´Sagrada Família´´,o resto não me atrai.o SBT tem dificuldades para encontrar a protagonista de ´´Carinha de Anjo´´porque eles querem uma menina com 4/5 anos de idade,a novela terá duas gêmeas atuando,ao contrário de´´Cúmplices de um Resgate´´,em que uma atriz faz gêmeas,o SBT quer gêmeas para a novela,e Maísa Silva e Jean Paulo Campos estarão em´´Carinha de Anjo´´.e aí,Sérgio,é difícil achar uma menina em torno de 4/5 anos para protagonizar uma novela?abraços

Jessica Vanhoni disse...

Não, eu não estou animada com "sagrada família" pq eu odiei sangue bom... Maria Adelaide só sabe fazer remakes!! Velho chico é outra porcaria do Boinedito ruy barbosa a última novela dele nesse horário foi a fracassada 'Esperança' q o Walcyr conseguiu reerguer no final a audiência.
Eta mundo bom: Walcyr vem colecionando sucessos, então pode ser q de certo; confio no autor!!
Essa do Daniel q fez alto astral é outra água de salsicha. Acho q tbm não vou gostar.

Jessica Vanhoni disse...

O Mateus é talentoso sim, mas se não fosse o Walcyr dar esse personagem q fez tanto sucesso, talvez ele nunca tivesse essa oportunidade de mostrar versatilidade, Mateus tem q agradecer sim e muito. Assim como a Grazi q finalmente ganhou uma personagem digna do seu talento e conseguiu se desvincular das mocinhas chatas e repetitivas, assim como o Mateus a Grazi tbm deve ao Autor Walcyr essa preciosa intérprete.

Jessica Vanhoni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jessica Vanhoni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thallys Bruno Almeida disse...

Pelo que eu percebo, com exceção da faixa das 23h e de Sagrada Família, 2016 será de retomada de estilos. Walther Negrão com praia, Benedito Ruy Barbosa com rural, Walcyr voltando às comédias de época, Daniel Ortiz mesmo com história própria usando personagens de uma antiga...

Ligações Perigosas eu já adorei. Primeiro episódio excelente, atuações excelentes (Patrícia, Selton, Aracy, Leopoldo Pacheco, Marjorie, Isabella Santoni, Alice Wegmann), trilha e cenários caprichados, gostei mesmo. Acredito que Marjorie e Jesuíta terão mais destaque a partir de hoje.

O The Voice Kids foi encantador demais. Ver todas aquelas crianças esbanjando talento e um repertório de alto nível era algo de emocionar. Tudo bem que ainda tem a chatice do ajayô, mas a estreia do novo formato valeu muito.

Por falar em reality musical, o Superstar merecia mais atenção. Poderia ser revisto, para evitar falhas como soltar a música errada ou o telão não subir. E merecia um horário muito melhor do que domingo à noite. É um bom formato e seus artistas se deram melhor que os do Voice adulto.

Eta Mundo Bom: depois de ousar com Verdades Secretas, Walcyr retoma o estilo de sucesso que o consagrou na primeira metade dos anos 2000. Como ele é um autor que sabe dialogar e jogar com o público, acredito que a trama fará sucesso. O formato de radionovela das chamadas é um atrativo. Porém, à primeira vista, não gostei do tom dos protagonistas – parecem muito ingênuos e os atores são bons, mas acho Débora meio precipitada pra protagonista - embora torça para que eles me surpreendam. Também não gostei da personagem da Savalla que parece uma mistura de Socorro (Caras e Bocas) e Márcia (Amor à Vida) com sotaque caipira. Ela merecia algo diferente, como ocorreu com a Drica Moraes. Em compensação, aposto em Marco Nanini, na vilã da Flávia Alessandra, no elenco veterano e acredito que o par Camila Queiroz-Klebber Toledo pode agradar.

Velho Chico: Benedito é ruralista até a alma, então nunca se incomodou de sempre fazer rurais (ao contrário, p. ex., do Lauro César Muniz, que é um inovador nato). Das obras dele, gostei de O Rei do Gado, Terra Nostra (em partes), Cabocla 2004 e Sinhá Moça 2006. E não gostei de Pantanal, Terra Nostra e Paraíso 2009. Esse estilo rural é bem o que o Benedito apresenta, mas não deixa de ser mudança em relação às últimas do horário nobre que sempre tinham tramas pesadas e favelas. Além disso, Velho Chico foi "promovida" porque já tinha sinopse e capítulos prontos. E isso, no momento atual, sai mais barato do que encomendar uma sinopse do zero pra ainda avaliar, e aprovar, depois começar a escrever capítulos. Se me agradará, não sei. Mas acredito que fará sucesso também.

A trama do Daniel Ortiz parece promissora. Mariana Ximenes é maravilhosa, melhor atriz da geração dela pra mim e acredito em seu sucesso. Porém, preferia que ela fizesse a vilã de Liberdade, Liberdade, a das 23h. E que pra Tancinha fosse Paolla Oliveira ou Isis Valverde (cotadas). Mas acredito que brilhará como sempre. E felizmente Caio Castro e Maurício Destri foram substituídos pelo João Baldasserini, que me agradou em Felizes Para Sempre.

Dez Mandamentos 2 eu não duvido nada que faça sucesso de novo e até alavanque Terra Prometida. Já tem um monte de gente garantindo ingresso pro filme. Quanto a Escrava Mãe, aposto em especial na Taís Fersoza como vilã e ainda tem a Milena Toscano como uma mulher que se disfarça de homem - acho que vilã também.

Liberdade Liberdade me parece ser boa também e foi até bom a Globo passar a investir em textos novos pra essa faixa. Torço que Andreia Horta tenha um ótimo personagem, assim como Mateus Solano. Como disse, preferia Ximenes de vilã, mas pode ser o grande papel da Nathalia Dill - o melhor dela pra mim é Doralice de Cordel Encantado.

Thallys Bruno Almeida disse...

Carinha de Anjo prova que o SBT é a única que ainda tem uma programação infantil constante. E nesse caso vai descarregar a Íris Abravanel - li que quem faria esse é a Leonor Correa, irmã do Faustão e ex-diretora da Eliana.

Supermax: MEDO daquele clipe. E isso não é uma crítica, pelo contrário. Vale muito pela ousadia e espero que me agrade mais que O Caçador.

Dois Irmãos: eu preferia que o Wagner Moura vivesse os irmãos e a Juliana Paes fosse a mulher disputada por eles, como no original. Cansei da cara do Cauã Reymond (Regra do Jogo, Dois Irmãos e ainda tem esse filme-série Alemão). O resto do elenco é bom, tem a Giardini, o Fagundes, a Ju Paes. Porém vi no Ego umas notas sobre algumas subcelebs que participaram dessa série em cenas quentes com Cauã e tenho medo que a série seja só um "pretexto" pra isso.

Justiça não dá pra falar muita coisa. Mas se mantiver o que Ligações apresentou na estreia, pode ser uma boa.

País do Futuro é uma ideia legal. Preferia que a Bruna Marquezine descansasse a imagem, mas o papel pode ser bem desafiador pra ela, como seria também pra Sophie - que gostei em Babilônia mas infelizmente teve seu papel destruído. Vale também pelo Daniel, Murilo, Débora e Letícia.

Sagrada é minha principal aposta pra esse ano. Sou fã confesso do trabalho da Adelaide e ela há muito merecia algo de horário nobre. O elenco até agora é muito bom. Sobre o adiamento, lamentei na época, mas quem sabe seja até melhor, pra eles abordarem a trama política sem tanta interferência - como poderia ocorrer se passasse durante a campanha.

Thallys Bruno Almeida disse...

Eu repeti Terra Nostra no "não gostei." Leia-se Esperança.

Jessica Vanhoni disse...

Ah, pode parar pq vc deixou de seguir o cara no Twitter e agora fica comentando o post dele? Vtnc. E deixa o Walcyr em paz, cara. Ele sabe o q faz, q mania de ficar contestando tudo q ele faz! Ele manja dos paranaue! Vai endeusar o JEC esse flopado e a Paolla oliveira q se destaca mostrando a bunda.

Jessica Vanhoni disse...

Ah, para Maria Adelaide amaral só faz remake de Cassiano gabus mendes. Dela, só gostei de Tititi e sangue bom era ridícula, infantil! Não merece horário nobre, e a última boa novela do horário das sete é morde e assopra do Walcyr. Aceita q o autor faz sucesso e garante boa audiência.

Jessica Vanhoni disse...

Ah, pode parar pq vc deixou de seguir o cara no Twitter e agora fica comentando o post dele? Vtnc. E deixa o Walcyr em paz, cara. Ele sabe o q faz, q mania de ficar contestando tudo q ele faz! Ele manja dos paranaue! Vai endeusar o JEC esse flopado e a Paolla oliveira q se destaca mostrando a bunda.

Rita Sperchi disse...

Bom mês de janeiro Serginho querido olha eu aqui de
volta espero que tenha sido bom para
todos a alegria das festas, estaremos juntos
para que nossa amizade seja sempre de muita paz
Agradecendo a Deus por tudo.

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Reinaldo SP disse...

Olá Sérgio, seu texto sobre as produções de 2016 ficou ótimo, espero que 2016 nos traga produções impecáveis assim como foi com 2015.
Walcyr Carrasco é o mago da seis, estou bastante curioso para vê-lo novamente no horário que o consagrou com as inesquecíveis O Cravo e a Rosa, Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea. As chamadas de Êta Mundo Bom mostraram que a trama tem tudo para agradar. Notei que a trama trará um pouco da inocência que vimos em Meu Pedacinho De Chão somada ao que já vimos em tramas passadas de Walcyr Carrasco. Os atores, pelo que notei, foram muito bem escalados, disso não há do que reclamar. Não podemos esquecer também que com essa trama Walcyr pretende homenagear o grande comediante Amácio Mazzaropi, será muito bom reviver um pouco de seu trabalho mesmo que na pele de outro ator.
Apesar de Liberdade, Liberdade ter poucas informações divulgadas, acredito bastante no potencial desta. O elenco pré-escalado está ótimo e a sinopse promete muito, aguardaremos pelos próximos capítulos.
Velho Chico ainda é uma incógnita para mim, é difícil fazer uma avaliação agora. Benedito Ruy Barbosa faz tramas com diálogos fortes, gostei de algumas de suas novelas, porém me preocupa a repetição de temas e personagens. Antonio Fagundes novamente fará um dono de fazenda que tem problemas com sua família, que tem rivalidades com não sei quem, e por aí vai. A última trama de Benedito no horário nobre foi Esperança, mas não cheguei a acompanhar. Gostaria muito de tê-la visto para, assim, saber o motivo pelo qual fracassou naquela época. Acredito que você a acompanhou, ou estou errado Sergio? No mais, resta-nos aguardar e ver como será Velho Chico.
Com relação às demais produções prefiro aguardar mesmo.
Até mais.

Anônimo disse...

Os Dez Mandamentos vai ter parte dois? QUE COISA RIDÍCULA! Novela não tem temporada. Essa emissora não sabe lidar com o sucesso mesmo. Aquela tosquíssima Mutantes fez sucesso e inventaram de fazer uma parte dois que fracassou de forma retumbante. Vejo o filme se repetir.

Filha do Rei disse...

Oi!!!Tenha um surpreendente e abençoado 2016!!Que possamos ter mais produções de excelência em nossas tvs e domingo o The Voice Kids me emocionou, até chorei :) Bjs

Anônimo disse...

A continuação de DEZ MANDAMENTOS será A TERRA PROMETIDA, não existe dez mandamentos-parte2, você esta mal informado! E gente, esse big brother numero 16!(o dobro de edições da "desgastada" fazenda) parece empolgar bastante o senhor Sergio Santos, claro, esse é da "grobu". E se nem os seus fiéis comentaristas aguentam mais essas novelas da "grobu" com os mesmos autores e as mesmas historias de sempre, além da imagem HORROROSA(sai mais barato) o que vou dizer, né?

Flávia disse...

Espero coisas boas de Eta Mundo Bom, Ligações Perigosas (que já começou com tudo) e Sagrada Família. Bjkkkkk

E ao RecordFÃ acima, é vc que tá mal informado, meu filho. Terá Os Dez Mandamentos parte antes de A Terra Prometida. SE INFORME, FANÁTICO EVANGÉLICO MALA!

Anônimo disse...

rá, não sou crente, filha. E nem assisi os dez mandamentos, mas adorei que tenha ganhado da globo. Esse pessoal acha que qualquer um que não assiste a globo é crente, é petista e é pobre, kkkk. Vai ver por isso se sentem na obrigação de assistir esse canal desgastado e ultrapassado que é a ex-poderosa.

Flávia disse...

Se nem assistiu é sinal que está bem desinformado mesmo porque a postagem do Sérgio falando sobre a parte 2 é mais do que verídica. Então vá assistir a novela e se informe.

Jessica Vanhoni disse...

Fã de Os dez mandamentos não pode fala um ai da Globo. Emissora lixo q não sabe lidar com o sucesso.
Agora quando a Recopia der 40, 50, 60 pontos de audiência, q a Globo deu um dia, vc pode falar mal, q eu deixo!!! babaca.

Anônimo disse...

Amei o texto, vejo que teremos boas surpresas em 2016.
PS: esse tal de Thallys é muito bipolar, precisa se tratar urgente.

Jessica Vanhoni disse...

Fã de Os dez mandamentos não pode fala um ai da Globo. Emissora lixo q não sabe lidar com o sucesso.
Agora quando a Recopia der 40, 50, 60 pontos de audiência, q a Globo deu um dia, vc pode falar mal, q eu deixo!!! babaca.

Flávia disse...

É mesmo, anônimo. Esse garoto Thallys vive esculachando o Sérgio pelas costas e até de babaca já o chamou, agora vem aqui comentar texto bancando o respeitador.

Gabriel disse...

Acho q o ano promete bastante coisa legal e já começou mt bem com o the voice kids que parece ser um bom refresco para a franquia q ja ta bem desgastada. Essa edição parece q vai dar um banho na versão adulta pelo menos tendo em vista e estreia q foi ótima.
Ligações perigosas tbm é otima a produção super caprichada, ótimo elenco e trama instigante e provocadora, mas os capítulos são mt curtos pensei q ia ter uma hora cada e se tem 30 minutos É mt.
A Globo parece estar investindo bastante em velho Chico mas eu ñ costumo gostar de tramas rurais parecem todas iguais, mas vamos conferir.
Sobre as séries acho q falta uma q dure mas de uma temporada a maioria mesmo quando faz sucesso acaba ñ tendo e eu realmente ñ entendo,acho q falta isso na nossa programação. Se eu ñ me engano o Conselho tutelar da Record está na segunda temporada mas eu ñ cheguei a assistir a primeira e a globo ñ sei pq ñ investe nas series se ñ for aquelas do formato de comédia.

Ed Taborda Assunção disse...

Ligações Perigosas e The Voice Kids já tiveram início bem promissores. Quanto as novelas, estou ansiosíssimo para a estreia de Eta Mundo Bom por que sou fã das novelas das 6 do Walcyr. Só não ne desce os protagonistas, mas se a história for boa, isso é o de menos. Pelo menos teremos a Flávia Alessandra de vilã. Novela do Walter Negrão não me anima em nada não... Sobre Haja Coração, por mais que tenha a Mariana Ximenes que é a minha atriz favorita, não tô esperando nada não. Quando vejo as notícias só me lembro daquele terror que foi Guerra dos Sexos em 2012 que eu achava uma novela horrível. Mas talvez eu esteja enganado. Pelo menos já tiraram o Caio Castro, né... SuperMax me deixa ansioso também, me parece muito boa. Sobre Velho Chico eu também não me animo, provavelmente vai ser uma trama arrastada e sonolenta. Sagrada Família eu prefiro não dizer nada ainda. Ando tão decepcionado com o horário nobre... As novelas das 11 me atraem sempre e espero que as desse ano sejam tão boas quanto a antecessora. Os Dez Mandamentos parte 2 é completamente desnecessária e A Terra Prometida não me desperta atenção, mas se for boa eu acompanharei. Do Big Brother Brasil eu quero é distância. Escrava Mãe parece boa, e a próxima temporada do MasterChef me atrai por que gosto muito desse reality. Dois Irmãos é algo que espero há muito tempo pois li o livro quando era criança e sempre sonhei com uma adaptação. Já sobre O País do Futuro eu não faço ideia do que esperar.
Abraços

Anônimo disse...

Não é mesmo Flávia? Isso Sem falar que o Thallys vive copiando o zamenza em tudo, vive se achando um crítico de arte, é para rir mesmo. Só a turminha dele (bem imatura por sinal) o aguenta.

Jessica Vanhoni disse...

Esse thallys é um babaca mesmo. Ja vi ele falando no Twitter q deixou de seguir o zamenza, pq o mesmo, vive endeusando o Walcyr autor de novelas. Cara ridículo não se enxerga q não dão bola pra ele e o zamenza é mais crítico de tv que o Nilson xavier aquele imbecil....

Jessica Vanhoni disse...

Esse thallys é um babaca mesmo. Ja vi ele falando no Twitter q deixou de seguir o zamenza, pq o mesmo, vive endeusando o Walcyr autor de novelas. Cara ridículo não se enxerga q não dão bola pra ele e o zamenza é mais crítico de tv que o Nilson xavier aquele imbecil....

mineiro disse...

Gente, esse big brother pelo visto é mais um vitalício na grade da globo. Essa coisa já deu tudo que tinha que dar, tá mais que saturado. Só posso entender que a globo insiste nisso por ser mais um caça niquei$. A globo arrecada e muito com as ligações, o que na minha opinião é um absurdo, deveria ser proibido esse tipo de coisa no brasil.

Ricardo disse...

Minhas expectativas são para Mariana Ximenes em Haja Coração, pela sua versatilidade e para Minha Sagrada família. Gostaria muito que o Giane ganhasse um protagonista a altura e carisma do Paco de Da cor do Pecado. Queria menos realities na tv.

F Silva disse...

Comentando o comentário...

Olá Andressa Mattos.

Respeito sua discordância Andressa, porém acho que você está absolutamente equivocada com relação ao Mateus Solano. Ele é um colecionador de bons papeis na tv, Jorge e Miguel, os gêmeos de "Viver a Vida", foi um grande marco em sua carreira. Ele deu um verdadeiro show e bateu um bolão com Aline Moraes naquela novela. Inesquecível. E como ele é muito jovem, tenho certeza que virão mais personagens marcante em sua carreira. Torço por isso.

O Félix foi um personagem muito bem concebido pelo Carrasco, porém, muito mal conduzido e pouco crível dentro de minhas expectativas enquanto telespectadora daquela novela. Na minha opinião aquilo foi bizarro.E sim o romance gay com Nikos foi crível e muito bem conduzido.

Há Andressa, desculpa eu ser meio do contra, mas não aplaudi a atuação de Adriana Esteves como a Carminha em "Avenida Brasil". Ela gritava demais, havia excessos no tom da personagem e nas caras e bocas. Mas acho que a culpa não foi só da atriz, mas também da direção. Inclusive achei aquela novela histérica demais. Adriana Esteves, quando bem dirigida, dá show.

Abraços Andressa...

Alexandra Amaral disse...

Olá Sérgio, quanto tempo. Acho que será um ano inferior a 2015 em novelas. Nao confio muito ainda em Eta mundo bom, Haja coração e Velho Chico, mesmo sendo cedo pra qualquer afirmação. Vamos acompanhar.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, por ora, só posso falar do que vi e gostei: Ligações Perigosas, excelente, e The Voice Kids, ótima atração para as tardes de domingo. Crianças se portando como crianças, e não como miniadultos, boa escolha do repertório, bom corpo de jurados.

Anônimo disse...

Ah, cala boca sua velha cretina, vc não entende nada de novela e eta mundo bom vai ser sucesso sim.

paulo disse...

Quanto lixo, Deus nos livre! Tenho pena de quem não teve a oportunidade de conhecer a TV dos anos 70 e 80, aliás, tudo era muito superior, as musicas então... Hoje só porcaria!

Pedro Bertoldi disse...

Oi Sérgio. Espero que 2016 seja surpreendente em termos de TV. Mais uma vez você traz uma lista bem elaborada para seus leitores. Parabéns. O único puxão de orelha é pra Jessica Vanhoni que não aceita a opinião dos demais leitores e responde de forma mal educada. Mas faz parte né, Sérgio e isso não desmerece o teu maravilhoso trabalho. Abraços!!

Raquek disse...

Sérgio,

Ao contrário de alguns dos comentaristas que comentaram no início, eu estou muito, mas muito mais animada pra 2016 do que estava em 2015. Me lembrei que a minha única aposta era Sete Vidas e até voltei no post de 2015 para confirmar. :P E, realmente, essa foi a que mais me agradou, apesar de eu achar inferior à Vida da Gente. Também apostei lá no começo de 2015 que o tema favela já estaria cansativo e que Regra do Jogo (na época ainda com o nome de “Favela Chique”) não emplacaria. Reclamei ainda da escalação de Murilo Benício para o protagonista dúbio mais uma vez; mal sabia que viriam com Alexandre Nero, aumentando ainda mais o meu nível de enjôo de cara alheia. Queimei a língua com Totalmente Demais que tá mandando muito bem, subindo pelo menos uns 3 níveis de qualidade dramatúrgicos em comparação com Malhação Sonhos. Os autores conseguiram amadurecer muito bem a trama para as 7. E Além do Tempo acho que foi uma supresa pra todo mundo.

Acho curioso alguns comentaristas que passam o ano todo vindo no blog reclamarem de novela atrás de novela e agora torcem o nariz pras “novidades” de 2016; mesmo que as novidades sejam ressurreições/remodelagens de estilos e tramas que fizeram sucesso no passado. Graças a Deus a Globo percebeu o loop infinito de mais do mesmo em que se enfiou depois de algumas experiências relativamente mal-sucedidas de audiência. Estou animadíssima por Velho Chico e por um merecidíssimo refresco na faixa das 21 horas. Boto fé na direção do Luiz Fernando e creio que o neto pode trazer um olhar refrescante para o estilo de Benedito. Ficarei da torcida.

Sempre adorei o estilo de Sílvio de Abreu às 19 e acho que o que ele estava precisando nos seus remakes é justamente uma outra perspectiva. Acho que o grande fator que impulsionou a rejeição do público por Guerra dos Sexos foi o fato do remake ter sido literal demais: Sílvio fez um ctrl-c ctrl-v de 90% das cenas da novela, apenas atualizando a linguagem. Acho que ao entregar o trabalho pra outra pessoa, as tramas têm a ganhar infinitamente mais. Daniel Ortiz já mostrou que já sabe fazer novela; agora vai fazer uma em um tema que me interessa mais que os fantasminhas de Alto Astral.

Finalmente, MAA é a melhor escritora de minisséries do Brasil, mas na minha opinião, sua qualidade cai pela metade ao fazer novela. Sangue Bom foi uma boa novela, mas com trama limitada ao tratar de apenas um ponto chave de enredo: a troca dos exames de DNA. Um mês antes e um mês depois disso a novela esteve sencional, mas antes disso demorou a engrenar e depois disso ficou numa enrolação tremenda. Tenho receio de algo assim numa trama das nove. Por outro lado, Walcyr finalmente volta a fazer o que pra mim faz de melhor: novela de comédia de época para as 18 horas. Isso sim é que é empolgante. 2016 promete. :)

Sérgio Santos disse...

Aguardemos, Fernanda!

Sérgio Santos disse...

Que bom que curtiu, William.

Sérgio Santos disse...

Que bom que serviu pra te inteirar, Joana.

Sérgio Santos disse...

F Silva, nem é mais a Marica prattes agora em Liberdade Liberdade. É o Mário Teixeira. Tão mudando tanta coisa nessa novela que dá um certo receio... E Eta Mundo Bom! teve uma excelente estreia, assim como o The Voice Kids. É verdade, Velho Chico seria a substituta de Eta Mundo Bom!, mas transferiram. Eu tenho preguiça do estilo do Benedito pq as tramas deles são mt tediosas e as mulheres sempre umas tapadas. Mas pode fazer sucesso. E Sagrada Família parece ser bem boa. Mas só esperando msm. bjssss

Sérgio Santos disse...

Virou tradição mesmo, Andressa. rs bjs

Sérgio Santos disse...

Sinto sua falta aqui, Mai. E claro que sua ansiedade é por causa da Mariana Ximenes nesses trabalhos. =) Beijão!

Sérgio Santos disse...

Alguém, mt bom seu comentário. bjs

Sérgio Santos disse...

É bem complicado sim, Matheus!

Sérgio Santos disse...

Eu amei Sangue Bom, Jessica. E concordo que a grande chance do Solano foi com o Félix. É o personagem da carreira dele.

Sérgio Santos disse...

Ah, F Silva, Haja Coração não será um remake não. O autor fez questão de enfatizar isso. Só terá a Tancinha mesmo e uns outros personagens.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Reinaldo. Ótimo o seu comentário e eu vi Esperança sim. Foi péssima. Uma tentativa do autor de copiar Terra Nostra, sem êxito. Mereceu o fracasso. abçsss

Sérgio Santos disse...

Pra vc tb, Cleu. bj

Sérgio Santos disse...

Vc devia se informar melhor, anonimo. Pq existe SIM OS DEZ MANDAMENTOS - PARTE 2. Seria gravada em janeiro, mas nem tem previsão ainda em virtude das demissões em massa feitas ano passado.

Sérgio Santos disse...

Tb espero, Flavia.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Rita.

Sérgio Santos disse...

Concordo, Gabriel!

Sérgio Santos disse...

Ótimo comentário, Ed. E a estreia de Eta Mundo Bom! foi uma delícia. abçs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Ricardo.

Sérgio Santos disse...

De pleno acordo, Elvira.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Pedro.

Sérgio Santos disse...

Paulo, vc por aqui...

Sérgio Santos disse...

Entendo, Raquel. Eu já tô com uma expectativa mediana pra esse ano pq tudo é meio uma incógnita. Mas vamos ver. E eu discordo de Sangue Bom pq achei maravilhosa e não acho que só Sete Vidas mereceu elogios ano passado. Mas enfim. bjs

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.