segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

"Êta Mundo Bom!": o que esperar da próxima novela das seis?

A nova novela das seis terá a missão de manter a qualidade da faixa depois da excelente "Além do Tempo", que também herdou essa responsabilidade, pois entrou no lugar da impecável "Sete Vidas". Com o título de "Êta Mundo Bom!", a novela de Walcyr Carrasco tem boas chances de manter o nível, apresentando para o público uma história bem humorada, leve e com boas doses de drama. Pelo menos as chamadas se mostram bem promissoras, assim como o clipe de 16 minutos --- que você pode conferir aqui.


O autor foi consagrado como o 'Rei das 18h'. Afinal, foi o responsável pelos maiores sucessos relativamente recentes da faixa, vide "O Cravo e a Rosa", "Chocolate com Pimenta" e "Alma Gêmea". E o novo folhetim de Walcyr tem todos os elementos já vistos nessas três produções citadas, incluindo vários atores que fizeram parte das mesmas. Após ousar com o fenômeno "Verdades Secretas", às 23h, exibida em 2015, o escritor resolveu voltar ao gênero que tanto se especializou. Repetindo ainda a bem-sucedida parceria com Jorge Fernando, diretor que coordenou várias novelas suas.

A nova trama é inspirada no filme "Candinho" (o título do folhetim inicialmente seria esse, inclusive), estrelado por Mazzaropi, cujo roteiro é baseado no conto "Cândido" (ou "O Otimismo"), de Voltaire ----- a maior citação da obra é "Tudo o que acontece é para o melhor nesse melhor dos mundos".
O protagonista será vivido por Sérgio Guizé, que adota um proposital tom caricatural, e o ingênuo caipira terá o mantra "Tudo o que acontece de ruim é para melhorar", incentivado também pelo seu grande amigo, o professor Pancrássio (Marco Nanini, de volta às novelas), que repetirá esse 'lema' constantemente.

O enredo central será em torno da busca de Anastácia, vivida por Eliane Giardini (em um grande papel), que procurará o filho incessantemente. Isso porque Candinho foi separado da mãe logo após o seu nascimento e o mesmo foi acolhido na fazenda do casal Quinzinho e Cunegundes, interpretados por Ary Fontoura e Elizabeth Savalla. O rapaz cresceu no lugar humilde, mas nunca foi considerado da família, pois sempre foi tratado com desprezo pelo par que o acolheu. Candinho acaba, inclusive, se apaixonando pela filha primogênita (Filó - Débora Nascimento) dos fazendeiros, sendo correspondido. Ele, então, é expulso de casa por conta desse amor e é aconselhado pelo amigo Pancrássio a ir atrás de sua verdadeira mãe. O caipira vai e leva seu fiel burro como companhia.

A grande vilã da história será Sandra, sobrinha de Anastácia, que fará de tudo para a tia não achar o filho, pois não aceita dividir o patrimônio da família. Seu grande parceiro de tramoias será o irmão Celso (Rainer Cadete). A personagem é vivida por Flávia Alessandra, que retoma a bem-sucedida parceria com o autor. O perfil, aliás, é bem parecido fisicamente com a diabólica Cristina, de "Alma Gêmea". Já Eriberto Leão interpretará Ernesto, um canalha que iludirá Filó. Ele convencerá a moça a fugir com ele para São Paulo, prometendo casamento, mas a transformará em uma dançarina (chamada de "Táxi Girl") que servirá como fonte de lucro para o vilão.

E o carismático Pancrássio promete ser um dos maiores destaques do folhetim. O professor de filosofia não conseguirá emprego na área e será um verdadeiro camaleão para ganhar dinheiro. Usará inúmeras fantasias e interpretará vários personagens nas ruas ---- de senhora respeitada necessitando de uns trocados a mendigo cego implorando por esmola. Marco Nanini deve voltar às novelas em grande estilo e pelas mãos do mesmo autor que trouxe de volta Marieta Severo em "Verdades Secretas", interpretando a ambiciosa Fanny, uma excelente personagem.

A produção ainda marca a volta de Camila Queiroz, após a sua incrível estreia na novela das 23h, em 2015, onde viveu a inesquecível Angel. Ela agora será a ingênua Mafalda, caipira filha de Cunegundes e Quinzinho, que se envolverá com o malandro Romeu (Klebber Toledo). A menina terá uma inseparável porquinha e transbordará inocência. Além dos atores mencionados, o elenco conta ainda com Guilhermina Guinle, Débora Olivieri, Tarcísio Filho, Rosi Campos, Ana Lucia Torre, Arthur Aguiar, Giovanna Grigio, Jeniffer Nascimento, Dhu Moraes, Neusa Maria Faro, Flávio Tolezani, Bianca Bin, Priscila Fantin, Anderson Di Rizzi, Maria Zilda Bethlem, David Lucas, Sueli Franco, Miguel Rômulo, Flávio Migliaccio, entre outros.

"Êta Mundo Bom!" tem tudo para manter o nível do horário das seis e substituir muito bem a ótima "Além do Tempo". Walcyr Carrasco é uma fábrica de boas histórias e o autor que mais produz na Globo atualmente. A próxima novela das 18h parece ter todas as fórmulas que o escritor já usou na faixa e a própria direção de Jorge Fernando não deixa de ser uma espécie de 'volta aos velhos tempos', após se aventurar e ser bem-sucedido na faixa das sete, das nove e das onze. Resta aguardar a estreia para observar se o primeiro capítulo iniciará o enredo de forma atrativa. As chances são bem altas.

46 comentários:

Fernanda disse...

Espero tudo de bom! Desculpe o trocadilho. rsrs O Walcyr é mestre no horário e depois do megassucesso de Verdades Secretas tenho certeza que vem outro grande sucesso por aí. Estou animada e lendo esse texto fiquei mais ainda.

Anônimo disse...

Promete mesmo. É o melhor autor da atualidade. Os haters piram.

Ísis disse...

Terão que suar a camisa! Afinal Além do Tempo p mim foi uma das melhores novelas que já assisti! Que história! Que elenco!!! Que produção!!! Merece inúmeros prêmios!!!

Renato disse...

Isis, Além do Tempo também teve que suar a camisa pra substituir a Sete Vidas.

Thallys Bruno Almeida disse...

Pra começar, os pontos positivos. Gostei em especial do Marco Nanini. Por chamadas e clipe, Pancrácio é o personagem que mais me agradou e tem tudo pra ser bem divertido. Uma boa também foi apostar no Eriberto Leão pra vilão, já que se deu bem em Malhação Sonhos (dizem que seria o Malvino Salvador, ainda bem que não foi). Aposto também na Flávia Alessandra como vilã. A aparência lembra um pouco a Cristina, mas acredito que a história seguirá um rumo diferente e ela merecia um papel decente. Rainer Cadete pode surpreender como vilão também. Eliane Giardini foi outra que me agradou logo de cara também.

Dentre as mocinhas, acredito mais na Camila Queiroz. O tom dela foi o que mais me agradou. Klebber Toledo não acho exatamente um bom ator, mas tem uma presença legal e já vi química entre os dois. Acho que pode ser o par de maior sucesso da trama.

De negativo: mesmo sendo uma caricatura proposital, Sérgio Guizé não me convenceu ainda como Candinho. Já não gostava do Caique de Alto Astral, o atual me parece ser mais cansativo. Gostei dele em Saramandaia como Gibão e acho que merecia algo bem diferente. Débora Nascimento é absurdamente linda, gostei dela em Alto Astral como vilã, mas ainda não a acho pronta para uma protagonista. Achei o par cansativo no clipe. Espero que me surpreendam positivamente. Também não gostei do tom da Elizabeth Savalla. Acho que ela poderia dosar um pouco mais e também merecia algo diferente, como ocorreu com a Drica Moraes em Verdades Secretas. E no clipe, achei Bianca Bin um pouco parecida com a personagem de Joia Rara.

O clipe inclusive acho que poderia ter mais cenas de outros personagens em vez de duas músicas inteiras.

Quanto à retomada do estilo, não vejo isso como exatamente um problema. Se a condução for boa, pode jogar a favor, já que Walcyr tem essa coisa de saber dialogar bem com o público e isso explica o seu sucesso e constantemente ele estar no ar (embora não tenha curtido algumas dele).

Se a nova trama vai me agradar, só vendo pra crer. Mas, independente de gostos, acredito no sucesso. O universo de Eta Mundo Bom vem pra complementar essa tendência de se buscar o sonho, a fantasia, as tramas leves.

Elisa disse...

Minha expectativa tá lá em cima porque não nego que tenho queda por novela de época e achei a primeira fase de Além do Tempo muito melhor que a segunda. Depois de ler esse seu texto a minha animação triplicou.

Gabriella disse...

VEM NOVELÃO POR AÍ!

Anônimo disse...

E lá vem o bipolar do Thallys bancar o sabichão de novo, dá até preguiça ler os comentários dele, nao passa nada de credibilidade. Ela e a prole dele vivem aos quatro cantos dizendo que cansaram de tramas caipiras,que não vão assistir mas sempre ficam atentos às notícias da novela, tanto que Walcyr bloqueou um deles recentemente e bem merecidamente. O que esperar de um cara que acha Boogie oogie a melhor novela de 2014? É pra dar risada desse sujeito.

Saulo Henrique disse...

Olá Sérgio. Acho que será mais uma ótima novela do Walcyr e do horário das seis,que atualmente é o melhor e mais bem estruturado da Globo. Tivemos a maravilhosa Sete Vidas depois a ótima Além Do Tempo. Não sei porque não gostei muito do tom do Guizé,pelo que foi visto nas chamadas ele tem momentos que está com cara de retardado,mas pode surpreender. O Elenco é o ponto alto da novela acho que irão se destacar o Marco Nanini (Pancrácio é um ótimo personagem),Flávia Alessandra (Com uma nova vilã do Walcyr),Elizabeth Savalla,Rosi Campos,Rainer Cadete,Camila Queiroz e etc.
Irei esperar a estréia para opinar. Abraço.

Gabriel disse...

Adorei o clipe de apresentação da novela, a fotografia é linda e a trama lembra mt o estilo das obras do autor no horário q eu adoro, aquele clima de roça, trama divertida para esquecer dos problemas mesmo,então acho q as chances de ser boa são grandes.
Os atores tbm parecem otimos e o destaque parece q vai ser mesmo o Marco Nanini, o personagem é otimo e ele esta dando um show. Mas confesso q ñ gostei mt da escalação da Débora Nascimento como protagonista, quem sabe ela ñ surpreende. Outro q eu ñ curti mt pelo menos pelas chamadas foi o Klebber Toledo.
De resto só espero sucesso da novela, tem td para ser mais uma ótima novela das 18h.

Ed Taborda Assunção disse...

Confesso que minhas expectativas estão nas alturas com essa novela. Só de pensar que vai ter novela das 6 do Walcyr me bate uma nostalgia da época de Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea. Estou ansiosíssimo pra ver a Flávia Alessandra de vilã depois dos últimos papéis deprimentes que ela teve. Confesso que não gostei do Sergio Guizé como protagonista. O personagem não parece um caipira inocente e sim uma pessoa com problemas mentais. E eu já tinha pego birra dele por causa daquele insuportável Caíque de Alto Astral . Não sei o que esperar da Débora Nascimento, talvez ela me surpreenda. E vai ser ótimo ver o Ary Fontoura e a Elizabeth Savalla em outra novela do Walcyr. Ansioso pela Camila Queiroz também. Enfim, ansioso por tudo! Acho que essa novela não vai me decepcionar. Eu espero. É minha maior aposta de sucesso esse ano.
Abraços

Anônimo disse...

Reparando bem, às vezes fico me perguntando se esse garoto Thallys estuda, trabalha ou faz alguma coisa da vida? me impressiona como ele tem tempo para ver a todas as novelas e programas da Globo e comentar minuto a minuto no twitter em qualquer horário. Com razão o mundo está como está. Eu mal tenho tempo de ver uma novela por inteiro, que dirá esses jovens, a não ser que isso encha a barriga deles.

Maria disse...

Êta Mundo Bom pode se tornar um sucesso, mas acho que o começo será complicado, já que se trata de uma novela de época estreando no meio do verão, e além disso, muitos ficarão "órfãos" de Além do Tempo(como é o meu caso). Mas se a trama for tão boa como aparenta ser, a boa audiência será apenas questão de tempo!

Melina disse...

Sérgio, querido, eu espero muita coisa. Adorei as chamadas e vi o clipe que vc postou no link. Minha expectativa só aumentou. Walcyr é uma fábrica de novelas e não para um minuto. Estou animada e adorei o elenco! Ansiosa! Um Beijo.

Liveware Lu disse...

Oi Zamenza, sempre gostei de novelas leves e divertidas para toda a família assistir, claro que algumas prefiro assistir sozinha mesmo, mas essa é para todos, meus sobrinhos só tem falado dessa novela e confesso que nunca tinha ficado tão ansiosa assim por uma novela antes. Assisti todas as chamadas da novela, pessoalmente não vi nenhum ponto negativo, só vi personagens cativantes e engraçados que prometem arrancar várias risadas ao longo da trama, morri de rir com as chamadas de alguns personagens como Candinho, Pancrácio, Pirulito, Cugenunges, Mafalda & cia, adorei também o burro Policarpo. Os demais personagens também prometem roubar a cena. Agora é aguardar a estreia da novela.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sinceramente, Sérgio, não espero muita coisa. As chamadas não despertaram minha atenção, o tema da mãe que procura o filho é "batido". Sérgio Guizé, pela terceira vez, faz o papel de mocinho. Apenas tenho curiosidade em saber como Camila Queiroz, que estreou com o pé direito em Verdades Secretas, se sairá no papel. E tenho simpatia pelo talentoso J.P. Rufino, que, eu soube, está com zika, e espero que se recupere.

Bárbara Almeida disse...

Vou ser sincera, não estou animada para ver essa novela. Não sou muito fã de novela de época e talz. mas quem sabe

Beijos, Love is Colorful

Anônimo disse...

Só fazendo uma correção Elvira, JP Rufino não está com Zika, ele só estava com uma suspeita de ter a doença, nada mais que isso. O garoto já deve voltar a gravar nessa semana mesmo, um pouco de informação faz bem.

Ísis disse...

Nao sei Renato, eu não assisti essa novela que vc falou! Nem sei qual a história dela! Mas que bom que as novelas das seis tem sido boas! A última que assisti antes de Além do tempo foi Cordel Encantado. Espero que a próxima seja boa!

F Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
F Silva disse...

Algo a comentar...

A sinopse da novela é muito boa, ou seja, tem um bom argumento.

... O que me deixa um pouco pessimista é o fato de que vem por aí algumas fórmulas, que na minha concepção, já estão batidas e não me fazem mais achar graça. São elas: Um núcleo de chiqueiro onde, provavelmente, metade do elenco vai cair com a cara na lama dos porcos; Personagens conversando com animais; Guerra de comida com muita gente levando torta na cara... Todos esses elementos estiveram presentes nos bem sucedidos trabalhos do Walcir Carrasco no horário das seis... mas já deu né?

O que me deixa otimista é o fato de que "Eta Mundo Bom" virá com uma história agradável repleta de personagens carismáticos recitando o texto tupiniquim, infantiloide, debochado e bem humorado, bem característicos em obras do Carrasco.

Discordo que essa novela tenha tudo para manter o nível do horário das seis, haja vista o impecável texto de Lícia Manzo e do primoroso texto de Elizabeth Jhim. E concordo sim, que tem chances de ser uma trama bem atrativa e de ser mais um sucesso de audiência. É pagar pra ver...

Um grande abraço, e até breve...

MARILENE disse...

As novelas desse horário costumam ser muito boas. Tenho visto as chamadas e elas me encantaram. Creio que não me decepcionarei com ela. Bjs.

Vera Lúcia disse...


Oi Sérgio,

De fato, a trama parece promissora. Fiquei atraída pelas chamadas. Pelo visto, vou acabar me viciando nas novelas das seis, horário bem incompatível para mim-rs.

Gostei muito de ler suas considerações, que traçam um ótimo perfil da novela.

Abraço.

Amanda Barreto disse...

Olá! Meu primeiro comentário aqui!!!

Ví o clipe e gostei muito, mas sabe porque? Nostalgia. reconheci vários lugares comuns das novelas do Walcir do horário das seis e bateu saudades, mas isso acaba me preocupando, pq pode soar tão repetitivo que as pessoas acabem por largar a história pela metade.
Outras impressões foram:

*Tô ansiosa pra ver o Nanini, pq ele sempre arrasa e parece que terá um baita personagem nas mãos.
*Desconfiada do Guizé, pq (além de não gostar nem um pouco dele como ator) achei o personagem mais idiota que caipira, entende? Tá fora do tom. Eu recomendaria au ator ver umas cenas de "O Cravo e a Rosa" pra aprender com o Taumaturgo a fazer um bom caipira.rs
*Estou dando crédito à Débora Nascimento, goto dela e acho que ela consegue se sobressair como protagonista. O que não cola é ela com o Guizé... aí não dá...
*Já amei a Camila Queiroz! Fato que ela vai arrebentar e ficou linda com o Kleber!
*Adoro a Flavia de vilã, mas achei um erro o louro platinado, tinham que tê-la posto ruiva, ia arrasar.

E, pra terminar, preciso dizer que eu adoro que o Walcir sempre chama uma galera veterana de peso pras suas novelas. Vários atores que estão esquecidos ou apagados pelas produções da globo brilham nas novelas dele e isso é muito legal. Sempre admiro.

Leandro disse...

Eu nunca gostei muito de Walcyr Carrasco, sempre achei ele um pouco brega. Sinto falta das novelas de Benedito Ruy Barbosa, no entanto espero que essa novela seja boa.

Anônimo disse...

Cala sua boca, cretino! Fã de boogie oogie não vai poder opinar em nada nessa novela. E principalmente em "Eta Mundo Bom" que é do (Walcyr)...seu ridículo. Bipolar. Vai lá no seu Twitter endeusar o JEC...esse autor flopado. Não vem bancar o sábio,pq vc não entende! Deixe para os especialistas: Stycer, Nilson etc... Babaca!

Sérgio Santos disse...

Tb espero, Fernanda. =)

Sérgio Santos disse...

Promete sim.

Sérgio Santos disse...

A responsabilidade é grande, Isis, mas a própria Além do Tempo tb teve essa responsabilidade pq Sete Vidas foi impecável e primorosa. Aguardemos.

Sérgio Santos disse...

Exato, Renato.

Sérgio Santos disse...

Tem muitos pontos positivos e o elenco está muito bem escalado. O Klebber é mediano e foi melhor o Eriberto como vilão, que nunca fez, do que o Malvino que é canastrão. No caso da Savalla não tem mais como o autor dar tipos muito diferentes pra ela depois de tanto personagem. Já viveu vilã rica cômica, moça pobre íntegra, ex-chacrete espalhafatosa, mulher rica retraída, mas ainda assim parece que conseguiu, pois agora vive uma caipira bronca e rabugenta, o que ela nunca fez até então. O Mazzaropi era uma caricatura nata no papel e o Guizé parece querer imitá-lo. Achei o tom apropriado para o papel, mas só esperando pra observar melhor.

Sérgio Santos disse...

Tb gosto mt de novela de época.

Sérgio Santos disse...

Tomara que venha. Tá prometendo.

Sérgio Santos disse...

Valeu pelo comentário, Saulo. Promete mesmo e depois dessas duas ótimas seria muito bom vir uma outra tão boa quanto.

Sérgio Santos disse...

Gabriel, tb não acho que a Débora esteja pronta pra uma protagonista, mas a trama nesse caso é mais voltada para um protagonista que é o Candinho. Não tem a premissa do casal principal e tal. Mas ela pode surpreender pq eu gostei mt dela de vilã em Alto Astral. Aguardemos.

Sérgio Santos disse...

As minhas tb estão nas alturas, Ed. E só mesmo o Walcyr pra valorizar a Flávia. Aliás, tem atores que só conseguem ser valorizados com ele. A própria Drica Moraes é um exemplo, a Ana Lucia Torre, Elizabeth Savalla, a Neusa Maria Faro, O Ary Fontoura, enfim... Vamos ver como será. abçs

Sérgio Santos disse...

Isso sem dúvida, Maria.

Sérgio Santos disse...

Tb estou, Melina. =)

Sérgio Santos disse...

Oi, linda. Bom te ver aqui de novo e eu tb estou empolgado porque tudo se mostrou mt atrativo. Estou de luto pelo fim de Além do Tempo, mas nada melhor do quec uma trama ótima para substituir uma outra ótima. Deprimente seria se viesse uma péssima. Claro, ainda não sabemos o que virá e podemos quebrar a cara. Mas as perspectivas são mt boas. bjs

Sérgio Santos disse...

Entendo, Elvira. Mas tema batido bem executado tb atrai e mt. A prova recente foi justamente Além do Tempo que os temas eram mais do que manjados e foi uma grande trama. Eu acho que o JP não tava com Zika, mas que bom que se recuperou. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Ah, eu amo novela de época, Bárbara. bj

Sérgio Santos disse...

Eu tô pagando pra ver, F Silva. E não vejo problema algum nesses recursos 'batidos'. Até pq teve um bando de gente que falava o tempo todo que queria o Walcyr de volta ao horário das seis justamente pq gostava das novelas clássicas dele. Os pedidos foram aceitos. bjs

Sérgio Santos disse...

Costumam sim, Marilene.

Sérgio Santos disse...

Pois eu digo que vc já está viciada. rs bjs

Sérgio Santos disse...

Amanda, boa menção a sua sobre a escalação e a valorização do Walcyr com os veteranos. É a mais pura verdade. E concordo que a novela parece nostalgia pura. Agora, o Januário de O Cravo e a Rosa era um idiota, né? Não é uma boa base pro Guizé copiar. rsrs Mas o personagem Candinho é assim. Se vc dar uma olhadas no Mazzaropi fazendo verá que é basicamente a mesma coisa. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Eu sou fã, Leandro. O Benedito é que me cansa pela repetição constante em toda novela. Ele nunca se arriscou a nada, sempre escreveu praticamente as mesmas coisas. Mas a próxima novela dele pode agradar.