quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Sétima praga proporciona as melhores cenas de "Os Dez Mandamentos"

A atual novela bíblica da Record segue fazendo sucesso, conseguindo ótimos números de audiência. A emissora, aliás, desistiu de esticar a produção até janeiro e irá mesmo encerrá-la em novembro; o que é a atitude mais acertada, pois estendê-la em três meses destruiria todo o conjunto até agora bem-sucedido, apesar das claras enrolações. E a chegada da sétima praga proporcionou ótimas cenas, uma boa virada e efeitos especiais caprichados.


Desafiando novamente os poderes de Deus, Ramsés (Sérgio Marone) não cedeu aos apelos de libertar os hebreus e ainda resolveu se vingar, promovendo o enforcamento de alguns deles, um para cada praga lançada até então. E entre as vítimas estava Joquebede (Denise Del Vechio), mãe de Moisés (Guilherme Winter). A autora Vivian de Oliveira esticou a situação até onde pôde e o esforço foi facilmente percebido em virtude da demora do desenrolar desta 'vingança' e da chegada da nova praga ---- a barriga da trama está cada dia mais evidente.

E, após mais esta atitude cruel do todo poderoso do Egito, Moisés invocou, ao lado de Arão (Petrônio Gontijo), a sétima praga, dando início a uma tempestade de raios, que anunciava a chuva de granizo e fogo. A chegada dessa nova desgraça também foi bem estendida pela autora, despertando um incômodo em relação ao ritmo do capítulo (exibido na última quinta-feira, dia 08).
Porém, a enrolação ficou em segundo plano quando as pedras de gelo começaram a cair em cima do povo egípcio, enquanto a morada dos hebreus permanecia intacta.

A exibição do desespero das pessoas com aquela assustadora tempestade serviu para provocar uma adrenalina, que foi elevada assim que as bolas de fogo surgiram dos céus, caindo com toda força, atingindo vários templos e construções da terra de Ramsés. Os efeitos especiais surpreenderam e não ficaram devendo a nenhum bom filme do gênero. Principalmente, a parte da destruidora 'chuva de fogo', que foi de encher os olhos.

Várias bolas em chamas caíram, provocando desmoronamentos e mortes em todos os cantos do Egito. O contraponto em relação ao ambiente dos hebreus ainda evidenciou os bons efeitos desta praga violenta, pois a diferença do 'clima' entre os locais ficou ainda mais explícita . As nuvens carregadas formavam uma espécie de buraco negro, de onde saíram os granizos e a chuva de fogo em direção ao povo egípcio, enquanto o sol iluminava a terra dos escravos de Ramsés.

O alto investimento da Record valeu muito a pena, uma vez que o bom resultado pôde ser apreciado em todas as cenas. Foi o melhor momento da novela até então, sem dúvida. As sequências de destruição ficaram impecáveis. E todo este conjunto ainda despertou mais atenção porque resultou na morte da grande vilã da trama: a Yunet, interpretada pela talentosa Adriana Garambone. A víbora foi libertada da prisão, mas acabou no meio da população que era dizimada pela sétima praga.

O resultado foi o fim de um ciclo de maldades, com a personagem sendo atingida em cheio por uma bola de fogo. A cena ficou muito bem realizada e vale elogiar a ótima sequência da aproximação da esfera em chamas, sendo refletida pelos olhos de Yunet, que corre desesperada, mas não consegue escapar da fúria de Deus. A única falha foi o fato dela não ter morrido queimada. Seria um desfecho muito mais grandioso. Mas, apesar desse erro, o encerramento da participação de um dos maiores destaques do folhetim ---- criado pela autora, pois a vilã não consta na trama bíblica ---- teve um bom impacto.

E depois de toda esta tempestade de granizo e fogo, Ramsés blefou e conseguiu enganar Moisés e Arão, prometendo novamente libertar os hebreus. A dissipação das nuvens negras foi outro bom efeito da novela e merece elogios, fechando o 'ciclo' desta praga com a mesma qualidade que iniciou. Já entre os destaques dos recentes capítulos, é preciso citar Denise Del Vechio (sempre ótima), Larissa Maciel e Camila Rodrigues, três atrizes que vêm convencendo desde que entraram na história.

A sétima praga resultou nas melhores cenas de "Os Dez Mandamentos" até agora e toda a produção da novela merece o reconhecimento pelos ótimos efeitos especiais que compuseram os capítulos, principalmente na hora das bolas de fogo. Dificilmente as três pragas restantes conseguirão chegar perto dessa no quesito capricho. Valeu a pena ter assistido.

44 comentários:

Renato disse...

A bola de fogo deve ter sido o tal trabalho de Hollywood pq ficou bem feito mesmo, mas a tempestade de granizo e a queda dos raios foi da Record porque ficou tosco demais.

Anônimo disse...

Essa novela é muito ruim. Só está fazendo sucesso por dois motivos: um é a melhor trama da Bíblia e dois todo mundo gosta de ver a chegada das pragas, tanto que os únicos atrativos são justamente quando cada praga chega. O resto joga fora.

Valentina disse...

Eu vi as cenas da bola de fogo e também gostei.Assim como você não gostei da tal vilão não ter morrido queimada.Ela pulando e morrendo ficou ridículo.Mas os efeitos no geral são muitos ruins. Essa do fogo foi uma exceção.

Anônimo disse...

Adoro essa novela, ontem no shopping uma loja do ponto frio estava com todas as TVs na novela e as pessoas paravam pra acompanhar. Merece o sucesso que esta fazendo. As da Globo estão intragáveis, nem parecem mais novela, tudo estranho, só acompanho as antigas do viva. Gostei do blog.

John disse...

Foi a 'melhor' praga até o momento, sem dúvidas! Os efeitos ficaram muito bons! Minha única reclamação vai pra enrolação. Quase CINCO capítulos pra Moisés chegar até o monte só pra praga começar no dia do jogo do Brasil? É fazer o telespectador de idiota! Esse tipo de cena já é feita em câmera lenta, dessa vez usaram a super câmera lenta. Curioso que os soldados chegaram lá em minutos! Mas já me acostumei com as enrolações e insuportáveis flashbacks desnecessários. Isso não tira o brilho da trama e tirando o jornal local, é o único programa que ainda dá gosto assistir e que aguardo ansiosamente pra começar!

Pamela Sensato disse...

Muito booooooooooooooom e realmente a novela esta superando expectativas..
que fique assim até o final! E ótima ideia não prolongar!

Beijossssssssss
==Blog Pâm Focada na Dieta==

Bell disse...

Eu não estou acompanhando, cheguei a ver algumas cenas mas não me marcou, e olha que adoro histórias bíblicas e de épocas.

bjokas =)

Anônimo disse...

Enquanto a regra do flop cai, cai, cai... repararam que nas bancas as revistas de fofoca só trazem os dez mandamentos em destaque? Desde Pantanal em 1990 isso não acontecia. A Globo deve estar com saudades de babilônia porque essa agora é sofrível de ruim. Como já comentaram aqui só quero ver se aqueles prêmios fakes das organizações globo como premio contigo vão ter a cara de pau de ignorar ODM em detrimento dessas novelinhas fracassadas da globo, só quero ver.

Yasmin disse...

A bola de fogo foi legal, mas o resto sofrível. A novela é tosca demais, vamos falar a verdade.

Joana Limaverde disse...

Ao anonimo fanático recordista, fique tranquilo porque quem vai ganhar os prêmios é Verdades Secretas, o maior sucesso de 2015! Beijinhos.

luiz claudio disse...

Os Dez Mandamentos é um sucesso incontestável. Enquanto A Regra do Jogo é horrorosa. Ontem mais um nocaute na globo, no RJ os dez mandamentos venceu a regra do jogo por três pontos enquanto estavam no ar ao mesmo tempo. A novela da Record apesar do tema bíblico tem mais cara de novela enquanto a globo transformou suas novelas em outra coisa qualquer com aqueles filtros toscos, pegada de minissérie, e elenco mal escalado. Esses 50 anos da globo são pra esquecer, parabéns pra Record! Não torço pra nenhuma emissora, só acho a concorrência saudável, ainda mais nesse momento em que a globo esta completamente perdida, não só com suas novelas mas com a linha de programas, jornalismo, enfim, um verdadeiro desastre.

Anônimo disse...

A novela é boa porem essa enrolação é muito chato e irrita dms ,e eu concordo a denise del vecchio,larissa maciel e camila rodrigues são os grandes destaques merecem elogios,adriana garambone tbm foi otima na pele da yunet,e foi de fato o melhor momento da novela,mais que ta tendo uma barriga muito incomodativa esta tendo msm

Gabriel disse...

Com certeza foi um grande momento na história da novela, a Record acertou em recorrer a uma produtora americana para fazer os efeitos da cena. Essa produtora é a mesma responsável pelos efeitos de séries como Spartacus e the walking dead e fez um ótimo trabalho. Outra cena q tbm deve ser feita em parceria com a mesma produtora é a da abertura do mar.
A cena da morte da vilã yunit foi um dos momentos mais impactantes. Era a personagem q eu mais gostava por todo seu desenvolvimento e pela bela atuação da atriz q se destacou. O interessante é q nem na bíblia ela está. Mas talvez está seja uma das maiores qualidades da trama. A história de Moisés não é tão grande e já foi contada diversas vezes no cinema, transforma-la numa novela de 150 capitulos (agora um pouco mais) foi um grande mérito da autora q soube aproveitar cada detalhe do livro e inventou um pouco. E Yunet é um grande exemplo disso.
A bíblia diz q a princesa foi tomar banho no rio até q ouviu um choro q vinha de dentro de uma cesta q pediu para sua acompanhante pegar. Mas quem seria essa mulher acompanhante da princesa? E ai q entra a imaginação da autora q fez uma grande vilã para a história. Vilã q fechou seu ciclo num ótimo capítulo apesar das enrrolações mt bem apontadas por vc.

Anônimo disse...

Não entendo os fanáticos pela Record.Por anos o tal IBOPE era manipulado e blablabla, mas agora usam a mesma fonte para se vangloriar.Afinal, é ou não? Ou só é quando não convém?

Lisa disse...

Concordo com o texto, essa chuva de fogo ficou muito boa e empolgou. Mas a novela já acabou, está há meses sem nada de novo na trama. Só restaram as pragas mesmo. Acho que deveria ter acabado em outubro porque conseguiria manter a qualidade. Luiz, me desculpe, mas como assim vc não é fã de nenhuma emissora? Vc é claramente hater da Globo e adorador da Record. Até porque falar da Globo com "elenco mal escalado" e ignorar o elenco PODRE de Os Dez Mandamentos é uma piada. Eu amo a novela, mas não sou cega. Só tem uns 5 talentosos e olhe lá. Justamente três deles foram citados pelo Sérgio. Sobram dois.

Anônimo disse...

Que linda a cena do Moisés com o cajado abrindo o mar vermelho. Calma, eu sei que ainda não foi ao ar mas vi na capa de uma revista, acho que já foi filmada ou seria uma montagem, só sei que vai parar o brasil esse capitulo. Desde Vamp(1991) não via uma novela "teatral" dar tanto o que falar, a globo deve estar se mordendo de ódio, kkk...

Diana disse...

Não assisto ODM, mas temos que reconhecer que esta novela está fazendo um grande sucesso. Pode não ter os recursos técnicos da Globo, mas tem uma boa trama para contar e personagens que cativaram o público. Vai entrar para a história das telenovelas, da mesma forma que Pantanal fez sucesso há 25 anos.

John disse...

ODM é a prova de que não precisa de um elenco milionário com nomes de peso e recursos astronômicos para produzir uma boa trama, que prenda o telespectador. Claro, usar como pano de fundo uma das histórias mais conhecidas da Bíblia ajuda, mas como o Gabriel comentou, transformar isso em 170 capítulos, criando uma estória pra personagens que foram pouco mencionados e criar tantos outros, é uma demonstração do talento da equipe! E esse talento se reflete na audiência. Pode não vencer a poderosa todos os dias em todas as praças, mas vai ser uma novela que vai entrar para história como uma grande pedra de tropeço da Globo, de certo modo, foi uma praga na vida da platinada!

Felipe disse...

Sempre que o Sérgio posta texto desses Mandamentos aí vem essa ladainha nos comentários de quem é melhor, Globo, Record e mimimimimimi... Parecem crianças de 9 anos.

Cc disse...

TROFEU IMPRENSA PRA ESSA NOVELA.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Não acompanho, mas li seu ótimo texto para me inteirar e em sua homenagem.

Abraço.

Sérgio Santos disse...

A tempestade de raios, em comparação com a bola de fogo, ficou aquém mesmo, Renato. Mas foi boa.

Sérgio Santos disse...

Respeito sua opinião, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Valentina, ela tinha que ter morrido queimada pq foi atingida pela bola de fogo. Ficou sem sentido.

Sérgio Santos disse...

Que bom que gostou, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Pois é, John, a enrolaçao está evidente em todos os capítulos. Passa mesmo a impressão de fazer o público de besta. Tanto que houve uma quebra de clímax várias vezes.

Sérgio Santos disse...

Bjs, Pamela!

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Bell. bjs

Sérgio Santos disse...

Desculpe, anonimo, mas Verdades Secretas, Além do Tempo e Sete Vidas foram primorosas e são sucessos. Não se baseie só por Babilonia que foi péssima mesmo. Agora, ARDJ é infinitamente melhor. Não tá com saudades não, pode ter certeza.

Sérgio Santos disse...

Tem algumas coisas que são mesmo, Yasmin, isso é.

Sérgio Santos disse...

Será merecido se for, Joana. bjs

Sérgio Santos disse...

Desculpe, Luiz, mas elenco mal escalado? Vc vê Os Dez Mandamentos? Acho que não pq caso visse não falaria isso das novelas da Globo. O elenco da trama bíblica é sofrível, com raras exceções. E a novela da Record fez por merecer o sucesso pelo capricho dos efeitos. Mas esse papo de Globo X Record dá sono... Já deu.

Sérgio Santos disse...

A barriga é clara mesmo, anonimo. E essas atrizes são ótimas.

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Gabriel. A autora foi mt perspicaz ao criar uma vilã que não existia e ainda explorá-la mt bem na trama. E a abertura do mar promete mesmo. Vamos ver. abçs

Sérgio Santos disse...

Isso é engraçado mesmo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Isso é, Lisa. Agora só restam mesmo as pragas e a abertura do mar. A trama em si já foi. Bjs

Sérgio Santos disse...

A da revista é montagem, anonimo. Mas a cena promete.

Sérgio Santos disse...

Está msm, Diana.

Sérgio Santos disse...

A equipe está de parabéns mesmo, John.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Felipe. rs

Sérgio Santos disse...

Obrigado pelo carinho, Vera.

Sérgio Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
the crow#### disse...

O povo não é bobo, abaixo a rede globo!!!!!

Sérgio Santos disse...

Que criativo, Crow, parabéns!