quinta-feira, 9 de outubro de 2014

"Malhação Sonhos" ousa e acerta ao abordar a prevenção do câncer de mama

A atual temporada de "Malhação" tem sido um grande acerto por vários pontos já abordados. Mas além dos ótimos pares românticos, da trama verossímil, dos bons conflitos, da atrativa história, do texto de qualidade e do elenco promissor, a história de Rosane Svartman e Paulo Halm tem sido muito feliz na abordagem de temas importantes para a sociedade.


No capítulo desta quinta-feira (09/10), foi explorada de forma marcante a prevenção do câncer de mama, através de uma cena sensível e de muito bom gosto. A doença foi inserida na trama com Lucrécia, mãe rígida de Jade (Anajú Dorigon) e professora da Ribalta. A personagem não declarou ter a enfermidade claramente, mas já ficou claro que descobriu que não está bem e a cena onde ela apalpa os seios diante do espelho e chora foi muito bonita, além de importante. Helena Fernandes emocionou.

Os autores foram muito felizes na inserção deste útil tema na temporada, ainda mais neste mês, onde há a campanha 'Outubro Rosa', responsável pela conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.
E o interessante da sequência é que não foi preciso uma só palavra para deixar a história da personagem clara, assim como a utilidade pública do autoexame das mamas. Não precisou de didatismo. Todo o conjunto de extremo bom gosto durou menos de um minuto, mas deixou seu recado.

A teledramaturgia não tem obrigação de ser informativa e muito menos educativa. É um mero e saudável entretenimento, sempre é bom enfatizar. Entretanto, quando uma produção se propõe a informar em prol de uma causa, é preciso fazer com competência. E "Malhação" conseguiu atingir este objetivo com louvor. Sendo que Lucrécia, ao que tudo indica, está com câncer e deverá se tratar, o que implicará em mais uma sucessão de cenas fortes e benéficas para a trama.

É preciso citar ainda a ousadia de Rosane Svartman e Paulo Halm, que vêm conseguindo driblar todas as limitações do horário, marcado pelas constantes intervenções do Ministério da Justiça ----- que, inclusive, tentou reclassificar "Meu Pedacinho de Chão" por exibir personagens consumindo bebidas alcoólicas. Tanto que era impensável, até hoje, ter em "Malhação" uma cena com uma mulher de seios à mostra, ainda que seja por algo de utilidade pública.

Vale destacar também um outro tema muito importante que vem sendo abordado na atual temporada: o preconceito. Através de Jeff (Cadu Libonati) e Lincoln (Edmilson Barros), a homofobia vem sendo tratada de uma forma concreta e apropriada para o público adolescente. Ironicamente, um cozinheiro não admite que seu filho dance com a turma da Ribalta por não considerar isso 'coisa de homem'. Jeff ainda se vê 'obrigado' a assumir a paternidade do filho de sua amiga (agora namorada | Mari - Maria Luiza) para ajudá-la e também com o intuito de não duvidarem mais de sua sexualidade. Outro tema bem explorado.

"Malhação Sonhos" merece elogios pelo conjunto da obra, enquanto que Rosane Svartman e Paulo Halm merecem o reconhecimento pelo bom trabalho que estão apresentando. Os autores conseguem mesclar ficção e temas de utilidade pública com muita competência. Que continuem assim porque o público merece.

47 comentários:

Anônimo disse...

Ridículo foi o Daniel Castro postar que isso "chocou" o público. PALHAÇADA!

Ana Carolina disse...

Sérgio, eu vi a cena e me surpreendi. Que bom ver essa Malhação quebrando barreiras. E esse tema é muito válida e importante. E vou dizer uma coisa que jamais imaginei que diria um dia: a Malhação é o melhor produto que a Globo tem no ar atualmente. As novelas estão péssimas e só essa Malhação salva.

Luma Rosa disse...

Oi, Sérgio!
Não assisto a novelinha, mas o tema tratado além de ser atual, abre os olhos dos adolescentes para uma doença que já não tem mais idade ou sexo. Homens também têm câncer de mama e as mulheres estão contraindo a doença cada vez mais cedo. Talvez por causa do excesso de produtos quimicos e hormônios que colocam nos produtos industrializados... Desde cedo é bom aprender a fazer o auto-exame. Para constar, o câncer de mama e também o de testículo aparecem no homem com um sintoma que pode inibí-lo a procurar logo um médico: o mamilo entumesse como se formasse uma auréola e fica muito sensível ao toque. Fica o alerta!
Beijus,

Luma Rosa disse...

Em tempo:
Aproveito para te convidar a participar da 9ª Edição do BookCrossing Blogueiro que acontecerá entre os dias 08 a 16 de Novembro.
Ficarei feliz com a sua participação.
+ Beijus,

Uma Interessante Vida disse...

É um bom tema a ser abordado... não sabia disso, pois não tenho tido tempo para assistir. bjs

Anônimo disse...

Hoje em dia o mundo está muito mais chato. Quando uma cena boa como essa causa "choque" prova como a hipocrisia tem reinado e o politicamente correto é um nojo. Parabéns pela sua crítica! Apoiadíssimo!

Yasmin disse...

Os autores estão de parabéns pela temporada maravilhosa que estão escrevendo e pela coragem de escrever essa cena. A Globo tb merece elogios por não ter censurado. A campanha agradece!

Quércia N. disse...

Sempre leio suas postagens e amo. Concordo com todo o texto e é mt louvável que a Malhação esteja tratando de um assunto tão sério e importante. Foram ousados mesmo e valeu a pena porque gerou repercussão. Pena que tem sempre aqueles chatos que implicam e reclamam mas faz parte, ainda mais na internet, que é terra de ninguém. A atriz emocionou e a cena foi sensível.

Anônimo disse...

Campanha importante sendo feita com competência. Ponto pra Globo.

Ulisses disse...

Nunca fui um fã de Malhação e nem mesmo nos áureos tempos. Mas essa temporada eu tenho visto. Nem sei porque comecei a ver mas acabei preso e vendo diariamente. Concordo com a bem escrita postagem e a campanha do Outubro Rosa foi inserida na história de uma forma muito criativa e ousada.

✿ chica disse...

Não assisto, mas esse tema deve sempre ser bem abordado,Pode ajudar ! abração,chica

Rosane Svartman disse...

Sergio, como sempre, foi muito bom ler seus comentários inteligentes. Você sacou exatamente o que a gente queria dizer. Você ajuda a esclarecer não só o objetivo da cena como também o subtexto, que é o da desexualização do corpo da mulher. Obrigada pelo diálogo.

Melina disse...

Sérgio, querido, você fala tanto dessa Malhação que me vi obrigada a dar uma olhada em algumas cenas, incluindo essa da foto. E não é que gostei? Acho que arrumei uma produção de qualidade para assistir em meio a tanta porcaria que a Globo tem produzido esse ano. A cena foi de muito bom gosto de fato e a campanha é muito importante para nós mulheres. Só uma coisa: que falta faz O Rebu, não? Um beijo.

Pamela Sensato disse...

Eu não vi a cena mas acredito que foi mesmo muito bonito e bem feita....esse assunto é tão importante....e tem muitas mulheres que infelizmente não se cuidam e acabam descobrindo tarde demais...
Ponto positivo para os autores da novela!

Beijos
* Blog da Pâm #SobreDietas

Anônimo disse...

Ótima postagem e merecido reconhecimento da autora da produção à sua competência, Sérgio. Parabéns!

Alexandra disse...

Helena Fernandes é ótima e belíssima, merecia ser valorizada pelos autores. Ainda bem que Rosane resolveu abordar esse assunto e deixou a temporada ainda melhor. Não ando vendo todos os capítulos, mas curto várias cenas. Acho que deveria ser exibida no lugar da tenebrosa ''Geração Brasil'' com certeza, uma das piores novelas da história.

juliana s disse...

Eu não vi a cena, mas imagino que tenha sido emocionante. A globo sempre aborda temas importantes que servem de alerta pra muita gente. E isso engrandece ainda mais a Malhação que nessa temporada está arrasando, parabéns Sérgio por mais um texto incrível. você sempre enxerga algo mais das cenas. beijos

Gustavo Nogueira disse...

Concordo Sérgio.A cena foi bem emocionante e foi muito louvável abordar esse tema, muito importante para as mulheres.Gosto da Helena Fernandes, os trabalhos dela que eu mais gostei foi como a vilã Silvana de Caça Talentos e a vilã Raquel de Canavial de Paixões do SBT.Ela tem feito um bom trabalho em Malhação como Lucrécia, faz boas cenas com Anaju Dorigon e Guilherme Piva e emocionou bastante nessa cena.E concordo com a comentarista Alexandra, Malhação Sonhos deveria ser exibida no lugar da péssima Geração Brasil.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Sérgio, não assisti à cena, que deve ter sido muito bonita. Lembro de uma cena parecida numa temporada anterior de Malhação, com a atriz Bia Seidl, que igualmente emocionou.

Anônimo disse...

Cena emocionante demais e importante para uma causa. Parabéns.

Sérgio Santos disse...

Foi ridículo mesmo, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Ana, tb acho que Malhação Sonhos é atualmente a melhor produção da Globo no ar. O nível de qualidade impressiona. E essa cena foi ótima. bjs

Sérgio Santos disse...

Luma, o tema é importante mesmo e sempre válido. Malhação soube aproveitar o Outubro Rosa com maestria. bjs e obrigado pelo convite.

Sérgio Santos disse...

Ok, Barbie, bjs.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo. E hj em dia o politicamente correto atingiu um nível intolerável.

Sérgio Santos disse...

Isso aí, Yasmin. De pleno acordo!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Quércia. Fico feliz que goste do blog. E a cena foi sensível msmo e muito importante. Pena que babacas sempre irão existir, né. bjs

Sérgio Santos disse...

Verdade, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Ulisses, essa Malhação está excelente mesmo e prende atenção do público com uma atrativa trama e bons personagens. A campanha foi mt válida. abçs.

Sérgio Santos disse...

Sempre ajuda, Chica. bjs

Sérgio Santos disse...

Eu que tenho que agradecer você, Rosane. É sempre ótimo te ver por aqui e agradeço o seu carinho de sempre. O subtexto da cena foi uma sacada de mestre e a cena nem precisou de texto. Bastou a sequência e o olhar da Helena. Tudo de muito bom gosto. Parabéns mais uma vez! Beijos!

Sérgio Santos disse...

Que bom, Melina. Então faça o favor de acompanhar essa temporada pq eu te garanto que vale a pena. É pra todas as idades e entretém. A campanha é mt válida e funcionou mt bem na história. Não soou didático e nem deslocado do enredo. Sim, O Rebu faz muita falta. A melhor novela de 2014. Vc viu que a Globo vai lançá-la no Now, da net? É a primeira novela da emissora que entra neste formato. Legal, né? Merece. bjs

Sérgio Santos disse...

Pois é, Pamela, infelizmente. bjs

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Alexandra, tenho certeza que Rosane, Paulo e Glória escreveriam uma ótima novela das sete e essa Malhação poderia ser exibida no lugar da péssima Geração Brasil facilmente.

Sérgio Santos disse...

Juliana, obrigado e fico feliz que goste dos meus textos. Essa Malhação tá boa demais mesmo e a campanha foi mt válida e importante. bjssss

Sérgio Santos disse...

Nossa, Gustavo, que saudades de Caça Talentos. Minha infância! Lembro bem dela na produção. E Helena está mt bem nessa Malhação, assim como 99% do elenco. Poderia mesmo passar às 19h e com mais tempo de duração. abçssss

Sérgio Santos disse...

Elvira, foi mt boa, tente ver no site da Malhação que vale a pena. Lembro dessa cena da Bia e foi incrível mesmo. Mas era outra época. Época onde o maldito politicamente correto ainda não censurava produções sem critério algum. Isso agora foi uma ousadia e tanto. bjssss

Sérgio Santos disse...

Fato, anônimo.

MARILENE disse...

Sergio, pelo que você tem dito, os acertos são muitos em Malhação. Não assisto, mas me atualizo com suas ótimas avaliações. Bjs.

Sérgio Santos disse...

São muitos mesmo, Marilene. Tem valido a pena acompanhar. bjsssss

Anônimo disse...

Essa temporada está maravilhosa!!!!!!!! Parabéns aos autores e a você pela crítica.

Anônimo disse...

Mais um adendo, a temporada é o melhor produto atual da Globo na minha opinião.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anônimo. E eu tb acho Malhação a melhor produção no ar da Globo. abçs.

Lene Rocha disse...

Boa noite, Sérgio.

Estou de pleno acordo com a sua crítica e as argumentações feitas pela mesma. Meus parabéns pela ótima avaliação. Achei a cena do auto-exame da Lucrecia, muito bem interpretada pela Helena Fernandes, de um bom gosto extremo. Não entendo o motivo da polêmica e a chiadeira por parte de alguns. A cena foi cuidadosa, bem dirigida, bem interpretada, e ainda teve o mérito, de ser inserida dentro da contextualização do “Outubro Rosa”. Ou seja, tudo se deu de forma impecável. Equipe, direção, autores e atriz estão de parabéns.

Principalmente, porque Malhação alcança um público muito inexperiente (pessoal na fase do experimentar e se descobrir), embora eu também assista e seja fã da programação e já tenha passado dos 40, assim essa garotada precisa desde já ser apresentada e conscientizada para essas determinadas e importantes questões. Dentre as quais, o preconceito, o bullying, a prevenção de diversas doenças como o câncer e as DSTS, e, sobretudo o uso da camisinha. Tudo até aqui, tem sido muito bem realizado.

Sérgio, falando especificamente da trama, Lucrécia, Jade, Edgard e o Cobra, fazem parte do meu núcleo preferido na novelinha teen. Quantas emoções eles me proporcionam. E agora esse enredo de mãe e filha doentes ao mesmo tempo, lembrando que a personagem da Jade sofre de tricotilomania, e no meio disso tudo, mais para frente ainda teremos um embate entre sogra (Lucrécia) x genro indesejado por ela (Cobra).Fato, o Núcleo vem ficando cada vez mais interessante. Sobre isso, aliás, eu discordo de “Lulu”. Acho sim que o Cobra e a Jade devem lutar pelo relacionamento deles, enfrentar não só a Lucrécia, como qualquer eventual obstáculo que venha a surgir. Cobrade além de ser um atraente e bonito casal, tem aquela que, em minha opinião, é a melhor e mais tórrida química de malhação Sonhos. Reiterando, parabéns pela crítica, super apoio!

Beijos.

Sérgio Santos disse...

Lene, mt obrigado. E estou de pleno acordo com todo o seu comentário. Assino embaixo de tudo. Tb acho ótimo o núcleo Lucrécia/Edgar/Jade. Bjsss e desculpe a demora em responder.

Felicianus disse...

Depravação! Um ataque à família e às mentes dos nossos jovens! Obra do diabo para atrair moços e moças para a prostituição!