terça-feira, 12 de junho de 2012

Cheias de Charme e Avenida Brasil: sucessos de público e crítica

A Rede Globo está rindo à toa com suas novelas. Está prestes a estrear o remake de "Gabriela" às 23h --- que  vem apresentando chamadas animadoras --- e a audiência de "Amor Eterno Amor" está satisfatória (embora longe de ter a repercussão de "A Vida da Gente"). A re-reprise de "Chocolate com Pimenta" no "Vale a Pena Ver de Novo" conseguiu manter os bons índices que "Mulheres de Areia" e "O Clone" obtiveram no horário. Mas a principal razão para tanta alegria é o imenso sucesso que "Cheias de Charme" e "Avenida Brasil" vêm fazendo.


"Cheias de Charme" é uma das melhores novelas do horário das sete e se mostrou um grande acerto dos estreantes Izabel de Oliveira e Filipe Miguez. Os autores foram muito felizes quando resolveram juntar música e teledramaturgia. A saga das empreguetes, que ficaram famosas graças ao clipe que teve mais de oito milhões de acessos, misturando ficção e realidade, é acompanhada com euforia pelo público. É difícil encontrar alguém que não saiba cantar a música do trio do início ao fim ("...levo vida de empreguete eu pego às sete..."). O bom ritmo dos capítulos ajuda a manter o interesse por esta criativa história e a atuação do elenco feminino é de encher os olhos. Penha (Taís Araújo), Rosário (Leandra Leal), Cida (Isabelle Drummond), Chayene (Claudia Abreu), Socorro (Titina Medeiros) e tantos outros talentos vêm divertindo e entretendo a todos com os dramas e conflitos de suas personagens. Pena que parte do elenco masculino deixe a desejar, mas nada que comprometa ou prejudique a obra.

Em breve uma nova música será lançada e tem tudo para fazer o mesmo sucesso que "Vida de Empreguete". Em contrapartida, a vilã
nada discreta Chayene já se prepara para atrapalhar as 'curica', como a divertida personagem costuma chamar as, agora, rivais. Ou seja, a trama cômica das sete ainda tem muita história pra contar.

Já "Avenida Brasil" continua prendendo e deixando o telespectador sem fôlego diante de tantos acontecimentos e cenas fortes. João Emanuel Carneiro vem apresentando constantes viradas em sua trama, e há a sensação de que a novela está próxima do seu término, mas, para a alegria de todos, o fim só chegará em outubro. A vingança da mocinha (?) e as encrencas em que a vilã vem se metendo continuam fixando o telespectador diante da televisão. Deixando a tensão de lado, há a Suelen (Isis Valverde) com seus trambiques e seus relacionamentos nada discretos, além das implicâncias que sofre de Roni (Daniel Rocha); e  as divertidas relações entre Adauto (Juliano Cazarré) e Muricy (Eliane Giardini) e Leleco (Marcos Caruso) e Tessália (Débora Nascimento). Agora ainda entrou uma nova personagem: Soninha Catatau (Paula Burlamaqui), uma evangélica, ex-atriz pornô, e ex-mulher de Diógenes (Otávio Augusto), mãe de Roni. Como se nota, o que não falta é movimentação na atual novela das nove.

Se no capítulo de quinta-feira vimos Jorginho (Cauã Reymond) ofendendo publicamente sua mãe após descobrir que é seu filho de sangue e também a derrocada de Cadinho (Alexandre Borges), nas demais sequências, o telespectador presenciou desdobramentos que iam deixando a história ainda mais interessante, recheada de cenas bem produzidas e interpretadas. Fica difícil destacar alguma, mas o desespero da Carminha (Adriana Esteves); a dissimulação de Nina (Débora Falabella); o baque de Tufão (Murilo Benício);  as brigas divertidas entre Alexia (Carolina Ferraz), Noêmia (Camila Morgado) e Verônica (Debora Bloch); o medo de Max (Marcello Novaes) e a desconfiança de Ivana (Letícia Isnard) foram cenas dignas de muitos elogios. É importante também ressaltar a grande atuação de Murilo e Adriana no momento em que Tufão confronta Carminha e a vilã chora copiosamente ao relembrar de seu passado, ainda bem duvidoso. Os atores mostraram o significado da palavra talento.

Embora tenham uma clara preferência pela tão falada classe C, "Cheias de Charme" e "Avenida Brasil"  provaram que novela boa agrada a todas às classes e a todos os públicos. E não é por acaso que as duas tramas são constantemente elogiadas pela crítica especializada. Embora não se tenha receita para o sucesso, com um texto bem escrito; direção inspirada e cuidadosa; cenários caprichados; um elenco bem escalado em sua maioria; bom ritmo e vários acontecimentos; além de  personagens cativantes, as chances de uma trama não dar certo são ínfimas. As atuais novelas das sete e das nove estão aí para confirmar isto. O telespectador, claro, agradece.

46 comentários:

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Boa crítica, Sérgio."Cheias de Charme" é muito agradável de se ver, assim como aconteceu com as antecessoras no horário,"Caras & Bocas" e "Ti ti ti". O quarteto central feminino é ótimo. No elenco masculino, Tato Gabus Mendes e Miguel Roncato têm boas oportunidades de mostrar talento.
"Avenida Brasil" é uma novela que prende a atenção e conta com um eficiente conjunto: texto, direção, produção e desempenhos. Também gostei das recentes cenas de Murilo Benício e Adriana Esteves, mas acho que Tufão está demorando para acordar para a vida.

Rita disse...

Nessa terça feira 12 de Junho é um
dia especial, para os eternos namorados
Desejo a vc um dia feliz com todo amor
que vc merece.
Fotos , imagens,textos poesias, deixa a vida
mai bela.. por isso vim deixar meu abraço
com todo meu carinho
Felicidade hoje e sempre
Bjusss
Rita!!!!!

Mais um bom post sobre novelas!

Dandara Blue disse...

Sérgio,
Concordo com tudo,as duas novelas superam todas as expectativas.Lamento que o mesmo não possamos dizer sobre Amor Eterno Amor,para mim,que sou fã de Gabriel Braga e Cássia Kiss,uma enorme decepção;mas,não sejamos tão exigentes.A maioria está vencendo e ainda vem Gabriela por aí.
Beijo grande,Dandara

Paty Michele disse...

Av Brasil e Cheias de Charme são as minha favoritas. Novelas diferentes do que a gente costuma ver. A Globo precisa mesmo de autores novos, senão cai na mesmice.
Chocolate com Pimenta eu vi qdo passou no horário normal, tbm muito boa.

Um abraço, Sérgio!

Milene Lima disse...

As duas novelas são mesmo muito bacanas, e eu ainda prefiro a leveza de Cheias de Charme. Concordo com o que falou sobre o elenco masculino e até agora estou sem entender porque não tem um par pra Thaís Araújo, porque o personagem do Marco Palmeira não tem solução não... Tem?
Já em Avenida Brasil, fico vendo a Débora Falabella, embora talentosíssima, e querendo outra atriz no seu lugar... Questão de gosto, apenas.
O Leleco já está passando de engraçado a chato, com aquela fixação em ser corno.
No geral, a novela é instigante e promete até o final... Que venham as novidades.

Beijo!

Barbie Californiana disse...

Concordo com você, Sérgio, até mesmo porquê são as duas novelas que eu estou conseguindo acompanhar. abraços e tudo de bom.

Ramis disse...

Quando vi as primeiras chamadas de "Cheias de Charme" logo a julguei como um misto da importada "Alcançar uma Estrela" com "Quatro por Quatro". Felizmente estava completamente errado.
Comédia na medida certa, sem apelos cansativos ou grotescos como torta na cara ou algum peladão desesperado procurando por roupa.
Simplesmente uma novela das sete com "cara de novela das sete" (desculpa a repetição), divertida e lançando mão do que há de mais atual em termos de comunicação com seu público.
Quanto a "Avenida Brasil", uma trama bem movimentada mostrando o quanto JEC amadurece a cada trabalho. Em "Da Cor do Pecado", tramas paralelas que só se cruzaram no finalzinho. Em "Cobras e Lagartos" o erro foi corrigido. Em "A Favorita", trama principal muito forte e pesada, os arredores insípidas e um tanto desnecessárias. Agora as tramas paralelas amortecem o peso da principal e diverte com personagens e/ou ambientes que prendem a atenção.
Trata-se, portanto, de dois exemplos que provam a força do produto que mais encanta e gera comentários na televisão brasileira, a novela.

Daniel disse...

Parabéns pelo texto. A todo dia, se tornou ritual, logo apos a estreias das duas tramas em questão, revistas,sites, blogues especializados, e principalmente o público elogiaram Cheias de Charme e Avenida Brasil.Mérito a todos os envolvidos nestas novelas que conseguiram reunir com primazia qualidade, audiência e a crítica.

Daniel disse...

Parabéns pelo texto. A todo dia, se tornou ritual, logo apos a estreias das duas tramas em questão, revistas,sites, blogues especializados, e principalmente o público elogiaram Cheias de Charme e Avenida Brasil.Mérito a todos os envolvidos nestas novelas que conseguiram reunir com primazia qualidade, audiência e a crítica.

Lidiane Franqui disse...

E eu agradeço mesmo!
Amo as duas novelas, principalmente cheias de charme, que me faz dar boas gargalhadas com a chayene!

Beijos Sérgio!
Adorei a crítica! ;)

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio, eu sempre prefiro a leveza que geralmente aparece nas novelas das 7, como é o caso de Cheias de Charme...embora não assista assim, assiduamente. Um abraço!

Mary Miranda disse...

Querido Sérgio,

Você, como sempre, tirando palavras de minha boca!!!! Perfeita cada palavra aqui escrita sobre os dois folhetins da Globo!
E não há segredo, concordo, para o sucesso... Mas um bom ingrediente é sempre o talento; com esse, o resto corre-se atrás! hehe
Espero com ansiedade as duas novelas, a das 9h, então, mal consigo esperar!!!! Dificilmente eu lembro da última cena de alguma novela que fica para o dia seguinte, mas de "Avenida Brasil", sou quase capaz de dar todas as falas!...
Não me estenderei mais!

Grande abraço da Mary, que virou fã das citadas ficções e de suas crônicas irretocáveis! :)

P.S.: Sugiro que você escreva, quando puder e/ou quiser, sobre o seriado "Louco por Elas". Pra mim, é o melhor da atualidade, "made in Brazil"!...

Evanir disse...

Anjo!!! O bom de sermos amigos é que não importa como somos , o que fazemos ou onde estamos;
O que importa mesmo é sabermos que somos amigos e que a nossa conexão é mantida pelo pulsar do nosso coração !!
Uma linda noite dos namorados muito amor no coração.
Obrigada pelo carinho pela presença constante
no meu blog minha linda amizade.
Beijos saudades receba meu carinho.
Evanir..Tem presente na postagem ..

Clau disse...

Boa noite Sérgio :)
Como sempre um texto impecável.
Concordo com você:
'novela boa agrada a todas às classes e a todos os públicos.'
Bjs!

Laraa Ribeiro disse...

Não gosto de cheia de charmes , talvez o enredo me agrade, mas o que me faz repudiar é fato de mostrar um lado horrivel do piauiense na novela é fato de mostrar coisas horriveis sobre a personalidade de um piauiense . Na novela das seis o lugar retratado é belissimo e só mostra o lado belo das coisas .. Já das sete a falta de esducação, igonorância, sem bom gosto, chata, orgulhosa .. Entre outros.
Mas temos pessoas assim aqui, temos sim, mas o velinho que mora no interior de Nazaria( Pi ) é mais educado e com bom senso do a Chayene ou a socorro . A Globo poderia mostra que o Piaui é o estado com melhor nota no MEC sobre educação. Mostrar que no Piaui tem o unico delta do Brasil, mostrar que aqui se tem a Opala preta, mostrar o maior sitio arqueologico do mundo mostrar diversas coisas inclusive o humor de mais de forma menos ofensiva. Sou piauense mais pelo vejo muita gente no piaui repudia essa novela, inclusive eu .

VERINHA disse...

Boa noite amigo Sergio vou confessar que estas novelas são mesmo de arrasar, aqui na ilha não se fala em outra coisa, uma que é super engraçada, é uma mistura de comedia e drama e até porque não um pouco da realidade do pais.
Paz e harmonia e um lindo amanhecer. Abraços.

Rafael Barbosa dos Santos disse...

Dois novelões, A globo acertou em cheio, realmente esse está sendo um ano muito bom para a teledramaturgia. Cheias de charme e Avenida Brasil são sucessos absolutos, fica difícil escolher qual é melhor, nem precisa, já que podemos acompanhar as duas.

http://brincdeescrever.blogspot.com

Sérgio Santos disse...

Oi, Elvira. Obrigado pelo comentário. Acrescento a essa sua lista "Morde & Assopra" que também fez muito sucesso após um primeiro mês de complicações e você sabe o quanto que eu gostei da trama. "Cheias de Charme" é muito boa e merece cada elogio recebido e o sucesso que vem fazendo. O mesmo digo de "Avenida Brasil", uma novela forte e muito bem escrita. Os respectivos sucessos são mais do que merecidos. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi, Rita. Obrigado pela mensagem e pelo elogio. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi, Dandara, é verdade. "Amor Eterno Amor" acaba destoando desse bom momento, embora não esteja fazendo feio no ibope. "Gabriela" tem tudo para fazer o mesmo sucesso que Avenida Brasil e Cheias de Charme. Vamos ver. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi, Paty. Concordo. Autores novos são sempre bem-vindos e ajudam a diversificar um pouco o nosso cenário dramatúrgico. Também adorei "Chocolate com Pimenta" na época em que foi exibida. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi, Milene. Fique calma que o Marcos Pasquim vai entrar em "Cheias de Charme" para fazer par com a Taís Araújo", pelo menos eu li isso. Tenho achado o Marcos Palmeira mais à vontade no papel, mas aquele personagem não tem jeito mesmo. O elenco masculino é inferior ao feminino mesmo. Já Avenida Brasil continua imperdível e continuo gostando do Leleco, mas tem gente que está se enchendo como você. rsrs Gosto muito da Débora, embora a Bianca Comparato se pareça mais fisicamente com a Mel Maia. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi, Barbie. Essas duas eu também não perco de jeito nenhum. Beijos e obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi, Ramis. Que bom te ver por aqui! Achei seu comentário ótimo. Antes de "Cheias de Charme" estrear estava claro que seria um imenso sucesso ou um imenso fracasso. Ficou a primeira opção e com muita justiça.

Considero Avenida Brasil melhor que A Favorita porque na novela anterior as tramas paralelas eram pouco atraentes (com exceção do drama vivido pela Catarina - Lilia Cabral) e o núcleo da Taís Araújo e Milton Gonçalves não deu certo. Além disso, houve um subaproveitamento de Giulia Gam e Ângela Vieira. Concordo com tudo o que você escreveu! Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi, Daniel, obrigado pelo comentário. Assim que estrearam, ambas provaram que seriam sim um grande sucesso de público e crítica. O tempo de exibição apenas foi comprovando isso. Avenida Brasil e Cheias de Charme são novelas muito interessantes e criativas.

Sérgio Santos disse...

Oi Lidiane. Obrigado pelo elogio. Quem não se diverte com a Chayene? Difícil não rir com ela. Beijos e obrigado pelo carinho.

Sérgio Santos disse...

Oi, Bia. Cada um tem um gosto mesmo. Cheias de Charme é um acerto. Obrigado pelo comentário. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi, Mary!!! Eu que agradeço seus comentários sempre tão gentis. Pelo visto vocês está tão hipnotizada por Avenida Brasil quanto eu. Também me lembro das falas dias depois! E sim, não há receita para o sucesso, caso contrário não haveria nunca trama que fracassasse na audiência, no entanto se esses requisitos citados no texto forem utilizados, as chances de algo dar errado serão bem menores.

PS: Escrevi dois textos sobre Louco Por Elas. Digita o título na barra de pesquisa do blog que você acha. Também gostei muito dessa série. Beijos! ;)

Sérgio Santos disse...

Evanir, obrigado pela mensagem. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi, Lara. Obrigado por comentar e expor sua opinião. Socorro e Chayene apesar de picaretas, são queridas pelo público e não acho que estejam denegrindo a imagem do Piauí. Além disso, também há o irmão da Socorro (Naldo - Fabio Lago) que é um bom sujeito. Há também a mãe desses dois personagens (Dona Epifânia - Ilva Niño) que é uma senhora íntegra e honesta. Apesar de discordar totalmente da sua concepção, respeito. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi, Verinha. Pois é, as novelas estão na boca de todo mundo. Sucesso é isso. E um entretenimento de qualidade sempre é bom para esquecer a realidade em que vivemos, né?! Beijos.

Sérgio Santos disse...

É verdade, Rafael. Felizmente podemos acompanhar as duas e nos entreter com ambas. O ano de 2012 está sendo bem bacana 'dramaturgicamente' falando. Abração.

Vera Lúcia disse...

Olá Sérgio,

Como sempre, excelente seu texto e abordagens.
Não assisto a novela das sete, mas já ouvi ótimos comentários sobre ela.
Vejo Avenida Brasil e pelo desenrolar dos acontecimentos julguei que a novela já estava caminhando para o seu final. Se ela fica no ar até outubro é porque ainda vem muita surpresa por aí.

Abraço.

Thallys Bruno Almeida disse...

Perfeita crítica, Sérgio. Cheias de Charme se mostrou um tremendo sucesso e recuperou a popularidade perdida desde Caras & Bocas e TiTiTi (sei que adorou Morde & Assopra, mas não vi esse sucesso todo em matéria de "estar na boca do povo", apesar dos bons índices). Os dois autores estrearam com o pé direito e a trama mostrou perfeita mobilização entre TV e internet. Aliás, lançaram hoje a música nova!

Avenida Brasil foi um presente e hipnotiza os telespectadores de tal forma que é mais do que só assistir: dá vontade de literalmente mergulhar naquele universo, se juntar com a Nina na vingança, esganar a Carminha, se divertir nas festas do Divino Clube, etc. Tudo é tão bem amarrado, várias cartas na manga aparecem a todo tempo, não há demora em se resolver cada trama, é tudo perfeito demais! A trama principal é maravilhosa e as paralelas não deixam por menos, especialmente Suelen (Ísis Valverde), Leleco (Marcos Caruso) e agora Soninha/Dolores (Paula Burlamaqui).

As duas são o maior reflexo do grande momento que a Globo vive em sua dramaturgia. E na semana que vem, Gabriela tem tudo pra se juntar às duas e formar um triângulo perfeito!

Kellen Bittencourt disse...

Muito show amigo, eu estou rendida pelas duas novelas, p não dizer que sou atoa demais e na verdade estou rendida pelas 4 kkkk Abraços

Fabio Dias disse...

Uma única palavra define essas duas novelas:
GENIAL!

Van disse...

ahh vim te contar uma novidade, assisti a um capítulo inteiro de Avenida Brasil, anteontem. Boa interpretação da Adriana Esteves. capítulo pesado muito bem encenado.

Beijos Sergio

Sérgio Santos disse...

Oi, Vera, pois é, ainda bem que a trama vai até outubro. Ou seja, muitos acontecimentos virão! A trama das sete é muito boa também. Beijos e obrigado pelo comentário!

Sérgio Santos disse...

Oi, Thallys. Obrigado pelo comentário. Realmente Morde & Assopra não foi tão falada quanto "Cheias de Charme", mas na minha concepção teve a mesma repercussão que o remake de "Ti ti ti", principalmente a trama da Dulce e do Guilherme. No Twitter Cássia era sempre elogiada e a emoção preponderava.

Adorei a música nova das empreguetes. É tão boa quando a outra e já havia tocado um trechinho no primeiro capítulo. "Cheias de Charme" e "Avenida Brasil" fazem sucesso, obtêm retorno da crítica e marcarão sem dúvida. Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi, Kellen! Noveleiros são assim mesmo. E quando temos bons produtos como esses fica difícil não prestigiar. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Fabio, concordo plenamente com você! Abraço! :)

Sérgio Santos disse...

Oi, Van! Adorei a notícia! Adriana dá show, né? Carminha é uma vilã que será inesquecível. Avenida Brasil é fascinante. Beijos!

Laraa Ribeiro disse...

Sérgio, olá , escreva sobre Gabriela além de ser poetica mostra um lado verdico do Piauí . Quando escreve manda o link pro meu dhitt que comentarei com muito prazer . Bjos bom dia

Sérgio Santos disse...

Oi, Laraa, já escrevi um post! Vou te enviar o link! Bjsss

Anônimo disse...

ainda tem gente que perde lendo críticas como essa... quem escreveu isso deveria se envergonhar por está argumentando sobre algo que não conhece direito... a novela cheias de charme pode ser muito interessante de se ver, porém ninguém percebe a crítica idiota que ela faz ao estado do Piauí... piauienses não falam errado! eles não são do jeito como a novela vem mostrando. triste é ver que ainda tem gente que elogia! Piauí pode não ser desenvolvido, mas tem muito mais gente acolhedora do que os demais estados! lamento por esse seu senso critico!

Gabriel Saboya disse...

Más Eu Discordo Avenida Brasil È Uma Novela Muito Boa Eu Percebo As Criticas Mas Não Tém Nada A Ver De Fazer Uma Critica Por Mim Avenida Brasil È Uma Novela Que Já Estronda Muita Aldiencia
E Falá Sobre O Brasil Por Isso Merece Reprisar E Substituir Cheias De Charme No Vale A Pena Ver De Novo