terça-feira, 4 de junho de 2019

Construção do relacionamento dos mocinhos é o principal acerto de "Malhação - Toda Forma de Amar"

A nova temporada de "Malhação" estreou em 16 de abril, ou seja, está há pouco menos de dois meses no ar. Embora ainda esteja no início, a trama vem despertando atenção em virtude dos bons conflitos apresentados por Emanuel Jacobina até então. São vários personagens carismáticos e bem construídos, convidativos dramas e lindos pares que começam a ser formados. A melhor construção, por sinal, vem sendo a do casal de mocinhos.


Filipe (Pedro Novaes) e Rita (Alanis Guillen) se conhecem por causa de Nina, a filha da mocinha que é adotada pelos pais do mocinho. O pai da garota colocou o neto para a adoção e Rita nem conseguiu pegar na filha depois que pariu. Ela nem sabia que a criança estava viva e só descobriu a verdade no dia da missa de sétimo dia do pai, mais de um ano depois do nascimento do bebê. Tudo isso foi contado no primeiro capítulo e desde então o público vem acompanhando os desdobamentos desse clichê tão comum na teledramaturgia.

O autor não teve pressa na junção do casal. Eles mal se olharam nas vezes que se viram diante da tensão de todo o contexto: Rita sempre agia com destempero diante da filha e recebia como troco o enfrentamento de Lígia (Paloma Duarte), Joaquim (Joaquim Lopes) e Lara (Rosanne Mulholhand). O único que aparentava uma certa empatia por aquela mãe desesperada era Filipe.
No entanto, nunca conseguiu estabelecer qualquer diálogo sobre o polêmico assunto, principalmente depois da audiência em que Rita acabou proibida pela juíza de se aproximar da criança.

A demora em formar de fato o casal foi o maior acerto de Jacobina, principalmente em um momento onde as novelas vêm juntando os protagonistas logo na estreia através de paixões súbitas e muitas vezes nada convincentes. Não havia qualquer possibilidade de um clima entre os personagens nos primeiros encontros e a convivência inusitada serviu como ponto de partida para um sentimento mútuo. O mocinho, já encantado com a beleza de Rita, viu seu coração amolecer diante da insistência da mocinha em ficar com a filha no colo nem que por alguns minutos. Aos poucos, uma cumplicidade acabou formada.

Mesmo um pouco constrangidos com a situação naturalmente desconfortável, os personagens conseguiram estabelecer uma bonita conexão e os atores convencem em cena. Pedro Novaes e Alanis Guillen estão com a grande responsabilidade do protagonismo da temporada e não fazem feio. Os dois formam um lindo casal e a química é evidente em todos os momentos que contracenam. Tanto que o aguardado primeiro beijo resultou em uma linda sequência, logo após Filipe ter se declarado para Rita. E a demora apenas aumentou a expectativa do telespectador ---- afinal, só foi ao ar mais de um mês depois da estreia da trama. A música escolhida para ser tema do par também é outro acerto: "N", cantada por Nando Reis e Anavitória.

A construção desse romance, que ainda nem é um romance de fato, vem sendo muito bem realizada e todo o contexto que cerca o par é promissor. Afinal, um namoro provoca ótimos desdobramentos no caso da menina que foi proibida pela justiça de se aproximar da filha. A crise de Filipe com os pais será inevitável e ainda tem a presença da ex-namorada de caráter duvidoso, Martinha (Beatriz Damini), além da tia do rapaz, a fria advogada Lara (Rosanne Mulholhand). Um leque de possibilidades atrativas para o enredo central da temporada. E o relacionamento nem começou, já que ambos se afastaram em virtude do natural medo do futuro.

"Malhação - Toda Forma de Amar" vem despertando atenção e Emanuel Jacobina tem feito por merecer muitos elogios, principalmente com o desenvolvimento do amor dos mocinhos. Pedro Novaes e Alanis Guillen convencem em cena e o casal "Rilipe" já caiu no gosto do público.


24 comentários:

Ronaldo Lima disse...

A história é o famoso clichê que nós já conhecemos, porém, um clichê muito bem construído até o momento, Pedro e Alanis realmente não estejam deixando a desejar, eles têm Química (algo que não víamos na temporada anterior) e têm ótimas cenas, juntos e separados.
Em questão da "vilã" (acho que será kkk), a Martinha é um pouco morta na trama ainda, ela mal aparece, e quando aparece são cenas curtas e rápidas demais.
Acho que o autor fez com que os protagonistas aparecessem mais, para termos um costume maior com eles, para que de certa forma comprassemos a ideia do casal principal, fora que Martinha quando aparecia ao lado de Felipe, era de uma forma digamos que "morna".
A tia louca do Felipe, acho que ela não é uma personagem do mal, eu acho que as atitudes dela são ruins Quando ela pensa em proteger a família, fora isso, acredito que ela seja um tanto quanto normal.

Karina disse...

Sempre com textos maravilhosos, Sérgio. To adorando essa temporada e o que mais gosto é justamente dos mocinhos. To presa na trama e torcendo por eles.

Anônimo disse...

Os atores tem química mesmo e esse clichê é irresistível.Tá bem melhor que a chatice da novela das seis.

Anônimo disse...

O casal principal formado por Rita (Alanis Guillen) e Filipe (Pedro Novaes) é realmente o maior trunfo de "Malhação - Toda Forma De Amar", e a atual temporada é a melhor novela da emissora no ar junto a "A Dona Do Pedaço". Se o público e a crítica comprarem o enredo de "Bom Sucesso", quão luxuoso será este trio! Voltando ao assunto do texto, Rilipe esmurra Gab...-Raf... sem dó com toda uma construção gradual.

Guilherme

Adriana Helena disse...

Que texto bem construído Sérgio, parabéns!!
Mesmo para que não acompanha Malhação como eu, fica encantada com o desenrolar dos fatos e do conteúdo apresentado!
Excelente semana amigo!!
Beijos!!! :)))))

Malu disse...

Medo cada vez maior do Jacobina cagar tudo depois... Mas ainda assim, essa temporada já matou e enterrou Seu Lugar no Mundo e Pro Dia Nascer Feliz, acho que é realmente aquela tradição de uma temporada ruim (ou péssima como era o caso de vidas brasileiras) seguida de uma boa

Eslane Costa disse...

Parabéns por expressar tão bem tudo o que o público sente em relação a essa temporada. Sem sombras de dúvidas, o casal protagonista da trama conquista a cada capítulo, e sim, é instigante não ser repentino, como assim me fez enxergar o Sérgio. Que essa trama continue a florescer, pois atrativos tem e muito. E arrisco a dizer que esse casal é o melhor casal da casa Globo, química transborda e nos faz torcer bastante.

Chaconerrilla disse...

Só "assisto" malhação pelos seus tweets, mas fico na vontade de acompanhar o desenrolar desta temporada pelo que você posta. Parece muito boa. Quem sabe consigo acompanha-la daqui para frente. Agora que as coisas estão mais tranquilas na universidade?!

Anônimo disse...

Eu não quero que essa sina (uma temporada boa e uma ruim) continue, não. Eu tô com muitas expectativas em torno da fase seguinte escrita pela Priscila Steinman. Seria decepcionante demais a história dela ser ruim. Ela é pupila de Rosane Svartman.

Anônimo disse...

Sérgio foi Junilo que abriu a porteira para que os casais os protagonistas voltassem a ser os melhores haha

CÉU disse...

O casal Rilipe vai dar que falar por aí. A trama me parece bem interessante. Você nos põe a par do enredo, de forma mto criteriosa.
Pode ser que, um dia desses, a novela venha para Portugal. Quem sabe?

Beijos e boa semana.

Anônimo disse...

O casal vem sendo construído com maestria pelo autor e com certeza promete bons conflitos mais pra frente. Os atores estão bem em cena, apesar de serem fraquinhos nas atuações, acredito que dão conta do recado.
A vilã da Rosanne Muholland, que está ótima, deve ser a principal pedra no sapato do casal e a única com uma atuação convincente pra isso, até porque a atriz que faz a Martinha, me desculpe, mas é péssima.
Incrível, mas Malhação é a melhor trama no ar, uma vez que Órfãos da Terra está chata e sem sentido, apesar do excelente texto das autoras; Verão 90 é o pastelão sem pé nem cabeça; A Dona do Pedaço é de um amontoado de clichês mal escrito com um texto que dá vergonha alheia, ter audiência não significa nada e Fina Estampa, Pega Pega, O outro Lado do Paraíso são a prova disso.

Essa temporada está muito boa e os casais estão com química pra dar e vender. Que continue assim.

Sérgio Santos disse...

Ótima observação, Ronaldo.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, Karina.

Sérgio Santos disse...

Concordo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Exato, Guilherme.

Sérgio Santos disse...

Fico honrado, Adriana.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Malu, escrevi sobre essa sina...

Sérgio Santos disse...

Eu que agradeço, Eslane.

Sérgio Santos disse...

Torcendo, Chaconerrilla.

Sérgio Santos disse...

Verdade, anonimo...

Sérgio Santos disse...

Saudade de Junilo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Tomara, Céu!

Sérgio Santos disse...

Tomara, anonimo