quinta-feira, 27 de julho de 2017

Aniversário de Dedé primou pela sensibilidade em "A Força do Querer"

Nesta quarta-feira (26/07), "A Força do Querer" apresentou uma cena inesperada e que emocionou o telespectador, expondo a sensibilidade de Glória Perez e a dedicação dos atores envolvidos. O aniversário de Dedé (João Bravo) tinha tudo para ser um acontecimento irrelevante na história, servindo apenas para preencher o tempo do capítulo ---- recurso utilizado por todo escritor de obra longa. Mas a situação rendeu além do que se imaginava.


O filho de Bibi (Juliana Paes) estava todo empolgado com sua festa e fez questão de convidar todos os amiguinhos do bairro. O instante mais meigo foi quando o garoto deu o convite para Heleninha (Totia Meirelles), pedindo para ela entregar para o Goku ---- cosplay (fantasia característica de personagens da cultura pop japonesa) preferido de Yuri (Drico Alves). Os demais conflitos do capítulo foram ocorrendo naturalmente, enquanto o menino esperava seus convidados. Mas ninguém veio.

Bibi e Aurora (Elizângela) tentaram confortar a criança até quando deu, mas a agora bandida resolveu contar a verdade depois que procurou os amigos do filho para chamá-los novamente: ninguém foi porque todos têm medo do pai dele. Dedé ficou ainda mais triste, ganhando um abraço apertado da mãe. Juliana Paes e Elizângela emocionaram, juntamente com João Bravo, uma grata revelação mirim.
Parecia que aquele momento se encerraria com a comoção dos três envolvidos, resultando em um parabéns melancólico, fruto da prisão de Rubinho (Emílio Dantas) por tráfico de drogas. E já valeria pela delicadeza do conjunto.

Entretanto, a maior surpresa ainda estava por vir com a chegada de Yuri vestido de Goku, deixando Dedé esfuziante. Bibi e Aurora também se surpreenderam, chorando logo em seguida. Mas, agora de alegria. Os quatro, então, cantaram parabéns com o clima que toda festa de aniversário deve ter. A cena, ao todo, levando em conta ainda a hora em que o garoto falou com Rubinho pelo telefone, teve menos de sete minutos. E valeu cada segundo dessa construção do sentimento de todos os presentes, incluindo quem assistia.

Elizângela e Juliana Paes estão irretocáveis na novela e elogiá-las virou um lugar comum. As duas parecem mãe e filha mesmo, fazendo uma parceria maravilhosa de se ver. Ganharam grandes personagens, honrando a confiança da Glória. Mas João Bravo e Drico Alves foram boas surpresas. Embora haja uma nítida diferença de idade, são duas crianças que se destacam em um elenco cheio de talentos. E os jovens atores convenceram nessa linda cena, nem precisando de muito texto. No caso de João, o seu olhar já bastou. Deu pra ver a tristeza e depois a alegria. Para um profissional mais experiente, é algo fácil de se fazer. Só que para um menino, sem experiência alguma, é bem difícil parecer natural.

Outro ponto que merece uma menção é o fator surpresa. Nada mais comum do que todos os sites, jornais e revistas possíveis divulgarem os futuros acontecimentos dos folhetins. Há, inclusive, um forte mercado dedicado exclusivamente a isso. Tanto que a missão de impedir os 'spoilers' é praticamente impossível. Aliás, as próprias emissoras já se renderam enviando resumos dos capítulos para vários veículos. Em reta final de novela é mais normal a tentativa de provocar algum suspense em cima de um final x ou y, mas, ainda assim, quase sempre fracassa. Nesse caso, como era uma cena teoricamente sem importância, não houve divulgação. Ou seja, acabou surpreendendo mesmo. E como a sensação de se deparar com algo inesperado é boa! Deixou o momento mais tocante.

"A Força do Querer" segue imperdível e a sequência do aniversário do Dedé já entrou para a lista de cenas mais sensíveis da novela de Glória Perez. Juliana Paes, Elizângela, Drico Alves e João Bravo merecem todos os elogios. Foi lindo.

27 comentários:

Érika Luiz disse...

Foi muito linda a cena,me emocionei

Érika Luiz disse...

Foi muito linda a cena,me emocionei

Johnny disse...

Texto preciso. De fato, a cena foi emocionante e já entrou para uma das melhores cenas do ano e da novela, um show de todos os presentes. Emocionou o público de tal forma que as redes sociais se manifestaram de um jeito pelo qual jamais imaginaríamos que fosse acontecer. Esse é o poder da novela, algo muito gratificante! Cena perfeita, texto apropriado da Gloria e todos em plena sintonia. Ótimo texto Sérgio, abraços!

Anônimo disse...

Eu to chorando até agora.

Luli Ap. disse...

Olá Sérgio
Tá certo que eu sou uma manteiga derretida, mas chorei!
Essa cena comoveu, impossível não se deixar levar pela interpretação dos atores envolvidos.
Como vc disse, elogiar Elizângela e Ju Paes é lugar comum, elas estão tão sintonizadas que se completam em cena.
Agora esses dois meninos geeeeeeeente! Dá vontade de colocar num potinho!
Eu chorei com o Dedé, mas eu chorei mais ainda com o Goku!
Quando ele abre a porta e entra até arrepia e com o aniversariante pulando no colo dele, é muita emoção <3
Destaque também para a Heleninha, quando ela leva o convite no quarto do filho dá até um troço, deve ser difícil conviver com a denúncia que ela fez, mesmo sabendo que era o certo a ser feito.
Aaaaaaaiiiiinnnn adorei o post!
Bjs Luli
Café com Leitura na Rede

dinapoetisadapaz disse...

Bom dia Sérgio,
A ausência dos amiguinhos do Dedé foi chocante sim, e só vem mostrar a realidade atual, o Dedé uma criança que não tem culpa do que acontece com seu pai, a indiferença dos corações frios impediu que os amiguinhos fossem lá felicitar o aniversariante, mãe e vó foram por demais brilhante, e por fim Iury aparece reverte a tristeza em alegria. Foi emocionante. A glória Peres esbanja muita sensibilidade em seu ser.

Abraço de amiga, chuva de Paz!

✿ chica disse...

Nooooooooossa, foi emocionante e estava louca aqui que alguém aparecesse! Maravilha que ao final deu certo! abração,chica

Bell disse...

Lindo mesmo!!

bjokas =)

Oathkeeper disse...

Esta cena mostra o quanto o ser humano é preconceituoso...não precisamos ser favoráveis a conduta da vida alheia , apenas precisamos respeitar!! Este obra de ficção apenas espelha a ignorância alheia, porque na vida real acontece muito disso!Seria ótimo refletir na mensagem e não apenas se debulhar em lágrimas, paremos pra pensar que a vida é cheia de surpresas e em uma dessas você pode sentir na pele o que essa cena representa!!

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Sérgio...vc 'realmente' analisou bem, como sempre: era uma cena sem importância, sem divulgação da mídia, abrindo leque para o 'fator surpresa', aliado com a grande interpretação de João Bravo e Drico Alves e todos os envolvidos , que conseguiram convencer nessa cena que, por ventura, foi muito emocionante...
Feliz semana, Belos dias,abraços!

JAN disse...

Oi Sérgio, lendo seu comentário percebi que, ao convidar "o Kogu", o personagem Dedé demonstra aceitação do adolescente...
Por outro lado, ao aparecer, vestido de Kogu, Yuri agiu com respeito e bom senso, demonstrando o bom caráter do personagem, escondido atrás das 'esquisitices' próprias da adolescência.
Nas entrelinhas, ficou a aceitação de todos por todos e as linhas do texto rendaram momentos de grande emoção.

ABÇ
JAN

Adriana Helena disse...

Sérgio, meu amigo, como eu chorei nessa cena..rsrs
Que delicadeza da autora e dos atores!! Foi fantástica!!
Agora relendo o seu texto grandioso, desato a lembrar e chorar de novo...rsrs
Foi um dos melhores momentos da novela!!
O ator João Bravo, o pequeno Dedé, começou na novela tão novinho e verdinho e agora já tem olhares e gestos de um ator veterano!! Ele foi maravilhoso em cena!!
Parabéns para todos!!

Tenha um lindo restante de semana amigo!!! :))
Beijos!!

Leitora disse...

Oi Sérgio! Eu me emocionei vendo essa cena. Foi linda e todos os atores foram excelentes, mas ao mesmo tempo que me compadeci do Dedé eu senti raiva. Raiva do Rubinho, da Bibi e de muitos outros pais da vida real que colocam os filhos em situações semelhantes. Todos nós sabemos que os filhos especialmente as crianças não tem culpa das atitudes e escolhas erradas dos pais, mas muitas vezes direta ou indiretamente acabamos os condenando e o exemplo disso foi a Heleninha na cena em que o Dedé entregou o convite pra ela ficou visível para nós o seu desconforto e sabíamos que ela não iria entregar o convite pro "Gogu" devido à aversão que ela tem dos pais do garoto. Como vimos ela mudou de ideia logo após ver a Bibi com os coleguinhas do Dedé foi como se ela notasse naquele instante que não era justo a criança pagar pelos erros dos pais.
Uma curiosidade: Juro que já estava crente que a Bibi ia falar que a culpa era da Jeiza, mas agora eu percebi que se ela tivesse dito isso o objetivo da cena seria desperdiçado porque o foco era causar comoção, pena, sensibilizar o telespectador e se ela tivesse culpado a Jeiza de algo pela "zilionésima" vez imediatamente nos geraria revolta, raiva, ira e aí então se perderia todo o encanto da cena.

Ricardo disse...

Que cena linda. Extremamente emocionante!!! Drico Alves, João Bravo, Elisângela e Juliana Paes arrebentaram!!!

Sérgio Santos disse...

Linda demais, Érika.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Johnny.

Sérgio Santos disse...

Foi bonito msm, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Luli,destaque tb pra Totia Meirelles na cena da Heleninha entregando o convite. Tudo perfeito.

Sérgio Santos disse...

Exato, Dina!!! bjssssss

Sérgio Santos disse...

Deu certo, Chica. bjssss

Sérgio Santos disse...

Lindo, Bell. bjs

Sérgio Santos disse...

Tambem, oath.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Felis....Como não teve spoiler, tudo ficou ainda mais tocante. abçs

Sérgio Santos disse...

Bjão,Jan!

Sérgio Santos disse...

Quem não chorou, Adriana?Foi lindo demais. bjs

Sérgio Santos disse...

Perfeito, Leitora. E é verdade, o menino paga pela cretinice dos pais e se Bibi falasse da Jeiza geraria raiva mesmo. Ficou tudo mt sensível e delicado. bjs

Sérgio Santos disse...

Arrebentaram, Ricardo.