terça-feira, 24 de janeiro de 2017

De volta ao drama, Camila Morgado se destaca em "A Lei do Amor"

Entre os problemas de "A Lei do Amor", o elenco escalado com certeza não é um deles. Apesar das críticas em torno do excesso de personagens, os atores escolhidos, em sua grande maioria, são muito talentosos. E uma das estrelas da trama de Maria Adelaide e Vincent Villari, que protagonizou a sua melhor cena, até então, quando Vitória flagrou sua própria mãe e seu marido transando, é Camila Morgado.


A atriz sempre foi um dos destaques do núcleo central e esse papel marca o seu retorno ao drama, após alguns papéis voltados para a comicidade nas novelas. Camila estreou na televisão vivendo a romântica Manuela, na primorosa minissérie "A Casa das Sete Mulheres" (2003), também escrita por Maria Adelaide juntamente com Walther Negrão. Ali tinha ficado claro que seu talento dramático era incontestável e o mesmo pôde ser admirado no filme "Olga" (2004), onde viveu a personagem título, protagonizando cenas pesadas e extremamente difíceis.

Ela ainda brilhou nas minisséries "Um Só Coração" (2004) e "JK" (2006), além de ter se destacado vivendo a vilã May, em "América" (2005). Também fez uma ótima participação na microssérie "Amor em 4 Atos" (2011) e emocionou em "O Canto da Sereia" (2013). Todos perfis voltados para o drama. A sua ida para a comicidade se deu na fraca "Viver a Vida", de Manoel Carlos, em 2009, quando viveu a jornalista Malu. A partir de então só interpretou tipos mais leves nos folhetins.
No fenômeno "Avenida Brasil" (2012), por exemplo, esteve no núcleo cômico protagonizado pelo mulherengo Cadinho (Alexandre Borges), onde viveu uma das três atrapalhadas mulheres do empresário. E no irretocável remake de "O Rebu" (2014) esteve ótima na pele da atirada Maria Angélica.

Profissional competente que é, a atriz se saiu bem na comédia, provando a sua versatilidade. Todos os trabalhos citados são a exemplificação disso. Entretanto, todos os seus perfis cômicos não tiveram o mesmo destaque que os dramáticos. Tanto que a intérprete não conseguiu se sobressair tanto nas produções, embora tenha esbanjado talento. Ela nasceu para o drama. É quando ganha a chance de explorar toda a sua verve. Agora, de volta ao gênero que tanto domina, Camila vem protagonizando grandes cenas dramáticas em "A Lei do Amor", fazendo da filha de Fausto Leitão (Tarcísio Meira) um dos trunfos do atual folhetim das nove.

Problemática no início da segunda fase e sempre manipulada pela mãe Magnólia (Vera Holtz), a personagem casou com o canalha Ciro (Thiago Lacerda) sem amor e só para satisfazer a vontade dos pais, que não toleravam o seu amor pelo humilde Augusto (Ricardo Tozzi). Vitória sofreu muitos surtos ao longo da história e vivia tomando remédios controlados, inclusive durante a sua gravidez. Porém, ela foi ganhando confiança e retomou o relacionamento interrompido anos atrás, enfrentando a família e cansando de vez das agressões constantes do marido. A atriz foi transmitindo toda essa mudança de forma crível, se destacando em cada cena.

E o melhor momento de Camila na novela foi o flagra que Vitória deu na mãe com Ciro, graças ao plano armado pelo vilão, que deu o endereço do apartamento para revelar o seu caso com a sogra. A sequência, guardadas as devidas proporções, lembrou o tenso instante que Carolina (Drica Moraes) flagrou a filha Angel (Camila Queiroz) transando com o seu marido Alex (Rodrigo Lombardi). A tomada de câmeras, por exemplo, foi bem semelhante. A atriz fez jus ao esperado flagrante e expôs com precisão todo o horror, nojo e perplexidade da personagem, constatando que a amante do seu marido há mais de 20 anos é justamente a sua mãe. O olhar de espanto e seu posterior estado de choque impressionaram. Um show de atuação.

Camila Morgado é uma das mais talentosas atrizes brasileiras e é um privilégio vê-la de volta ao drama em "A Lei do Amor". Vitória não poderia ter sido interpretada por outra pessoa e parece escrita sob medida. Uma personagem riquíssima, repletas de camadas, que honra o talento dramático da intérprete.

28 comentários:

Flávia disse...

Ela tá maravilhosa mesmo.

Johnny disse...

Grande atriz, personagem maravilhosa.

Vanessa disse...

Fazia tempo mesmo que estavam dando pra ela perfis cômicos sem importância. A novela tem defeitos mas acertou quando a escalou para viver Vitória.

Anônimo disse...

Ela em Olga foi sublime!

Anônimo disse...

Vitória, apesar de bobinha, tem mais cara de mocinha que Helô.
Ela tem mais dramas e conflitos que os próprios mocinhos e Camila Morgado vem mostrando, mais uma vez, como é ótima.

O que eu me pergunto... A novela em nenhum momento decisivo envolvendo os mocinhos teve uma audiência boa, mas com tipos secundários como Vitoria ou Flávia teve. Porque será?

Smareis disse...

Ela é uma grande atriz. Maravilhosa!
Boa semana Sérgio!
Beijos!

✿ chica disse...

Ela cresceu muito no papel...Tá ótima! abraços praianos,chica

Pamela Sensato disse...

É uma excelente atriz!!!

Beijinhos ❤
*Blog Resenhas da Pam*

Cézar disse...

Ótimo e merecido texto. Ela está bem demais mesmo e acabou tomando o posto de mocinha da novela.

Paulo Faria disse...

Uma grande actriz que só precisava de uma oportunidade em cena para mostrar, o quanto vale o seu talento. Nunca esquecerei a sua melhor personagem, no filme Olga, uma interpretação incrível, sentimental e credível :)

Bitaites de um Madeirense | Facebook | Instagram

Adriana Helena disse...

Querido Sérgio, se existe uma atriz que interpreta com os olhos é ela, a Camila Morgado!

Estou estupefata com a grandiosidade de sua interpretação, nossa, sério mesmo!
Vale a penas assistir a novela só para ver as cenas dela, que são lindas e intensas!!
Sem dúvida nenhuma, é uma atriz que nasceu para o drama, mesmo fazendo comédia muito bem!!
Excelente artigo amigo, parabéns por fazer um post dedicado à Camila, ela merecia muito!!

Tenha uma semana maravilhosa!!
Beijos!!!

Gustavo Nogueira disse...

Camila Morgado está ótima como Vitória e conseguindo se destacar, mas sua personagem merecia um par romântico melhor, o personagem do Ricardo Tozzi é muito apagado, além da atuação fraca do ator.Prefiro a Camila Morgado no drama do que na comédia.Gostei da sua atuação como a vilã Maya em América, apesar do erro de desenvolvimento da personagem(que era uma vilã muito fraca) e como a Mara em O Canto da Sereia.Na comédia, ela alterna altos e baixos.Não gostei de sua personagem em Viver a Vida e a atriz imprimiu um tom muito exagerado.Mas não foi culpa só dela, aquele núcleo todo era muito chato e a novela um sonífero.Já em Avenida Brasil ela esteve melhor como Verônica, mas longe de incrível, a esposa do Cadinho que eu mais gostei mesmo foi a Verônica.No drama a atriz domina muito bem e é muito melhor do que na comédia, onde suas personagens não tem grande amor do público e apagam ficando mais apagadas.Que venham mais personagens dramáticas para Camila Morgado.

Gustavo Nogueira disse...

Corrigindo: Já em Avenida Brasil ela esteve melhor como Noêmia

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Adoro esta atriz e mesmo com o enredo duvidoso, fraco e confuso da novela ela dá o seu recado! É maravilhosa mesmo! Qta a novela, muito fraca na minha opinião, mas assisto assim mesmo kkkk Abraçoss

Sérgio Santos disse...

Tá, Flávia.

Sérgio Santos disse...

Verdade, Johny.

Sérgio Santos disse...

Esse foi um acerto mesmo, Vanessa.

Sérgio Santos disse...

Foi fantástica em Olga, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Anonimo, não vejo problema algum nos mocinhos. Os atores têm química e a mantiveram o entrosamento da primeira fase. O problema mesmo é a falta de conflitos. Eles perderam importância.

Sérgio Santos disse...

Boa semana, Smareis.

Sérgio Santos disse...

Ótima mesmo, Chica. bj

Sérgio Santos disse...

É sim, Pamela.

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Cezar.

Sérgio Santos disse...

Bom te ver aqui novamente, Paulo. Ela em Olga esteve sublime mesmo. Abração!

Sérgio Santos disse...

Excelente o seu comentário, Adriana. E obrigado pelo carinho de sempre bjão

Sérgio Santos disse...

Gustavo, onde eu assino??? Concordo com cada palavra.

Sérgio Santos disse...

Ela é ótima, Kellen.

Vera Lúcia disse...


Olá Sérgio,

Endosso suas considerações acerca do trabalho de Camila Morgado.
Ela é uma excelente atriz e gosto muito de vê-la em cena.

Abraço.