sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

"Malhação" chega ao capítulo 5000 com a ótima temporada escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm

Uma produção atingir a marca de 5000 capítulos é um feito e tanto. "Malhação" atingiu este respeitável número nesta quinta-feira (22/01), com mais um ótimo capítulo da temporada "Sonhos". Em abril, a novelinha adolescente fará 20 anos no ar e é gratificante ver uma trama tão longeva completar duas décadas com uma história tão bem construída quanto a atual.


Rosane Svartman e Paulo Halm estão conseguindo cativar o telespectador com uma trama que não perde o ritmo e se mantém atrativa a cada novo capítulo. Vale lembrar que a autora também conseguiu um ótimo resultado em 2012, com a "Malhação Intensa", temporada que recebeu merecidos elogios e apresentou vários personagens cativantes, como Bruno (Rodrigo Simas), Fatinha (Juliana Paiva), Lia (Alice Wegmann), Ju (Agatha Moreira), Gil (Daniel Blanco), Orelha (David Lucas), entre tantos outros.

Agora, com a "Malhação Sonhos", os autores mesclam bem os dramas adolescentes e os romances com conflitos mais densos, como o câncer de Lucrécia (Helena Fernandes), o assassinato de Alan (Diego Amaral) e a prisão de Bete (Edvana Carvalho). Há um rodízio de núcleos muito benéfico para o enredo, o que possibilita bons momentos para todo o elenco se destacar.
Os acertos são muitos e o 'acaso' acabou sendo muito justo com a atual temporada, ao inseri-la na história deste seriado, que está há tanto tempo no ar, com o capítulo de número 5000.

Além da trama bem desenvolvida, a fase tem apresentado vários atores que têm muito futuro pela frente. Bruna Hamu está ótima vivendo a mocinha Bianca; Anaju Dorigon tem se entregado com sua complexa Jade; Isabella Santoni se destaca interpretando a agressiva e ingênua Karina; Rafael Vitti diverte na pele do atrapalhado Pedro; Arthur Aguiar foi uma excelente escolha para viver o protagonista Duca; Felipe Simas evoluiu muito dando vida ao sombrio Cobra; Guilherme Hamacek tem um acertado tempo de comédia através do irônico João, e Jeniffer Nascimento convence com sua animada Sol e ainda empresta sua linda voz para a cantora.

Além destes promissores nomes, é preciso também elogiar Malu Campos (Mari), Yasmin Gomlevsky (Joaquina), Maria Joana (Nat), Bianca Vedovato (Tomtom), Antônio Carlos (Wallace), Cadu Libonati (Jeff), Ana Rios (Bárbara), Bruno Fraga (Zé), Jean Amorim (Marcão) e Paulo Dalagnoli (Lírio); além dos veteranos Iná de Carvalho (Dona Dalva), Odilon Wagner (Heideguer), Edvana Carvalho, Eriberto Leão (Gael), Helena Fernandes, Guilherme Piva (Edgar), Emanuelle Araújo (Dandara), Leo Jaime (Nando), Patrícia Franca (Delma), Daniele Suzuki (Roberta), Josie Antello (Rute), Edmilson Barros (Lincoln), Marcelo Faria (Lobão), Ademir de Souza (Simplício) e Felipe Camargo (Marcelo).

O capítulo 5000 focou na ida dos personagens principais à praia, com direito a várias cenas cômicas, e nos desdobramentos envolvendo a prisão de Bete, proporcionando momentos mais tensos. Ou seja, expôs mais uma vez a boa capacidade da história em fazer um interessante contraponto entre comédia e drama, envolvendo o telespectador em todos os núcleos, sem deixar o conteúdo leve demais ou muito pesado. Edvana Carvalho, Jeniffer Nascimento e Antônio Carlos se destacaram em meio ao drama da mãe da Sol, enquanto que Eriberto Leão, Rafael Vitti, Isabella Santoni, Bruna Hamu, Arthur Aguiar e Guilherme Hamacek divertiram nas sequências que lembraram muito o episódio clássico do seriado Chaves, onde todos vão para Acapulco.

"Malhação" tem uma respeitável longevidade e "Malhação Sonhos" (que devido ao êxito foi estendida até agosto) tem honrado a longa duração deste formato, trazendo para o telespectador conteúdo de qualidade e que expõe bem o universo adolescente. Vale citar ainda os números musicais (vários atores se destacam também no canto) que transmitem sensibilidade em meio aos conflitos dos personagens. Após várias temporadas ótimas e outras péssimas, pode-se dizer que a atual já entrou para a lista das melhores e mais queridas da novelinha.

52 comentários:

Anônimo disse...

Que sorte atingir essa marca com uma temporada boa. Imaginou se fosse aquela do ano passado?

Larissa Castro disse...

Essa temporada está uma delícia. Todos os casais são bons e a trama mistura mesmo bem a comédia com o drama. Fora os números musicais que são lindos. E não sabia que Malhação já ia completar 20 anos. O tempo passa. E 5000 capítulos é muita coisa!

Francisco disse...

Realmente é ótimo ver completar 5000 capítulos com essa temporada tão boa e elogiada. Se fosse com uma trama ruim não teria motivo pra comemorar, pelo contrário, teria motivos para torcer pro seu término logo. Mas esses autores escreveram uma temporada bem boa e também tenho gostado. E é raro acertar em todos os casais de uma novela como aconteceu com essa.

Anônimo disse...

5000 capítulos e as melhores temporadas foram a de 95, a de 99, a de 2002, a de 2004, a de 2012 e agora a de 2015. AMANDO!!!!!!!!

Yasmin disse...

Acho que Rosane acertou muito com essa temporada, embora prefira a Intensa. Mas concordo com o texto e é cada vez mais raro deixar todo o elenco se destacar. Só acho que ela errou com o afastamento da Mari pq esvaziou a história dela, deixando a atriz sumida. Mas tirando isso, adoro tudo e todos os casais. Duanca, Cobrade, Perina, Solace...

F Silva disse...

Algo a comentar...

O grande destaque dessa temporada são os autores Rosane Svartman e Paulo Halm. Eles foram os responsáveis por resgatar a essência da novela teen com a excelente temporada "Malhação - intensa como a vida", essência essa perdida com a equivoca temporada de "Malhação Conectados".
Agora, com "Mahação - Sonhos", eles resgataram novamente a essência perdida pela abobalhada "Malhação - Casa Cheia".

Quando falo em essência me refiro a ideia concebida pela já saudosa Andréa Maltarolli e Emanuel Jacobina que era de criar um seriado teen no estilo "soap operas" americanas, com o intuito de discutir os assuntos envolvendo os dramas da juventude como virgindade, descoberta da sexualidade, aborto, preconceito social, gravides na adolescência, bulimia, os namoricos, os problemas familiares entre outros vários temas e tudo isso numa estrutura narrativa lúdica e com muito humor.

Essa essência foi bastante marcante nas temporadas de 1995 "Malhação - Está no Ar" na de 2010 "Malhação - cidade partida", na de 2012 "Intensa como a vida" e na de atual temporada.

Aliás, Sérgio, eu sugiro que você prepare um post comemorativo para os 20 anos de Malhação. Relembrando as histórias, os atores, os momentos mais marcantes, e as temporadas mais bem sucedidas desse longevo seriado.

Um grande abraço...

Anônimo disse...

Quando li 5000 capítulos fiquei abismada. Acho que é a produção de ficção mais longa da história da tv porque não é possível que tenha alguma com mais. E essa temporada está bem gostosa. Que bom que completou essa data tão importante com a Malhação Sonhos. Se comemorasse com a Intensa seria ótimo também.

Anônimo disse...

Boa noite, Sergio.

Concordo com você. Malhação está mesmo ótima e divertida de acompanhar e assistir, acho que há muito tempo, não vínhamos uma temporada tão boa. Com tantos jovens atores talentosos. Em especial AnaJú Dorigon! Essa moça é um talento, não estou comparando, mas desde Marjorie Estiano, eu não vejo uma jovem atriz roubar tanto a cena, se destacar com um desempenho tão bom no folhetim teen como AnaJú vem fazendo. Ela é muito segura em cena, atua com competência em todas as nuances da sua Jade, desde o drama, o lado frágil da personagem, até o mais irônico e sarcástico. Em minha opinião, é de longe a melhor e mais talentosa atriz jovem do elenco. Adoro as cenas dela com a Helena, essa complexa relação de mãe e filha, em especial, as que contracena ao lado do Felipe Simas, que vivem o lindo e intenso casal Cobrade, que química maravilhosa têm os dois sem cena.

Beijos.

Tainá disse...

Temporada ótima e também acho que o acaso dos 5000 serem completados nela foi merecido. É uma história agradável e que te prende. Ainda evita qualquer tipo de repetição ou estagnação. Não sei como conseguem, mas acho ótimo.

Anônimo disse...

Amo os casais, especialmente Duanca e Cobrade, e acho a história muito boa. Você comentou várias vezes que está melhor do que todas as novelas e está certíssimo. E vale para todas as idades. Não tinha ideia que já tinha chegado no capítulo 5000. A outra temporada que amei foi da Vagabanda.

Karina disse...

É sem duvidas uma das melhores temporadas ao lado da intensa, da vagabanda e aquela que tinha Júlia. Só não incluo a temporada de 2003 entre as melhores porque tinha o Sérgio Marone no papel principal e eu acho ele fraquíssimo.

Guilherme Azevedo disse...

Não estou acompanhando tanto Malhação, mas é claramente uma das melhores temporadas dos últimos anos e a melhor da década empatada com a de 2012, elenco muito bem escalado, um dos melhores já escalados para Malhação. Parabéns para os autores que estão indo muito bem, aliás to curioso para ver a estreia da Rosane no horário das 7 no final do ano, aliás Sérgio estou com medo do futuro do horário das sete, porque tem essa novela do Alcides Nogueira que preocupa e muito, aí vem a Rosane que torço para o sucesso, e ano que vem deve vir as autoras da péssima temporada de malhação além dos autores de Além do horizonte. Estou muito preocupado mesmo com o futuro do charmoso horário das sete.

Arthur Silva disse...

Concordo com a crítica e também acho essa temporada ótima. Não vejo defeitos para apontar. E também concordo com o comentarista que sugere que vc faça um post sobre os 20 anos da Malhação. Será muito bom.

Anônimo disse...

Muita gente torce pra acabar mas eu não porque é um bom berço de talentos que a Globo aproveita nas novelas da casa. E essa temporada está excelente e tem vários perfis que terão futuro nas novelas.

Ulisses disse...

Essa temporada está muito bem feita e 5000 capítulo é muita coisa! Estou ansioso pela novela da Rosane que promete. Ela poderia escalar Juliana Paiva pra ser uma vilã.

Matheus Nogueira disse...

Sérgio,o SBT divulgou o elenco completo de ´´Cúmplices de um Resgate´´vamos aos nomes:
Manuela/ Isabella – Larissa Manoela

Rebeca – Juliana Baroni

Giuseppe – Vicentini Gomez

Fiorina – Bárbara Bruno

Pedro – Elam Lima

Téo – Fhelipe Gomes

Nico – Giovanni Venturini

Dona Nina – Mira Haar

Regina – Maria Pinna

Orlando – Alexandre Barros

Mariana – Tânia Bondezan

Damião – Nilton Bicudo

Vicente – Pedro Garcia Netto

Alícia – Camila Dos Anjos

André – Renato Cavalcanti

Lola – Beatriz Lanutti

Joaquim – João Guilherme

Julia – Julia Simoura

Felipe – Kevin Anderson

Flora – Nina Moreno

Meire – Valéria Sândalo

Priscila – Giovanna Chaves

Aurora – Cleo Ventura

Luiz – Murilo Meola

Clara – Ohana Homem

Mateus – Lipe Volpato

Dóris – Maria Eduarda Wendling

Lurdinha – Renata Calmon

Tomas – Diego Montez

Frederico – Thiago Amaral

Geraldo – Nando Prado

Arthur – Gustavo Rodrigues

Omar – Lucas Moura

Ermírio – Luiz Carlos Félix

Dinho – Rodrigo Dorado

Navarro – Luciano Viana

Vargas Houdini – Carlos De Niggro

Laura – Camila Demaman

Pastor Augusto – Augusto Garcia

Raul – Ronaldo Oliva

Fausto – Mauricio Ribeiro

Nadine – Graciely Junqueira
e ´´Chiquititas´´completou a marca de 400 capítulos na última sexta.qual a análise q vc faz desse elenco,Sérgio,tendo em vista q alguns nomes já passaram por Globo e Eecord

JrGiam disse...

Oi, vejo muitos elogios seus á atual temporada de Malhação no Twitter. A atual safra de novelas globais é boa, mas concordo com você que, dentre as produções atuais, Malhação é a que mais tenta não se prender a clichês e soluções fáceis, além de conseguir abordar com competência muitos temas úteis. Tenho gostado bastante dessa temporada!

Manuela Azevedo disse...

Olá Sérgio,

Você como sempre ótimo na escrita e nas palavras. Todavia, acho que essa atual temporada de malhação, no início, merecia sim muitos elogios, mas, atualmente, anda devendo MUITO. Muito mesmo. Estou bem decepcionada com os rumos que a Rosane e o Paulo vêm dando à trama. Uma temporada que prometia ser tão promissora, com enredos, casais, e tramas melhores que a Intensa, da mesma autora, estagnada e fazendo às vezes de Fanservise de casalzinho teen. É inegável, e opinião QUASE que generalizada, que a atual temporada está com uma trama muito centralizada, focada apenas um único núcleo e casal. O que convenhamos, torna qualquer que seja a obra, massante de assistir! Não tiro os méritos de Perina, acho o casal adorável, são fofos, divertidos, e leves juntos, os adoro, contudo, não são os únicos que merecem destaque e atenção por parte dos autores. E o que estamos vendo - é uma preferência descarada desses ao casalzinho, em detrimento sim, dos demais! Ao contrário da Intensa, que soube dosar a “mídia” e atenções em cima de um casal, Brutinha, o par sensação daquela época, proporcionando que todos os demais também brilhassem, e tivessem as suas devidas tramas e histórias valorizadas, sinto, e vejo que o mesmo não vem acontecendo em Sonhos. E olha que ao compararmos as tramas, as propostas das duas temporadas, veremos que a de Sonhos é bem superior a da Intensa. Temos nessa temporada assuntos mais dramáticos, doenças sérias, como a Tricotilomania, o Câncer, assuntos polêmicos, tais como a violência doméstica, a gravidez na adolescência, o preconceito, enfim, temas e enredos capazes de movimentar uma trama por meses a fim, mas que até aqui só estamos vendo os autores tratarem de formas superficiais, jogam na novela, porém não se preocupam em dar profundidade, evoluir, esclarecer e alertar. Frustrante.

(...)

Gustavo Nogueira disse...

Concordo Sérgio, essa temporada é uma das melhores de Malhação, com vários casais lindos e que funcionaram, histórias interessantes e elenco bem escalado.O meu casal preferido dessa temporada é o Pedro e a Karina, eles são ótimos e logo depois vem o Cobra e a Jade.O casal Duca e Bianca têm química e os atores estão bem, mas não me chamam muita atenção.A única coisa que não estou gostando dessa temporada é do pouco destaque que a Nat vem tendo, a personagem é interessante, mas mal está aparecendo, a história dela estagnou.A entrada da Vicki não acrescentou em nada(há não ser que ela conte a Karina sobre a armação de Bianca e do Pedro), e além disso a atriz é péssima e não tem expressão alguma.Mas tirando esses pontos gosto de tudo dessa temporada, ótima crítica Sérgio.

Manuela Azevedo disse...

Continuando...

Acredito que é conhecimento de todos que os casais que mais têm torcidas e fãs na temporada são – Perina, Cobrade e Duanca (Os coloquei seguindo a ordem que eles ficaram na enquete que o Gshow fez sobre a preferência do público.), fora os outros casais não citados, mas que também têm seu brilho. Porém, para Rosane e Paulo, parece que só existem Pedro e Karina, na novela. Eles só enxergam os dois. O que no meu entendimento, Sérgio, é uma falta de respeito o que eles vêm fazendo com o público dos demais casais. Enquanto uma cena boba, e sem função na trama (!!!!!), de Perina sonhando na novela tem duração de 4 minutos ou mais, outros casais com tramas mais densas e intensas, aparecem por segundos e logo são cortados. Como eu te falei inicialmente não estou contestando Perina, tampouco ignoro o sucesso MERECIDO deles, eu adoro o casal, os acho bem bonitinhos, só espero e torço que os demais casais também sejam valorizados. Duanca coitados voltaram um dia desses e já vão terminar novamente, porque parece que a autora na hora de separar casais, só enxerga os dois. Cobrade, o segundo casal em torcida, é também o mais desvalorizado e sacaneado pelos roteiristas e autores. Rosane praticamente sumiu com eles da novela, a história e trama do casal pararam, os autores estagnaram-os. Acho a história de Cobra e Jade a melhor dos casais, pois além deles terem uma ótima trama juntos, os dois possuem excelentes enredos e complexos individuais, como - a dualidade do Cobra, rapaz com um passado misterioso, obscuro, que fugia de compromisso e demonstrações explícitas de sentimentos, mas se viu mais sensível, solidário, carinhoso, humanizado e protetor ao se apaixonar pela Jade. E a bailarina, em ótima interpretação da talentosa Anaju Dorigon, uma personagem dúbia, ora sarcástica e venenosa, mas no fundo, uma garota sensível, frágil, insegura, problemática. Detesto o que os autores vêm fazendo com Jade, reduzindo e rotulando uma personagem tão boa e complexa, em apenas um ser “invejoso”, quando sabemos que a Jade é mais do que isso. Seus dramas, tramas, e o romance com o Cobra são maiores do que esse rótulo pejorativo! Por fim, a sacanagem maior, é que dois dos casais que fazem parte daquela que o público chama de “trindade”, os três preferidos do público (Perina, Cobrade e Duanca), tiveram suas respectivas cenas da primeira vez indo ao ar. Duanca com uma cena de 1 minuto e alguns quebrados; Perina com uma cena de 14 minutos pra mais; Entretanto o ÚNICO que não teve foi Cobrade, porque segundo a Rosane, “eles são experientes”. Sim, a Jade uma garota com 17, complexa, cheia de problemas pessoais, é “dada” na descrição da autora. Ela que antes do Cobra mal saia de casa direito, já não era mais virgem. É no mínimo estranho que o casal mais ousado, sensual, e quente da temporada, Cobrade, seja justamente aquele que não tenha nenhuma cena de sexo mais explícita, guardada as devidas proporções em razão da censura, indo ao ar. No entanto a Rosane “ama a todos como uma mãe”, como a mãe das irmãs postiças da Cinderela. A Madrasta!

Beijos Sérgio.

E mil perdões pela imensa bíblia, mas ando tão frustrada com essa novela que precisava desabafar! Desculpa, desculpa mesmo. Beijão, eu adoro as suas opiniões e seu texto. Concordo com a grande maioria! ;)

Gustavo Nogueira disse...

Ah Sérgio também acho que você deve fazer um post sobre os 20 anos de Malhação.

Anônimo disse...

Essa temporada tá uma delícia. A cena de hoje do Leo Jaime cantando Pais e filhos foi linda!

Anônimo disse...

manuela voce tirou as palavras da minha boca rs, concordo com tudo que voce disse

juliana s disse...

Sérgio, concordo plenamente com você. Essa temporada já ficou marcada como uma das melhores desses 20 anos. Todos os elogios do mundo são poucos para Malhação Sonhos, onde todos os personagens se destacam. Os Autores estão de parabéns, por nos presentearem com histórias maravilhosas, e personagens incríveis. Bjsss

Thallys Bruno Almeida disse...

Eu quero aqui deixar claro que: ao contrário do que você disse no outro artigo, eu jamais desqualifiquei na minha vida quem quer que fosse por gostar de Malhação, o seriado em si. O que eu disse foi que discordo de muitos elogios seus a esta temporada porque os acho exagerados. E mantenho o que disse. É uma uma temporada bem-feita, com bons personagens, bons autores e bom elenco, mas não a acho tão maravilhosa assim como você acha. A 2012-13, da mesma Svartman, me agradava mais. As atuais novelas também não são essa maravilha toda, mas eu gosto da das seis e pouco me importa o ibope ou o que pensam.

Baseado nas cenas e capítulos que eu vi, dessa temporada, Pedro e Karina são os personagens que mais me atraem. E considero seus intérpretes (Rafael Vitti e Isabella Santoni) os mais promissores. Arthur Aguiar e Bruna Hamu estão bem, mas considero Duca e Bianca chatíssimos, insuportáveis, difíceis de aturar. Ana Julia Dorigon é outra que tá ótima, mas acho seu parceiro de cena (Felipe Simas) bem fraco.

Enfim, é isso. Chegar aos 5000 caps trazendo histórias diferentes e revelando novos nomes (alguns talentosos de cara, outros começando fracos e crescendo com o tempo) não é fácil.

Anônimo disse...

Nossa já são mais de 5.000 capítulos? Quem poderia imaginar que a novelinha iria tão longe, mesmo Malhação não tendo mais o charme e prestígio de outrora, ainda a considero uma ótima fábrica de bons atores. Boa oportunidade para se garimpar talentos, a novelinha é uma escola de atuação, para esses jovens que desejam brilhar e trilhar à carreira nas Artes Cênicas e teledramaturgia. E essa temporada vem se caracterizando pela diversidade de temas e casais. Como enredos gosto mais das histórias e da ótima química de Cobra e Jade, mais Pedro e Karina. Que mesmo com perfis diferentes e antagônicos, Cobrade um casal mais audacioso, ousado e problemático, e Perina mais leve, ingênuo e divertido, são esses os dois casais os que mais me agradam e me atraem como telespectador. Sei que o blogueiro não concorda comigo, mas acho Duanca um casal sem atrativo, com uma história monótona, tediosos. Quanto aos atores Anaju Dorigon está ótima como Jade, Isabella Santoni muito segura vivendo Karina, Bruna Hamú é correta em sua atuação. Do elenco jovem masculino gosto muito das atuações do Arthur Aguiar e do Felipe Simas, os quais vêm se destacando e chamando atenção nas interpretações de Duca e Cobra. Acho o Rafael Vitti uma graça de garoto, é divertido, carismático, mas não me convence atuando. Leva bem as cenas cômicas, porém, comenta-se que é muito em razão do ator e do personagem serem praticamente a "mesma pessoa". Entretanto nas cenas dramáticas e tensas do personagem, como a descoberta da traição por parte do pai, sua interpretação ficou devendo muito. O acho um ator fraco. No mais quem merece muitos elogios é Eriberto Leão, excelente como o Gael, o ator revelou uma grande veia cômica nesse trabalho. Excelente crítica e blog Zamenza, meus parabéns. Abç

Paulo.

Sérgio Santos disse...

Seria uma tragédia, anônimo.

Sérgio Santos disse...

É mta coisa msm, Larissa. E a temporada está uma delícia. bjs

Sérgio Santos disse...

Verdade, Francisco, se tivesse completado com uma temporada fraca nem valeria a pena 'comemorar'. Sorte que o acaso ajudou. E é mesmo, todos os casais da trama deram certo. Isso é raro.

Sérgio Santos disse...

Tb gostei dessas temporadas, anônimo.

Sérgio Santos disse...

Yasmin, tb gostei mt da Intensa. Aliás, o filme Desenrola que ela fez tb é tão bom quanto. E concordo que a Mari ficou mt tempo sumida. bjsss

Sérgio Santos disse...

F Silva, excelente comentário. Concordo plenamente com vc e os autores merecem todos os elogios. Eles acertaram com a Intensa e acertaram novamente. Boa menção ao Emanuel Jacobina, cujo último trabalho foi a ótima temporada de 2010, com goleiro Maicon, Catarina, Babi e cia, e tb a Andrea Maltarolli, que nos deixou tão cedo e era tão talentosa.

Eu escreverei sim um post sobre os 20 anos de Malhação. Mas farei em abril, quando ela comemorar essa tão marcante data. Por isso que o texto do capítulo 5000 eu preferi focar na Sonhos, pra poder englobar tudo quando falar dos 20 anos. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Anônimo, eu li em algum lugar que tem uma novela no exterior que está no ar há uns 8 anos, creio eu. Mas acho que Malhação é mesmo a produção a produção mais longa da tv.

Sérgio Santos disse...

Anônimo, está ótima mesmo. E concordo que Anaju é um talento. Ela está perfeita de Jade e merece o reconhecimento. Pra mim, a maior revelação da Malhação foi Marjorie Estiano, seguida de Juliana Silveira e Sophie Charlotte. E não acho que há mt tempo não tínhamos uma temporada tão boa pq a Intensa foi excelente tb, assim como a de 2010. Bjsss

Sérgio Santos disse...

Foi um ótimo acaso, né Tainá? Tb achei.

Sérgio Santos disse...

A da Vagabanda foi clássica, anônimo. Inesquecível. E a Sonhos tá melhor msm do que todas as novelas no ar, não há nem comparação. Está mt boa.

Sérgio Santos disse...

Karina, concordo com os elogios a essas temporadas que vc citou e a de 2003 foi péssima, não só por causa do Sérgio Marone, mas por toda a trama e a mocinha feita pela Manuela do Monte era uma retardada. Outras péssimas foram a da Fernanda Vasconcelos com Thiago Rodrigues, a do Fiuk e a da Thayla com Romulo Neto e Fiorella Matheis. Bjs

Sérgio Santos disse...

Oi Guilherme. Essa temporada já entrou msm pra lista das melhores assim como a Intensa. E tb estou ansioso pela estreia da Rosane no horário das sete. Essa próxima do Alcides é desanimadora. A cada notícia nova divulgada é uma nova decepção. Medo. abçs

Sérgio Santos disse...

Arthur, farei um post sobre os 20 anos. Abraço!

Sérgio Santos disse...

Eu tb não torço pra acabar não, anônimo. Lança mts talentos e não teria nada melhor pra colocar no lugar que tivesse 35 minutos.

Sérgio Santos disse...

Tb estou ansioso pela novela dela, Ulisses. Promete.

Sérgio Santos disse...

A maioria não é mt conhecida, Matheus. Mas só vendo msm pra saber. E interessante ver Maria Pinna no elenco. Ela foi a Babi da Malhação 2010. Gosto dela.

Sérgio Santos disse...

Eu tb tenho gostado mt, JrGiam. Tanto que elogio muito mesmo. Mas não acho a atual safra de novelas boa, pelo contrário, acho mt fraca. Só Alto Astral se salva, embora tb não seja uma novela incrível. Abçsss

Sérgio Santos disse...

Manuela, primeiramente, parabéns pela sua educação. E não peça desculpas pelo comentário longo, isso é sinal que vc se sentiu à vontade de emitir sua opinião aqui e acho ótimo. Aliás, venha sempre que será um prazer te ver aqui.

E eu achei seu comentário excelente. Como a temporada vai até agosto, acho que tem tempo pra tudo ser bem desenvolvido. Tanto que, se vc reparar, Perina deu uma sumida nessa semana, para priorizar mais Duanca e os ensaios da Ribalta.

Mas concordo plenamente que os casais que têm mais torcida são Perina, Cobrade e Duanca. Merecido, aliás, pq são 3 casais ótimos. Mas acho natural esse crescimento de Perina pq aconteceu algo parecido na Intensa. Todos tinham destaque, mas é inegável que Brutinha aparecia mt mais que Ju e Gil e Lia e Vitor, por exemplo.

E nem acho que a Jade tenha sido colocada como uma invejosa. Fica claro todos os problemas que ela tem e o quanto que ela sofre. A trama nebulosa do Cobra provavelmente será desvendada em breve, destacando mais ele. Tanto que agora focaram na paternidade da Karina, promovendo um rodízio de temas.

E entendo a frustração no caso da transa pq nesse caso ficou explícito msm que Perina teve mt mais destaque que Duanca. E no caso de Cobrade, já tinha ficado claro que eles já haviam transado msm. Mas concordo, poderiam ter mostrado o momento. A primeira transa foi qd eles dormiram de conchinha, creio eu.

E não se desculpe, amei seu comentário. Beijão!

Sérgio Santos disse...

Oi Gustavo, obrigado. A Nat deu uma sumida pq o tema da morte do Alan foi colocado um pouco de lado pra focar em outras tramas. Aliás, achei isso ótimo. Já pensou que saco se até agora estivessem especulando quem matou ele? Seria a mesma insuportabilidade do segredo da Carlota em Boogie Oogie. O bom da temporada e esse rodízio de temas, trazendo sempre novidades atrativas. Mas concordo que a personagem é ótima e Maria Joana está mt bem.

Eu gostei da entrada da Vicki pq gerou bons conflitos e sabe que tenho gostado da atuação da Manu Gavassi? Acho a Vicki uma cretina, mas gostei do desempenho da atriz, que tb canta bem. Abração!

Sérgio Santos disse...

Pode deixar, Gustavo, farei.

Sérgio Santos disse...

Essa cena do Leo Jaime cantando Pais e Filhos, enquanto exibiam cenas dos personagens com seus familiares, foi lindíssima, anônimo.

Sérgio Santos disse...

E eu concordo com vc, Juliana! bjsss

Sérgio Santos disse...

A partir do momento que vc diz que não pode levar meus textos a sério pq eu "me comporto como um fã da Malhação" é óbvio que vc está me desqualificando. Mas eu sou fã msm dessa temporada, assim como fui da Intensa e elogio com gosto. E exagero por exagero, tb considero os seus pra novela das seis exageradíssimos, mas é seu gosto. E essa temporada está sendo mt bem aceita, ainda bem, pq merece. Tanto Pedro e Karina, quanto Cobra e Jade e Duca e Bianca são ótimos casais e têm boas torcidas, assim como as tramas desenvolvidas.

Sérgio Santos disse...

Paulo, eu que agradeço o seu comentário. E respeito sua opinião. Eu acho o Rafael Vitti mt bem, mas se ele é o pedro aí só saberemos msm no próximo trabalho dele. Mas acho que o papel casou bem com ele. E realmente não acho Duca e Bianca nada chato, pelo contrário, até pq ela é uma mocinha que tá sempre enfiando os pés pelas mãos e não se importa com o politicamente correto. Ela vai e age. E obrigado pelo elogio. Abraço!

Willians Barbosa disse...

Há muitos anos eu não assistia uma temporada completa de Malhação. Nessa, desde o primeiro capítulo, senti potencial e não me decepcionei. Drama bem feita, bem articulada, tensa, até mesmo surpreendente pro que a gente costuma esperar.
Os três casais centrais, todos, com química. Enredo que tenta evitar clichês, como a mocinha politicamente incorreta, a ''vilã'' e as nuances de sua personalidade. As interações entre os personagens, dinâmicas!

Tá palho a palho com a temporada da Vagabanda.

Sérgio Santos disse...

Willians, ótimo comentário. Concordo com vc. Temporada ótima e repleta de acertos.