sábado, 28 de julho de 2012

Vivendo a sofrida Lindinalva, Giovanna Lancellotti rouba a cena e vira protagonista em "Gabriela"

A nova adaptação de "Gabriela", exibida às 23h, segue seu rumo e apresenta uma grande qualidade, cenários impecáveis, elenco admirável e o autor tem mostrado com competência a história de Jorge Amado. Entretanto, a personagem título, Gabriela, não disse a que veio. Juliana Paes, embora não esteja fazendo feio, está apenas regular e não convence como papel-título. Além de não parecer ter 18 anos, a atriz exagera nos sorrisos e não transmite inocência, pelo contrário. Quem tem roubado mesmo a cena é Lindinalva, personagem vivida por Giovanna Lancellotti.


A menina tem uma vida sofrida e passou por várias experiências traumatizantes. No início da novela, sofria com os constantes assédios de seu noivo (Berto - Rodrigo Andrade), mas conseguia ter a proteção dos pais. No entanto, a garota teve que suportar a morte deles, após um acidente em uma estrada cheia de buracos e malconservada por Ramiro Bastos (Antônio Fagundes). Como se não bastasse esse sofrimento, ainda foi violentada duas vezes pelo seu noivo e acabou sendo difamada na cidade. Também se viu sem saída em meio a tantas dívidas deixadas pelo seu pai, o que a acabou deixando sem teto. Quando pediu ajuda a todos os moradores da cidade, se viu sozinha e renegada por toda a população. Só tinha Zulmira (Rejane Maya), a empregada da família, como fiel escudeira. Acabou tendo como única opção o Bataclã e ao pedir abrigo na casa de prostituição, virou uma 'quenga'.

Com esta história rica e atraente, não foi difícil a personagem cair no gosto dos telespectadores. E Walcyr Carrasco acertou em cheio quando escalou a talentosa atriz para o papel. Giovanna Lancellotti é uma grata revelação de "Insensato Coração" e após
ter tido um ótimo desempenho, vivendo a doce Cecília, se supera e emociona a todos com a sofrida Lindinalva. Aliás, é importante destacar que esta personagem não existia no livro e nem na versão de 1975; uma vez que faz parte das alterações feitas pelo autor para esta nova adaptação.

A atriz não fez uma cena fácil sequer e conseguiu convencer em todas as sequências até então. Dentre tantas situações fortes e traumáticas, destaco o momento em que Lindinalva descobre que perdeu os pais e está sozinha no mundo; quando é estuprada pelo noivo e também na hora que precisa 'enfrentar' o primeiro cliente, contracenando com o ótimo Chico Diaz (Cornel Melk). Vale ressaltar o talento de Rejane Maya como Zulmira, a única 'família' que restou para a menina, e Rodrigo Andrade, o canalha Berto.

Gabriela acabou sendo ofuscada pela doce Lindinalva e Giovanna Lancellotti vai se destacando cada vez mais. Não é difícil imaginar que muito em breve a teremos em mais papéis de maior importância nos próximos trabalhos, que com certeza virão. Talento ela já mostrou que tem de sobra.

Link relacionado: Estreia de Gabriela apresenta mais qualidades...

61 comentários:

Ana Lucia Nicolau disse...

realmente essa atriz é muito talentosa.
Estou gostando da novela que embora baseada no livro, tem "vida própria"....abçs

@dehsantossilva disse...

Concordo com o texto, mas acho que o que prejudicou a personagem principal foi a interprete escolhida... Deveriam ter escalado a Vanessa Giacomo para o papel...

Thallys Bruno Almeida disse...

Gostei do artigo, Sérgio. Giovanna foi uma boa revelação de Insensato Coração e agora emociona em um papel ainda mais denso. A personagem é sofrida: perdeu os pais, a loja foi fechada, o noivo é um canalha, se prostituiu, foi "usada" pelo coronel... E o curioso é que uma personagem que não estava nem no livro vem chamando a atenção mais do que as outras.

Juliana Paes não é a única "apagada" (embora eu ache que ela esteja bem, uma noita oito), pois até mesmo Ivete Sangalo não tem se destacado tanto. Por enquanto, entre as mulheres mais jovens, três personagens têm sido as que mais chamam a atenção: Lindinalva, Malvina (Vanessa Giácomo, cujo papel caiu como uma luva pra ela) e Gerusa (Luísa Valdetaro, igualmente ótima).

Thallys Bruno Almeida disse...

PS: Sobre a Vanessa Giácomo, digo que ela ficou perfeita como Malvina também pelo fato de não conseguir imaginá-la de Gabriela. É boa atriz, tem cara de menina, tem o jeito brejeiro, mas não vejo sensualidade nenhuma nela (e isso também conta). Poderia até surpreender, mas não sei se convenceria tanto. Se não fosse a Juliana, eu escolheria Camila Pitanga ou Suzana Pires (como comentamos).

Carlos disse...

Essa atriz vem mostrando talento desde Insensato Coração. Fez de um papel que tinha tudo pra ser mais uma mocinha chata, em uma garota decidida. Não acompanho essa novela agora, mas parece que ela vem repetindo a boa atuação e seu post está confirmando isso.

Quanto a protagonista, eu gosto da Ju Paes, mas acho que a escolha dela foi precipitada e isso vai além da idade. Acho que duas atrizes se encaixariam perfeitamente na personagem: Vanessa Giácomo ou Mariana Rios, duas atrizes de talento e que tem um "ar inocente". Essa Gabriela está muito sexy...

Sérgio Santos disse...

Oi Ana, Lindinalva tem sido um dos destaques da trama. Ela tá ótima! Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Deh, concordo plenamente com você. Minha preferida era a Vanessa Giácomo mesmo. Uma pena. Beijos e obrigado pelo comentário! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Thallys, é verdade, mas Maria Machadão nem aparecia no início de Gabriela, era mais uma figura misteriosa e apenas comentada pelas quengas. Só deu o ar da graça lá para os meses finais de novela.

Giovanna é muito talentosa e não me surpreendi com seu desempenho. A personagem também foi muito bem escrita pelo Walcyr.

Também achei Vanessa perfeita como Malvina, mas ainda a queria como Gabriela. Você já a viu na praia? Embora ela apareça muito pouco nessas situações, eu a já vi ao vivo e ela é muito sensual, tem um corpão. Mariana Rios, como o Carlos disse, também cairia bem. Camila Pitanga é uma boa opção, mas acabaria caindo na mesma situação da Juliana, embora o peso do nome dela seja menor do que o da Paes. Enfim... Abração! =)

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos, é o que eu acho. A Gabriela feita pela Juliana, além de não convencer como uma ninfeta, não transmite inocência, pelo contrário, Juliana abusa dos sorrisos e caras sensuais. Mariana ou Vanessa cairiam como uma luva no papel. Além disso, no peso do nome Juliana Paes acaba sendo maior que o Gabriela, então não consigo ver a personagem e sim a atriz ali. Deixo claro que acho a Juliana uma boa atriz, mas não adequada para o perfil.

E a Giovanna tá excelente, é um talento! Abração!

ps; Thallys, Suzana também seria uma boa opção.

Luís Coelho disse...

As voltas que a vida dá e aquilo que nos surpreende.

Em muitos casos as pessoas estão mal formadas e deixam-se abater pelas condições da vida.

Existe dentro de nós sempre uma esperança em dias melhores.

Milene Lima disse...

Continuo sem assistir Gabriela. Tô perdendo uma boa atração, né? Essa hora tô mexendo na net e no quarto não tenho TV.

Gosto dessa menina, pelo que vi em Insensato Coração.

Bom fim de semana, Sérgio.
Beijo!

Sérgio Santos disse...

Oi Luís, obrigado pelo comentário.

Sérgio Santos disse...

Oi Milene, olha, na minha opinião, está sim. A trama tem muita qualidade e bons atores. Giovanna é um talento mesmo. Tenha um ótimo final de semana você também! Beijos!

Anônimo disse...

É a primeira vez que leio o blog e concordo plenamente com os elogios feitos à Geovana Lancelot. Ela está surpreendente e, sem duvida, vem roubando a cena.
Quanto ao papel de Gabriela, também concordo que Juliana não se encaixa. Entre as sugeridas, optaria por Mariana Rios, mas quem eu venho observando que também daria certo é a atriz que faz a Tessália de Avenida Brasil. Como ela é linda.

Elvira Akchourin do Nascimento disse...

Concordo com tudo, Sérgio. Giovanna Lancelotti emociona no papel e confirma o talento demonstrado em "Insensato Coração".
Também esperava mais da Juliana Paes.
Concordo com o Thallys nos elogios a Vanessa Giácomo e Luiza Valdetaro.

Paty Michele disse...

Sérgio, meu caro, eu não estou acompanhando a trama, porque o horário é ingrato para quem tem que acordar às 6 da manhã. Mas adoro ler suas resenhas, sua crítica e os comentários de seus leitores. Além do mais, tenho uma amiga que assiste (e ama)e assim podemos trocar figurinhas.
Agora, Juliana Paes com 18 anos tá difícil mesmo. Acho que ela foi escolhida para o papel pq tem sex appeal. Podiam ter colocado uma atriz nova e revelado alguém, como foi feito com Sônia Braga, à época.
Um bjão e um ótimo fim de semana.

Thallys Bruno Almeida disse...

Bem, Sérgio, respondendo à tua pergunta sobre a Vanessa Giácomo, ainda não vi... ainda. Pode ser que ela seja tudo isso mesmo, ou que eu não a ache tão sensual por causa da postura discreta dela (não aparecer tanto na praia, quase não faz ensaios sensuais), mas sei lá... Mas que ela é linda, isso é. Ou será que sou eu que tô pagando a língua porque defendi abertamente a Juliana Paes, nunca concordei com as críticas à escalação dela, e agora ela não está se destacando como deveria? rsrsrsrsrs. O anônimo que mencionou a Débora Nascimento (Tessália de AVBR) lembrou bem, ela daria uma ótima Gabriela (sensual demais e praticamente um rosto novo). Bem, não vou mais me estender sobre isso. Abraços!

Clau disse...

Oi Sérgio :)
Convencer num papel desses,não é pra qualquer atriz mesmo.
Seu post confirmou o que me falaram,
(que a Giovanna Lancellotti está dando um show de interpretação.)
Bjs!!

Carlos disse...

Bem, então mesmo sem acompanhar consegui ter uma observação boa, pelo menos um pouco, da trama. Acho que só vi o primeiro, o capítulo da chuva e ela sendo violentada, mas nas propagandas, está lá a Ju Paes (intimidade kkkk) com o rosto sensual dela. O mais interessante é que nas entrevistas dela, ela tem um ar mais inocente, pra cima, com um sorriso largo... Pq ela não faz IGUAL na novela? Acho que o diretor deve ter pedido e ela sugerido, pq ela consegue ser inocente (pegue qualquer entrevista dela e compare).

Suzana Pires não estpa "velhinha" pra Gabriela não? Não querendo ser chato, até pq acho que idade tem nada a ver, o que conta é a APARÊNCIA do ator, mas sei lá, a Suzana já tem um rosto de mulher amadurecida, na faixa dos 30, apesar de boa atriz.

Débora Nascimento (Tessália) seria uma boa, um mulherão, rosto novo, e tem um ar inocente.

Acho que a Vanessa daria conta, ela fez a Celeste na novela dos robôs (eca) e lá ela era meio "safadinha" mas recatada, o que acho que encaixaria perfeito. Talvez tenham ficado com medo dela acabar repetindo a sua atuação de Cabocla. No final das contas, acho que escolheria a Mariana Rios mesmo, pq ela ainda não fez papel do gênero "sensual-inocente". Mas ambas tem um rostinho de "novinhas", um corpo mais magrinho e são baixas, o que ajuda tbm a parecer mais novas do que são.

Desculpem se falei muita besteira (quanto a aparência), é meio fútil, mas acho que seria o meu ideal de Gabriela. Seguindo esse meu raciocínio, nem a Sonia eu teria escolhido (ela não parece ser "novinha"), entretanto ela passou uma inocência, que faz com que ela pareça ser nova pelas atitudes. Isso que infelizmente está faltando na Juliana.

Bia Hain disse...

Oi, Sérgio. Embora goste muito da Juliana e até acho que ela corresponde ao perfil da mulher brejeira, realmente fica difícil interpretar uma garota inocente após uma certa idade, parece que há algo fora do lugar. Mas é legal quando alguém surpreende e faz seu papel crescer em uma novela. Geralmente acaba se tornando um marco para o artista. Um abraço!

ELAINE disse...

Olá meu amigo Sérgio! Td bem? Não curto muito novelas, como bem sabes, mas concordo que a Giovana está sendo uma revelação! Parabéns pelo post!Muito bem escrito! Sérgio, ainda não consegui votar em ti.... Pois clico no selo e lá na página de votação não aparece as opções de votar como aparece em todos.... Já descobriu o que é.... O carinho dos amigos traz um bem e um conforto que nem imaginas! É um alimento para o coração! Terei uma postagem nova na segunda-feira, dia 30 de julho.
Grande e carinhoso abraço!
Sábado e domingo abençoados!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

paulo disse...

A pergunta é "pra que esses remakes"? Nenhum desses remakes que a globo vem fazendo sequer chegaram aos pés das novelas originais(e nem poderia). Daqui a 10, 20 anos todo mundo já esqueceu dessa nova versão de gabriela, assim como essa versão patética de ti-ti-ti de 2010, ou as fraquissimas cabocla e sinhá moça. E pior que a globo insiste no erro, vem aí guerra dos sexos e brega & chique versões novo milênio, ninguém merece!

Sissym disse...

Sergio, eu via alguns episodios e notei o brilhantismo crescente desta atriz. Já ao papel de Gabriela, será que não havia uma 'moiçola' para interpretá-la?!

Beijos

Carlos disse...

Paulo,

Anjo Mau tbm foi remake e foi uma versão muito boa. Tudo bem que não vi a original, mas estava muito bem escrita.

Sabe qual é o maior problema de se fazer um remake? O preconceito do telespectador. Muitos nem vêem as originais, mas graças a esse saudosismo de muitos, as tramas não fazem sucesso, ou mesmo quando fazem, os saudosistas não admitem o remake ser superior ao original mesmo quando é.

Infelizmente não vi nenhuma dessas que vc citou, então não posso dizer, mas Anjo Mau (1997) e Éramos Seis (1994) foram ótimos remakes.

Rita disse...

Sei que existe atores e atrizes fantásticos, mas é uma pena que essa nova versão eu não estou assistindo.
Mas pelo que vejo está bom demais
Bjusss de um bom domingo
Abraços
Rita!!!

Ah a primeira novela eu assisti!

Sérgio Santos disse...

Oi "anônimo", obrigado pelo comentário e pela visita. Espero que tenha gostado do espaço. Giovanna está muito bem e dá gosto de ver sua atuação. Mariana Rios seria uma boa e a Débora Nascimento, a Tessália de Avenida Brasil, também poderia se encaixar no perfil, mas a acho muito 'grandalhona' pro papel. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Elvira, essa trama criada pelo Walcyr é a mais atraente da novela, na minha opinião. Giovanna é um talento e tem muito a crescer na carreira. Também acho que Vanessa e Luisa merecem todos os elogios possíveis. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Paty, o horário é ingrato mesmo e muita gente não consegue acompanhar, isso é fato. Também acho que seria uma boa pedida lançarem uma revelação no papel-título, quem sabe teríamos uma nova protagonista de novelas globais? Podiam ter optado por isso. Mas a escolha da Juliana foi imposta pelos diretores ao Walcyr, assim como a escolha da Ivete Sangallo. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Thallys, vou ver se acho uma foto para te enviar pelo Twitter. Mesmo depois da estreia você nota que a Giácomo continua minha preferida! rs Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Clau, "Gabriela" é um papel de peso mesmo e não é pra qualquer uma. E, confesso, nunca achei Sônia Braga grande atriz.

Giovanna merece muitos elogios e sua Lindinalva é um encanto. Beijos.

paulo disse...

Carlos, acho que o problema é esse novo milenio mesmo, tudo parece raso, sem a consistencia das novelas feitas nos anos 70, 80 e até 90. Anjo mau de 97 eu tambem gostei, mas imagino que se fosse feita hoje acho que já não seria bom, não sei exatamente porque. Além do mais a original era muuuuito antiga, preto e branco, nem dá muito pra comparar.

Sérgio Santos disse...

Oi Carlos, conseguiu mesmo. E você tem razão sobre a Suzana Pires também ser prejudicada pelo fator idade, porém, acho que ela se sairia melhor que Juliana por causa do nome. A atriz não faz muitos comerciais e nem é tão conhecida assim, ou seja, seria mais 'fácil' incorporar a personagem.

Vanessa Giácomo estava ficando estigmatizada como 'boazinha', mas Walcyr deu a ela uma nova chance como a vilã Celeste em "Morde & Assopra" (novela que adorei, diga-se de passagem). Com certeza ela se sairia bem como uma ninfeta. Débora Nascimento é uma boa escolha, mas a acho muito 'grandona' pro papel, como já escrevi em outro comentário.

E não falou besteira sobre aparência, não. Na escolha dos papéis isso também merece ser levado em conta. Também acho que Sônia Braga não aparentava ter 18 anos e se esta nova versão fosse um remake da novela, nem poderia reclamar, mas como é uma nova adaptação do livro... Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Bia, é verdade, é uma missão dura para a Juliana, que não está péssima, mas também passa longe do 'ótima'.

Giovanna já havia se destacado em Insensato Coração e agora repete o bom desempenho. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Elaine, tudo bem sim. Sei que você não gosta de novelas há um bom tempo, mas ainda assim vem sempre aqui. Gosto muito. Olha, eu nem sei como se vota nisso e só me inscrevi porque várias pessoas insistiram, mas nem posso te ajudar muito. Acho que nem tinha confirmado o cadastro do blog, e agora creio que consegui, mas também não tenho certeza. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Paulo, os remakes são feitos para que as novas gerações possam acompanhar as versões que marcaram época, uma vez que fica inviável reprisá-las devido à falta de qualidade visual e péssimo áudio.

Outro motivo é a venda para países estrangeiros. A Globo se sustenta, em parte, dessas vendas e remakes são um lucro certo porque só reescrevem tramas consagradas e de sucesso.

Muitos remakes apresentaram qualidades. Anjo Mau, como disse o Carlos, "Ti ti ti" fez muito sucesso, "Mulheres de Areia" foi um fenômeno, "Éramos Seis" foi um marco na história do SBT, enfim, motivos não faltam.

E Guerra dos Sexos será um remake diferente, porque segundo o Silvio de Abreu, a novela será uma espécie de continuação da original, uma vez que Tony Ramos e Irene Ravache interpretação os sobrinhos de Fernanda Montenegro e Paulo Autran. Abraço.

Sérgio Santos disse...

Oi Sissym, pois é, tinha, claro. Apenas quiseram mirar no nome poderoso da Juliana Paes para atrair repercussão e mídia, porém, na minha concepção, o nome da atriz teve mais peso que o da Gabriela, dificultando a interpretação da personagem. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi Rita, a primeira versão eu não vi, a não ser por vídeos. Obrigado pelo comentário e bom domingo! =)

paulo disse...

Oi Sergio. Bem, essa estória de que a imagem e o som são péssimos não existe, veja as reprises de novelas dos anos 80 no canal viva, tá tudo perfeito. E mesmo que não fosse tão bom qto as produções atuais isso não seria motivo pra não reprisar, oras, quando vc assiste um filme antigo, por exemplo, vc quer justamente apreciar a imagem, o som, até a dublagem da época, essa é justamente a graça da coisa, não fosse assim o "Chaves" com aquela imagem ruim e a dublagem tosca não faria o sucesso que faz. Se tentarem "limpar" a imagem do seriado e fazer outra dublagem moderna vai perder toda o charme e os fãs vão chiar, com certeza. Como é gostoso assistir a versão original das novelas, vc lembra dos atores, da moda da época, das músicas, das aberturas, e com esses remakes tudo isso se perde. Aliás esse é o segredo do sucesso do canal viva, exibir as produções ORIGINAIS!

Saaamy disse...

Owwn ela é perfeita. cada dia que passa tenho mais orgulho dela *---*
ps: ela não tem 18 anos, tem 19 =]

Anônimo disse...

Concordo com a critica muito bem escrita, eu acho que a Juliana esta bem mas realmentente faltas "inocência" talvez uma jovem atriz seria uma boa aposta pois traria essa inocência e insegurança, mas acredito que deve ser muito difícil mesmo a escalação pq também envolve um valor comercial para a emissora e isso a Juliana tem muito, além de ser talentosa é claro. Mas o destaque da novela sen duvida é esse o mais comentado, Lindinalva e Berto. Os dois que foram lançados em Insensato Coracao e foram muito bem como a menina Cecília e o jovem Eduardo que ae "descobriu" gay ao l

Anônimo disse...

Ao longo da trama, esses jovens atores de televisão tanto a Giovana como o Rodrigo tem muito talento e sem duvida sofrem da "síndrome dos grandes atores" pois ela vem sendo uma bela protagonista e ele um belo vilão, ambos personagens que já assassinaram e nao lembra em nada os personagens de Insensato Coracao. Resta os dois ter pés no chão para ter um belo futuro pela frente. A trama deles seria facilmente uma trama no horário nobre. Os destaques na minha opinião sao 3! Giovana Lanceloti, Rodrigo Andrade e Laura Cardoso!

Carlos disse...

Paulo

Com essa frase "Como é gostoso assistir a versão original das novelas, vc lembra dos atores, da moda da época, das músicas, das aberturas, e com esses remakes, tudo isso se perde." vc entrou mais ou menos naquilo que falei de preconceito com os remakes.

Eu acho que pra fazer um remake depende de muita coisa, acho nada a ver fazer de um sucessão, de um clássico. O problema é como escolher então? Acho que o problema é que a Globo tem escolhido sucessos e que infelizmente atrapalha graças a internet. Aí ficamos comparando o velho com o novo.

Clássicos deveriam ser reprisados, e os velhos "esquecidos" deveriam ser refeitos. Pensando por esse lado, acho que só o Anjo Mau e Mulheres de Areia foram bem aceitos, pq apesar de clássicos, já eram esquecidos. O mesmo não podemos dizer de o Astro e Gabriela que são clássicos que os mais velhos se lembram muito bem.

Espero ter sido claro com a ajuda dos exemplos, pq, admito, minha ideia foi meio confusa hehe.

paulo disse...

Carlos, não se trata de preconceito, vou tentar ser claro: no caso de Anjo mau, Mulheres de Areia e A viagem que foram ótimos remakes, as versões originais eram realmente MUITO antigas, em preto e branco e com aqueles chuviscos típicos das produções televisivas daquela época. Aí sim, entraríamos naquele caso que o amigo Sérgio disse de "imagem e som muito ruins". No caso de Gabriela trata-se de uma novela com som e imagem totalmente "assistíveis" nos dias de hoje, assim como ti-ti-ti, brega e chique e Guerra dos Sexos, que tambem não precisariam de um remake. Olha aí no canal viva as novelas e programas dos anos 80 fazendo um enorme sucesso, e tudo com imagem e som perfeitos. E mesmo qdo a imagem e o som são meio "toscos" faz parte do pacote, todo mundo gosta de ver a versão ORIGINAL de uma obra, seja um "E o vento levou" até um "Chaves". Voce acha que daqui a dez anos alguem ainda vai se lembrar da Gabriela de 75 ou dessa de agora? Pense!

Smareis disse...

Olá Sérgio, Embora eu não ver muito, essa novela,acho que Giovana Lancellotti é bastante talentosa.
Não vi a primeira versão de Gabriela, mas os atores são muitos bons nessa versão também.

Beijos e ótima semana!

Barbie Californiana disse...

Também achei que ela está interpretando muito bem, Sérgio! ;)
abraços e tudo de bom!

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde!
Tudo bem, Sérgio!
...concordo plenamente com você em tudo, principalmente, quando você "disse" que a Gabriela não mostrou a que veio , pois a Juliana não convence no "papel" de uma mulher com 18 anos...e a Giovanna está muito bem( não acompanho as telenovelas, mas sempre temos quem nos conta tudo, rsrs)...
Boa semana!
Abraços!
dia 31 meu blog vai faz 1 ano...passa lá para dar um oi..

Jeanne Geyer disse...

A Juliana Paes está mt exagerada na sedução, a Sônia Braga mesmo com + de 18 fez muito melhor pq tinha uma sensualidade natural, ficou bem mais natural sua interpretação.
mt boa tua avaliação, bjs

Carlos disse...

Paulo,

se formos analisar, vc, Sergio e eu estamos falando da mesma coisa só que de forma diferente kkkkk. Eu aperto na tecla do preconceito, vc na falta de necessidade de fazer remake de um produto "novo" (recente) e o Sérgio da necessidade de renová-las para os novos, mas nós já chegamos a conclusão de que alguns são mto velhos e precisariam de um remake por conta de sua falta de qualidade em relação a hoje em dia (mulheres de areia, anjo mau, etc).

Vera Lúcia disse...

Olá Sérgio,

Senti sua ausência em meu recanto.

Não estou acompanhando esta nova adaptação de Gabriela, mas gosto muito de ler suas críticas e observações, mesmo sobre os programas que não vejo, pois me deixam atualizada sobre os mesmos.
Concordo com você que o perfil de Juliana Paes não é adequado para a personagem de Gabriela, mesmo porque fica difícil não compará-la com a figura de Sônia Braga, à época.

Grande abraço.

Sérgio Santos disse...

Paulo, entendo o seu ponto de vista, mas reforço o comentário do Carlos. O áudio das produções muito antigas está cheio de ecos e isso pôde ser visto na reprise de "Vale Tudo" e na atual reprise de "Que Rei Sou Eu?" no Viva. A diferença é gritante. Claro que tem seu charme, mas isso ocorre pelo saudosismo, tanto de uma época já vivida como ver atores que já faleceram ou abandonaram as novelas.

Não tenho nada contra remakes, pelo contrário. Só não aprovo que sejam apresentados no horário das nove, pois lá há a necessidade de um produto totalmente novo, afinal, é o horário mais tradicional da teledramaturgia.

E acho ótimo que as tramas originais continuem sendo mais marcantes que os remakes, afinal, continuarão sempre fazendo parte da história e não merecem nunca perder o posto de 'referência'. Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Saamy, obrigado pelo comentário! Também gosto muito dela. Beijos.

Sérgio Santos disse...

Oi "anônimo", também acho Juliana talentosa e a escolha dela para o papel deve ter sido pelo peso comercial mesmo, uma vez que as vendas para os demais países serão bem mais atraentes com a atriz no papel-título. Rodrigo se saiu muito bem em Insensato Coração e também não fez feio em Caras & Bocas. Já Giovanna é um talento mesmo. Obrigado pelo elogio, abraço!

Sérgio Santos disse...

"Anônimo", obrigado pelo comentário. Giovanna e Rodrigo ainda têm muito pela frente e também confio que brilharão. Berto e Lindinalva são tipos bem escritos e interpretados. Laura Cardoso também está impecável e é uma grande atriz. Mas aí teríamos que englobar bem mais gente, como Bete Mendes, José Wilker, Neusa Maria Faro, José Rubens Chachá, Ary Fontoura, Mauro Mendonça, enfim... Abraços.

Sérgio Santos disse...

Oi Smareis, obrigado pelo comentário. Os respectivos elencos das duas versões merecem elogios mesmo, com raras exceções, e Giovanna está se destacando bastante. Beijos e boa semana!

Sérgio Santos disse...

Oi Barbie, obrigado pelo comentário. Beijos!

Sérgio Santos disse...

Oi Felisberto, obrigado pelo comentário. Pois é, mesmo quem não assiste acaba sabendo de muita coisa. Novela é a paixão do brasileiro. Abração!

Sérgio Santos disse...

Oi Jeanne, obrigado pelo comentário. Antes da novela ir ao ar já não tinha aprovado a escolha da Juliana, apesar de sempre ter gostado muito dela. Beijos e boa semana!

Sérgio Santos disse...

Oi Vera, desculpa, mas essa semana foi muito corrida para mim! Fico feliz que você goste dos textos, escrevo pra vocês mesmo! Beijão! =)

Thairys Moreno disse...

Realmente a Giovannna é muito talentosa, não decepcionou em nenhum momento da novela, o papel caiu pra ela como uma luva, além de o autor estar de parabéns pela criação da personagem, personagem esta que vem se destacando cada vez mais. Acredito que a escalação de Juliana Paes para dar vida a então protagonista Gabriela foi mesmo um erro, não colocando em questão o talento da atriz, a Juliana é naturalmente sexy, ela não necessita de esforço algum pra isso, mas talvez por querer transparecer essa sensualidade toda ela acabe exagerando na dose, e o que era pra ser uma jovem sensual porém com uma dose de inocência, acaba muitas vezes se tornando vulgar.

Sérgio Santos disse...

Thairys, obrigado pelo comentário. Concordo com você. Giovanna está ótima e Juliana não convenceu, e Gabriela parece uma idiota. Beijos.

Anônimo disse...

Mil vezes a Isis Valverde como Gabriela, ou até mesmo a Camila pitanga! Mas ainda sim a Isis, muito mais jovem, mais bonita e mais sexy que a Juliana Paes!