quarta-feira, 31 de maio de 2017

Isabelle Drummond, Nathalia Dill e Sophie Charlotte: três talentos da mesma geração

Elas são talentosas, carismáticas, lindas e muito requisitadas pelos autores da Globo. Uma estreou criança na televisão e hoje tem 23 anos. As outras tiveram a oportunidade de suas vidas na mesma temporada de "Malhação" e têm 31 e 28 anos. Atualmente as três estão no ar em diferentes horários e vivendo mocinhas destemidas. O trio em questão é composto por Isabelle Drummond, Nathalia Dill e Sophie Charlotte, que estão brilhando em "Novo Mundo", "Rock Story" e "Os Dias Eram Assim", respectivamente.


As três foram gratas revelações e se firmaram na carreira graças ao talento e dedicação. Não é exagero afirmar que alcançaram a importância de primeiro time da emissora. Claro que estão muito longe de qualquer posição de igualdade com os veteranos por razões óbvias, mas viraram opções certeiras quando se pensa na escalação de atrizes jovens para papéis de destaque, refletindo um incontestável prestígio na empresa onde trabalham. E basta acompanhar o desempenho de cada uma para constatar que isso tudo é fruto de merecimento.

Isabelle Drummond vive atualmente a doce Anna Milmann, a mocinha da recém-iniciada novela das seis. A atriz está irretocável na pele da professora de português da princesa Leopoldina, repetindo a bem-sucedida parceria de "Sete Vidas" com Letícia Colin. As duas emocionaram na trama de Lícia Manzo e agora se destacam no folhetim dos estreantes Alessandro Marson e Thereza Falcão.
A protagonista tinha tudo para ser uma chata chorona, mas a intérprete conseguiu se desvencilhar dessa armadilha, emprestando o seu carisma para o papel e convencendo no drama de uma jovem mulher que odeia injustiças e cuja paixão pelo corajoso Joaquim se mostrou arrebatadora. Por sinal, sua química com Chay Suede é visível, formando o casal mais apaixonante da história, fazendo jus ao protagonismo.

E Nathalia Dill já está no ar desde novembro de 2016, convencendo como Júlia, uma das personagens principais de "Rock Story". A atriz ainda viveu o desafio de interpretar gêmeas na trama das sete, também brilhando na pele de Lorena, a irmã bandida. Infelizmente, a autora Maria Helena Nascimento matou a gêmea má faltando quase dois meses para o fim da história, prejudicando seu enredo e tirando a oportunidade da atriz de se destacar ainda mais, uma vez que a vilã tinha muito potencial para movimentar a novela. Mas, enquanto esteve viva, a traficante que amava verdadeiramente Júlia foi defendida com competência pela intérprete, que agora está responsável 'apenas' pela versão boazinha da protagonista. Vale destacar suas ótimas cenas ao lado de Vladimir Brichta, Alinne Moraes, Nicolas Prattes, entre tantos outros bons nomes.

Já Sophie Charlotte acabou de começar um novo trabalho em "Os Dias Eram Assim", após o período que ficou ausente da televisão para cuidar de seu filho Otto. E seu retorno vem sendo um presente para o público. A libertária Alice é uma mocinha muito bem construída pelas autoras Ângela Chaves e Alessandra Poggi, transbordando atitude em plena década de 70, época da Ditadura Militar. A atriz está totalmente à vontade no papel e sua escalação foi um acerto. Apesar da novela (ou "supersérie" como insiste a Globo) ainda estar no início, a intérprete vem protagonizando sequências muito boas e fortes ao lado de Antônio Calloni, Daniel de Oliveira e Natália do Vale. E sua química com Renato Góes, intérprete do mocinho Renato, é incontestável. Ela não demorou para se tornar um dos trunfos da produção, angariando merecidos elogios.

É preciso, ainda, lembrar que as três vêm de outros ótimos trabalhos, provando que têm um desempenho estável na profissão, sem altos e baixos. Isabelle, como já mencionado, emocionou vivendo a corajosa Júlia em "Sete Vidas" (seu melhor momento na carreira, em 2015) e se destacou na primeira fase de "A Lei do Amor" interpretando a mocinha Helô, também formando par com Chay. Nathalia deu show como a vilã cômica Branca em "Liberdade, Liberdade" (2015) e anteriormente havia brilhado como a heroína Laura em "Alto Astral" (2014). Sophie mostrou a profissional talentosa que é na problemática "Babilônia" (2015), convencendo mesmo tendo um perfil mutilado em mãos (Alice seria uma prostituta e acabou virando uma menina doce e corretinha). Mas vale citar seu melhor papel até agora: a complexa Amora Campana de "Sangue Bom" (2013), sendo necessária uma menção a Duda, do remake de "O Rebu", seu segundo melhor trabalho.

Isabelle Drummond, Nathalia Dill e Sophie Charlotte formam um trio de talento e todo o sucesso que as três vêm fazendo reflete o ótimo trabalho que se vê na tela. Em um meio tão disputado como é a televisão e diante de tantos rostos novos que surgem o tempo todo, é mais do que louvável reconhecer e aplaudir tudo o que elas conquistaram e ainda irão conquistar.

50 comentários:

Anônimo disse...

Seus textos são sempre os melhores.

Anônimo disse...

Sophie Charlotte é uma atriz perfeita, sabe muito bem se desvencilhar dos projetos anteriores, como você mesmo citou Amora, Duda e Alice, por exemplo, são personagens feitos num curto período de tempo, mas cada uma teve sua interpretação. Espero que ela ganha um papel cômico ou de vilã às 21 horas para consolidá-la para o grande público.

Débora disse...

Já falei que te amo hoje???? Das 3 a minha preferida é a Sophie.

Anônimo disse...

Isabelle Drummond nunca precisou passar por malhação para se firmar ou provar que é boa atriz, desde criança se destaca por onde passa. Além disso, sua vida pessoal é um exemplo para os mais jovens, sempre muito reservada. Nos últimos tempos tem pegado bons personagens, mas precisa se arriscar um pouco mais. Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine deveriam ter umas aulas com a Belle.

Anônimo disse...

Nathalia Dill chamou a atenção desde o primeiro momento em malhação, tanto que conseguiu sua primeira protagonista logo em seguida, a santinha. Sabe conduzir tanto mocinhas quanto vilãs, se destaca em qualquer tipo de personagem e escolhe bem seus papéis. Um verdadeiro trunfo para a Globo. Porém, precisa descansar um pouco a imagem pois vem emendando muitos trabalhos.

Anônimo disse...

Como dizem os mais jovens, Sophie Charlotte pisa, rsrs. É a minha preferida das 3. Isabelle é uma fofa e Nathalia Dill é uma das melhores atrizes "jovens", ela só perde pra Marjorie Estiano.

Gustavo Nogueira disse...

As três são muito talentosas mesmo.Isabelle Drummond está ótima em Novo Mundo, mas discordo da parte que vc diz ela fugiu de ser uma mocinha chata, porque a Anna tá mt chata ultimamente e uma mocinha mt apagada, mas não é culpa da atriz.Nathália Dill está muito bem em Rock Story, mas sua mocinha Júlia é muito chata e apagada, preferia mil vezes ela como Lorena.E ela precisa descansar a imagem mesmo, tem emendado muitos trabalhos.Já a Sophie Charlotte é muito talentosa mesmo, gosto dela desde a época de Malhação, esteve ótima como Amora em Sangue Bom e Duda em O Rebu.Em Babilônia sua personagem era muito mal-construída, seu talento não foi valorizado.E apesar de não gostar de Os Dias Eram Assim, Sophie Charlotte está muito bem como Alice, que por sinal é uma mocinha que não irrita(um dos poucos méritos dessa novela).Bruna Marquezine, que eu considero uma atriz no máximo mediana(era mt melhor quando era criança) precisa ter umas aulas com essas três.

Anônimo disse...

Isabelle é de outra geração, bem mais jovem e pra mim a melhor entre as três. Mas, o trio é de fato maravilhoso.

Melina disse...

Sérgio, querido,olha eu aqui de volta. Saudades. Adorei seu texto. Só retiraria a Nathalia porque não acho grande coisa. Sophie, você sabe, é minha preferida e que falta faz a Amora. Adorei tê-la citado. E agora ela mais uma vez brilha como mocinha dessa noveladas onze. Pena que Os Duas Eram Assim seja tão fraca. Ela não merecia. E Isabelle é muito talentosa também. Só acho que já deu de mocinhas, ela precisa de um desafio. Uma vilã ou um tipo cômico urgente. Um beijo!!!

Vanessa disse...

Sérgio, meu querido, como e bom ler seus textos e comentar depois. Já o fiz na postagem do BBB, agora estou aqui para elogiar a Isabelle Drummond.

Eu esperava muito desta Anna, confesso. Talvez, pela expectativa criada após a Julia, pra mim seu melhor papel na TV. Mas não curto muito a personagem de "Novo mundo". As histórias paralelas sao bem mais interessantes, o que e uma pena. Espero q a personagem dela engrene.

De qualquer forma, e sempre um deleite ver uma atriz do quilate da Isbaelle na nossa TV. E o tipo de atriz q te chama, q vc para para ver quando surge em cena .

Em relação a Dill, eu particularmente não gosto do trabalho dela. Acho q ainda lhe faltam recursos. Os trejeitos também se repetem de uma personagem para outra.

Quanto a Sophie, não estou vendo a nova novela, então nao posso opinar. Acho, porém, uma atriz talentosa, mas que nao me cativa. Acho que porque não gosto da pessoa Sophie.

E isso.

Beijos,
Vanessa

Raquel disse...

Das três, acho a Isabelle a mais talentosa e carismática. É tb mais jovem do que as outras duas, não as considero necessariamente da mesma geração. A Dill já mostrou grande versatilidade e sabe interpretar tanto mocinhas quanto vilãs. Sophie eu não acho nem um pouco carismática; e paro por aqui nos comentários sobre ela.

Dentre essas, Isabelle é que está precisando de uma chance de uma novela inteira às 21 hs. A primeira fase de ALDA com ela foi a melhor parte da novela, demorou pra investirem na moça. E a Dill está precisando de umas férias.

MR disse...

Discordo totalmente.

Germana Araújo disse...

Olá Sérgio!!
Três ótimas atrizes realmente. Lembro da Isabelle pequenininha, em Os Maias, ela nem falava direito rs. Impressionante ver como cresceu, em todos os sentidos. Sempre defende suas personagens com competência, mesmo que elas estejam de fato repetitivas. Seria bom vê-la como vilã, pra variar.
Às vezes eu nem lembro que a Nathalia fez Malhação, de tanto que ela trabalhou depois disso e se desvencilhou desse estigma que alguns pegam. Gostei dos personagens dela que eu acompanhei, mesmo as mais chatas (como a Santinha, a Laura ou a Júlia). E em Rock Story ela se saiu muito bem mesmo nos dois papeis.
Já a Sophie é a que menos acompanho das três. Gostei dela como Amora (embora não suportasse a personagem rs) e até em Babilônia achei que ela segurou bem o tranco, apesar de todas as mudanças do roteiro. Como não assisto Os Dias Eram Assim, não posso opinar sobre o seu trabalho atual.
No mais, é isso. Abraços!!

Lulu on the sky disse...

Olá Sérgio,
Sou fã da Isabelle. Ela se supera a cada trabalho, assim como as demais. A maior diferença é que a Isabelle é mais humilde do que a Nathalia e a Sophie.
Big Beijos,
Lulu
BLOG | YOU TUBE

Debora disse...

Olá Sérgio tudo bem???


Adoro as 3, não tenho uma preferida!!!


Beijinhos;
Débora.
http://derbymotta.blogspot.com.br/

Pamela Sensato disse...

Para mim a Isabelle é a melhor de todas!
Até que a Marquezine e Ruy Barbosa.

Beijinhosss Serginho
Blog Resenhas da Pâm

Guilherme disse...

Das três, não me simpatizo com a Sophie, mas concordo que Dill e Drummond são excelentes atrizes. E, sem dúvida, Isabelle dá de 10 a 0 em Marquezine e Ruy Barbosa!

Anônimo disse...

@Zamenza, tu é show!
Então, olha...Nathalia e Isabelle, pra mim, sõa o máximo! Elas se superam a cada trabalho e me emocionam mto. Já a Sophie, bem, ela não me apetece, não me emociono e não me convence, acho q ela tem uma atuação bem mediana, tal qual a Ruyva Barbosa. A impressão q tenho é q por terem beleza padrão e uma certa "proteção", sei lá, os bambambans empurram elas lá. Mas há atrizes superiores a SC, sim. só não tiveram a mesma chance. Daqui a pouco ela vai ficar q nem o Cauã q ngm aguenta mais ver as fuças...kkk
:P

Anônimo disse...

Pra mim Sophie é superior a outras. Ela ganhou personagens mt mais complexas e ricas e deu show. As outras só viveram mocinhas choronas. Nathalia até viveu duas vilãs, mas não se sobressaiu tanto e tem sérios vícios de interpretação.

Sérgio Santos disse...

Mt obrigado, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Sophie é maravilhosa, anonimo!

Sérgio Santos disse...

Obrigado, Debora!!

Sérgio Santos disse...

Anonimo, não vejo demérito algum em ter passado pela Malhação.

Sérgio Santos disse...

Sim, Nathalia precisa dar uma descansada na imagem msm, anonimo.

Sérgio Santos disse...

A Marjorie é uma querida, anonimo. Ea melhor revelação da Malhação. Mas ela foi revelada bem antes, em 2004.

Sérgio Santos disse...

Excelente comentário, Gustavo. Concordo!

Sérgio Santos disse...

Bem mais jovem não, anonimo. Menos de dez anos de diferença.

Sérgio Santos disse...

Melina, que saudades. Só escrevendo da Sophie pra tu aparecer... rsrs bjão!

Sérgio Santos disse...

Vanessa, vc só some. Precisa aparecer mais. Bjão!

Sérgio Santos disse...

Ok, Raquel. bjs

Sérgio Santos disse...

Ok, MR.

Sérgio Santos disse...

Germana,sempre bom te ver por aqui. Beijão!!!

Sérgio Santos disse...

Ok, Lulu. bj

Sérgio Santos disse...

Eu tb adoro as 3, Debora.

Sérgio Santos disse...

Adoro a Isabelle e a Ruy Barbosa, Pam. bjsss

Sérgio Santos disse...

Sem problemas, Guilherme.

Sérgio Santos disse...

Discordo, anonimo. Até pq a Sophie é aque menos emenda novelas das 3. Nathalia é a pior no quesito saturação da imagem. E Sophie é um poço de talento, mas respeito sua opinião. abçsss

Sérgio Santos disse...

A Sophie ganhou papéis mais desafiadores mesmo, anonimo. abçs

Filha do Rei disse...

Confesso que paro e presto atenção quando é uma novela em que a Isabelle está. Ela é talentosa, dedicada e das atrizes que sabem ser atriz, não deixa que a vida pessoal se transforme em uma "novela". Percebo que é uma triz que sabe o tempo dela, quando sair de cena.É difícil quando uma atriz começa com um papel de destaque ( a Emília) e continuar brilhando. Torço para que sempre novos desafios surjam para a Isabelle. É um prazer assisti-la!!

Sérgio Santos disse...

Concordo plenamente, Cleu. Vc faz falta. bjssss

Natália Santiago disse...

Adoro as três, são fantásticas. Deixo uma menção honrosa para Alinne Moraes, ela merece uma protagonista das 21h. E com os cabelos longos e castanhos... A valoriza bem mais!

Agora voltando ao assunto. Atualmente minha preferida é a Sophie. Acho q pq eu torço pra personagem dela, a Alice. É demais, tem várias facetas, várias idades e sentimentos, e ela consegue passar oq a personagem está sentindo muito verdadeiramente, sem se tornar chata. Bem como sua química com o Renato Goes, ele atua muito bem, não é atoa q está se tornando o queeidu ho da globo.
Sophie está demais em "Os dias eram assim." Sou fã!

Nathália Dill é mto boa, mas eu não conseguia torcer pra Júlia, sei lá... Muito sem sal. Ela é melhor em vilãs. Eu gostava muito da santinha, mas a júlia foi sem sal.

Isabelle , sou fã. Linda, carismática, profissional. E ótima atriz. Mas a Anna está muito chata mesmo. Para mim, a Leopoldina que virou a protagonista. Outra menção honrosa para Letícia Colin, entá maravilhosa! Irretocável! Merece um post aq no blog!

Anônimo disse...

Sophie Charlotte pisa nas 3, Isabelle e Nathalia são muito sem graça, só fazem mocinhas chatas.

Anônimo disse...

Sophie é a única que simpatizo das três, acho Isabelle e Nathalia muito antipáticas e sem sal. Acho que Isabelle e Nathalia precisam ganhar papéis desafiafores, igual a Sophie que está sempre ganhando personagens diferentes. Sophie é tão talentosa e carismática que o público torce pela Alice, além de Amora, Duda e Alice não lembrarem uma a outra, Sophie está sendo mudando sua interpretação, ela é maravilhosa!

Anônimo disse...

Nathalia e Isabelle são péssimas, continuam Débora e Emilia. Já Sophie é super talentosa, ela é muito superior a essas duas!

Anônimo disse...

Isadora Drummond e Nathalia Dilma, duas canastronas fodidas, Rainha Charlotte pisa.

Sérgio Santos disse...

Natália, excelente o seu comentário. E acabei de fazer um sobre a Leticia e a Isabelle. Mas farei um só da Leticia também.E eu tb amo a Sophie. Alice está sendo defendida com mt talento.

Sérgio Santos disse...

Tb amo a Sophie, anônimo!

Sérgio Santos disse...

A Sophie vem ganhando personagens bem mais desafiadores mesmo, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Não acho péssimas, anonimo, mas respeito sua opinião.

Sérgio Santos disse...

Tb adoro a Sophie.