sexta-feira, 18 de março de 2011

Daniel, Diana e Maria roubam a cena no BBB

Não considero essa a edição mais fraca do BBB, como muitos acham. Ainda vejo a sexta edição como a pior de todas em seu reino da paz e do amor e do fingimento também. Porém, não podemos negar que os participantes que salvaram essa edição de um fiasco imenso foram Daniel, Diana, Maria e Talula.

Talula, já eliminada, foi a responsável pelas melhores e mais perfeitas análises feitas em todas as edições do reality. Sua visão de jogo era tão perfeita que ela parecia estar assistindo ao programa junto com a gente. Mas como toda  boa jogadora, ela foi vista como falsa e aqueles papinhos de sempre. Se ela fosse homem teriam a mesma visão? Sabemos a resposta, já que Max e Dourado venceram. E olha que Talula em nenhum momento ofendia, era arrogante ou desrespeitava os outros participantes como o ídolo da máfia Dourada fazia,mas enfim...

Daniel começou o programa fazendo uma dupla ácida e engraçadíssima com Lucival, mas ambos não eram bem vistos. Marcados como fofoqueiros, seriam eliminados no primeiro paredão que fossem. Como se ninguém nesse país falasse da vida dos outros. Só tem santo morando aqui, impressionante...
Com a saída do Lucival, Daniel conseguiu se sobressair mais ainda com sua parceira Maria. As tiradas de ambos e suas conversas são sensacionais. Difícil não rir os vendo juntos. Ele, mesmo que sem querer, se aliou com as pessoas certas e que realmente o queriam bem. Talula também foi sua fiel parceira até o fim. Além do simples fato de absolutamente todos os seus indicados terem sido eliminados (Diogo, Maumau e Jaqueline). Serei eternamente grato a ele por ter tido a coragem de mandar esse trio de malas ao paredão. Como ele mesmo diz, é o mais macho dessa edição.

Diana é determinada, leal aos amigos e sempre foi fiel aos seus princípios e nunca foi influenciada por ninguém. Quase sempre jogava sozinha. De umas quatro semanas para cá, se uniu com Daniel, Talula, Wesley e Maria (mesmo ela mariando absurdamente). Com a saída de Talula, houve uma formação automática de um quarteto que se uniu para se defender do grupinho do Maumala. Até agora tem vencido com êxito todos eles.

O único obstáculo ainda é a natureza morta chamada de Rodrigão. Ele que não abria a boca e só se olhava no espelho, resolveu falar e acabou mostrando que era melhor continuar calado mesmo. Seu machismo e o tratamento pífio que deu para Adriana, mostrou como ele só se preocupa com o próprio umbigo. É o típico bonitão que comeria a si próprio. Sua popularidade caiu muito (graças!), mas ainda há as fãs adolescentes que o idolatram e vão lutar para deixá-lo lá e fazê-lo campeão. As fãs,que também amam Fiuk, Restart e Caio Castro, tem conseguido ajudar a lesma, mas já foi notado que seu percentual nos paredões e enquetes tem diminuído. Em suma, ainda há muitas esperanças e cada vez mais concretas desse rapaz não ganhar o programa.

O "namorico" de Wesley com Maria fez crescer a popularidade do médico. De apagadinho, ele passou a ter alguma importância na casa. Sua amizade com o pernambucano Daniel tambem ajudou. O quarteto ganhou muita torcida.

Torço para ver uma final entre Daniel (campeão), Diana (segunda) e Maria, com Wesley em quarto lugar. Se isso vai acontecer, não sabemos, já que também há o fator sorte e como em todos os BBBs tivemos um peso morto na final, nesse há os mesmos riscos. Se as torcidas deles se unirem, tiram Rodrigão fácil. Por que eu não falei de Paula? O que eu falaria dela, vários blogs já disseram. Ela é flutuante sim e pula de galho em galho para conseguir ficar bem com todo mundo. Achou que tinha se aliado ao grupo certo, mas viu Maumau e Jaqueline serem eliminados sem dificuldades. Agora bateu o medo e como boa especialista em BBB que é, já viu sua batata assando.

Em resumo: Daniel, Maria e Diana tem nos entretido nessas semanas finais, assim como fizeram durante toda essa edição. Sem dúvidas, levaram o programa nas costas. Tanto que Boninho demonstra sua gratidão ao sempre colocar cenas positivas do trio. Ele sabe que deve muito aos três. Nada mais justo que chegarem à final, não?

2 comentários:

Bruna Mendes disse...

Muito bom seu texto. Concordo plenamente, mas não sei quem eu preferia que saisse como 4º lugar. Mas o Rodrigão pede para sair no próximo paredão, tomara que não seja o lider!!!
htt://brukchilds.blogspot.com

Soraia disse...

Excelente texto. Concordo em gênero, número e grau, exceto por preferir Diana como campeã.
Acho curioso e triste a quantidade de pessoas que ainda interpretam o que veem de uma forma nada correspondente com os fatos.
Parabéns por expressar suas idéias tão bem assim.